30 de abr de 2012

Grey's Anatomy - 08x21 - Moment of Truth


-->
Uma hora, ela chega. Por mais que nos preparemos, sentindo-nos capazes ou não, em um determinado momento, temos de ser postos à prova. No caso dos personagens que acompanhamos há oito temporadas em Grey's Anatomy, não importa o vestibular, a universidade, o curso de medicina ou a residência. Depois de cinco anos se preparando dentro do hospital, é a hora da verdade, o momento em que serão avaliados se poderão ou não continuar exercendo a medicina. E nessa hora tudo pode dar errado, é claro!

Pela primeira vez ouvimos Cristina verbalizar seus sentimentos em relação à traição de Owen. Em uma conversa com Meredith, a médica finalmente decide contar o que ela não desconfiava que a amiga já sabia e, ao ser questionada sobre quando terminaria o casamento, coloca em palavras seus sentimentos. A traição ocorreu num momento de fraqueza de Owen, com ele bêbado, com uma desconhecida, sexo por sexo. A própria Cristina se colocou na situação e viu que poderia acontecer o mesmo com ela. Mas como explicar que o perdão é aceitável para ela nesse momento? Acredito que Yang já se decidiu por perdoar o marido, só não sabe como fazer isso.

Meredith, além de servir de alívio cômico para a tensão do episódio, "graças" à infecção que pegou da filha exatamente num dos momentos mais importantes de sua vida, e de ser, mais uma vez, "a pessoa" de Yang, mostrou-se dividida em relação ao seu futuro. Está claro que ela não quer sair de Seattle e se mudar para Nova York. Está claro que ela se vê numa posição confortável ao lado de Derek e de Zola e que gostaria de manter sua família na cidade em que vive atualmente. O que fará a nossa protagonista?

Gosto muito de Kepner. Aos poucos, a médica que entrou de coadjuvante nessa trama, me ganhou com seu jeito controlador e certinho. Até mesmo a sua virgindade me soava plausível, apesar da idade. Mas depois de uma bebedeira antes dos exames e de uma briga de bar, o clima esquentou entre ela e Avery. Eu já desconfiava de que algo podia rolar entre os dois há um bom tempo, mas não imaginava que Kepner poderia se arrepender de ter transado com o rapaz pelo motivo alegado. Jesus, meu povo? Poupe-me, né? Até Glee consegue falar sobre o assunto de maneira mais divertida, ao colocar essa questão religiosa no lugar que ela merece.


Quando, no episódio passado, morri de dó ao ver o Dr. Webber tendo de lidar com a doença de Adele, que pouco a pouco o esquece, lembrei da mãe de Avery. E não é que Shonda Rimes resolveu colocar a médica novamente no cominho de Webber? O encontro para as entrevistas, o jantar, o flerte, tudo ajudou para levá-los à cama. O chief merece um pouco de paz, Shonda! Você fez muito bem!

Enquanto isso, no hospital, o bebê de Morgan continua enfrentando problemas. O mini-paciente de Karev foi um lutador por ter sobrevivido em situações tão extremas até o momento. O que eu não esperava era que Karev largasse o local das entrevistas para fazer nada em Seattle. Decisão idiota que, certamente, influenciará em seu futuro profissional. Parece incrível, mas toda vez que Karev tenta fazer algo certo diferente de seu modo habitual, ele se fode ferra bonito!

Faltando três episódios para o final dessa oitava temporada, vamos aguardar o desenrolar dos acontecimentos. No próximo episódio, Let the Bad Times Roll, de acordo com a sinopse liberada, vamos acompanhar a tensão pós-exame e descobrir que um dos internos não foi aprovado nos exames. Quem será?

Agora, uma bomba! E se você não gosta de spoilers, pode parar de ler AGORA. Mas, se não consegue conter sua curiosidade e quer saber um pequeno acontecimento da finale da temporada, Flight, programada para ir ao ar no próximo dia 17 de maio, passe o cursor abaixo para conferir:

Shonda Rimes prometeu em uma recente entrevista mais uma tragédia e a morte de um personagem importante na série. Quem será dessa vez?

-->

0 comentários:

Share