10 de mai de 2012

Glee - 03x19 - Prom-asaurus


-->

Com a indefinição do destino de alguns personagens de Glee, chega enfim o momento do baile. O prom americano é um verdadeiro evento, talvez comparado com a formatura universitária aqui no Brasil. Como o high school é considerado a porta de entrada de muitos para o universo "adulto", o fim desse ciclo é comemorado. Prom-asaurus foi aquele episódio que trouxe de volta algumas tramas abandonadas no meio da temporada (como Glee é mestre em fazer), mas que o fez de maneira divertida, recuperando o ritmo da série, depois de um episódio tão mediano quanto o anterior.

Depois do fiasco da audição para NYADA, Rachel encontra-se desmotivada, vendo seus sonhos indo ao chão. O prom é sua última esperança de brilhar mas, quando vê que Quinn e Finn foram nomeados como elegíveis a Rei e Rainha do baile, a mocinha fica ainda mais revoltada. Sinceramente, consigo me colocar no lugar de Rachel. Não deve ser fácil ver seus sonhos desmoronarem e ainda ter de lidar com o namorado formando par com a ex debaixo de seu nariz. Dessa forma, não me surpreendeu em nada o anti-baile proposto por ela. 


A organização do baile em si foi a melhor de todas ever! O que é o poder nas mãos da Brittany? A presidente da turma, que eu até já tinha esquecido que era presidente, teve de se dedicar ao evento para não ter problemas em sua aceitação na faculdade. Quem além de Brittany pensaria num tema tão peculiar para um baile? Sério, achei que seria tudo uma bosta, que não tinha nada a ver com nada, mas no fim das contas me amarrei no tema DINOSSAUROS escolhido pela loirinha. Fora que a decisão de proibir o gel de cabelo de Blaine foi divertidíssima. #Curti

Como eu gosto da Becky! Fora que o voice over da personagem, que é feito pela atriz Helen Mirren (ganhadora do Oscar por sua interpretação no filme A Rainha) é muito bom e sempre me arranca boas gargalhadas. As cenas da pobrezinha sofrendo por não ter sido indicada para Rainha do Baile e depois jogando strip poker com Puck foram demais. Acho incrível, aliás, a capacidade de Puck ter química com qualquer mulher que contracene. Mark Salling tem um dom pra issso, fato!

Já Quinn e Santana tiveram seu momendo de fadas madrinhas de Rachel. Adorei a conversa das duas bitchies durante a contagem de votos e, mais ainda, a decisão de burlarem o sistema e fazerem a diferença para Rachel. A cara de surpresa da Srta. Berry e, depois, seu medo de alguma armadilha à la Carrie, a Estranha, foi bem legal de se assistir. Fora a recuperação de Quinn, que finalmente mostrou aos amigos (e a toda escola, é claro) o resultado de sua fisioterapia. 


Mesmo insistindo em deixar de lado alguns bons personagens que continuam mal-aproveitados (Beijos, Tina! Beijos, Mercedes!), Glee conseguiu emocionar, divertir e, claro apresentar boas canções que fizeram todo o sentido no contexto em que foram inseridas. 

Agora é esperar pelos próximos eventos da temporada além, é claro, das aguardadas Nacionais. O próximo episódio, Props, vai brincar com a troca de "identidade" dos personagens, com cada ator interpretando o personagem vivido pelo outro. Eu já estou ansioso e você?


---

Para ficar atualizado com todas as novidades do Pop de Botequim, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui)! É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

-->

0 comentários:

Share