27 de abr de 2012

Aluno é Expulso de Universidade Por Assistir Glee



Já imaginou ser expulso de uma universidade por assistir a algum tipo de programa "proibido"? E não, não estou falando de nada propriamente semi-pornográfico, como Cine Privé (será que isso ainda existe?) ou aqueles programinhas "adultos" da madrugada do Multishow

Chris Peterman, aluno (na verdade, agora ex-aluno) da Universidade Cristã Bob Jones, na Carolina do Sul, nos EUA, foi penalizado com a expulsão por assistir... Glee!!! 

Conhecida por seu rígido código de conduta moral, a Universidade Cristã Bob Jones, ensina a seus alunos desde o início do curso que "precisam manter a mente longe da poluição e dos pecados da cultura pop" para que possam permanecer estudando na instituição.

Desafiando essa conhecida regra, Chris Peterman, de 23 anos, foi assistir a um episódio de Glee numa cafeteria Starbucks fora do campus, mas foi visto e denunciado por um colega. O resultado? Segundo o site americano Jezebel, Chris foi expulso, semanas antes de se formar. 

Chris Peterman. Pecado mortal: assistir Glee!
A decisão controversa da Universidade Cristã Bob Jones foi corroborada pelas normas de conduta que são exigidas de todos os alunos, que sabem que devem manter o código moral da instituição que diz, em parte:

"Os alunos devem evitar quaisquer tipos de entretenimento que possam ser considerados indecentes ou que contenham palavrões, realismo escatológico, perversão sexual, realismo erótico, ocultismo, violência e falsas premissas filosóficas ou religiosas."

Chris alega, entretanto, que sua expulsão foi uma forma de repressão à suas ações, entre elas, a criação de um grupo que lutava contra o abuso sexual. 

Conforme o site Jezebel, Chris ainda deu sorte! Em 1998, a universidade chegou a decretar a prisão de quaisquer estudantes gays que estivessem em seu campus.

Bizarro, não? Será que o Bolsonaro se graduou lá?

0 comentários:

Share