19 de mai de 2012

#ValeUmPlay - Chantal Kreviazuk


-->

Nome: Chantal Thelma-Ramupriya Kreviazuk
Idade: 38 anos 
Natural de: Winnipeg, Canadá 

Cantora, compositora, esposa e mãe, Chantal Kreviazuk iniciou sua carreira musical em meio a reuniões de família, já que em todas as festividades que contava com a presença de todos, lá estava ela tocando um grande piano ao passo que sua voz leve e marcante embalava a todos... E quanto a mim, só fui conhecer o som da Chantal em 2002 com a música Time por intermédio do filme Grande Menina, Pequena Mulher (Uptown Girls). 

Na infância, Chantal já frequentava as aulas de piano, violão e canto e, na adolescência, começou a escrever e cantar jingles comerciais e músicas para peças de teatro, experiências que moldaram sua percepção musical e a influenciaram a criar algo mais pop para as rádios de massa. No entanto, Chantal dividia seu tempo compondo músicas mais emotivas e pessoais, que acabaram fazendo-na aclamada pela crítica e público.


Após um acidente em uma das suas viagens para a Itália, em 1994, Chantal quebrou o fêmur e a mandíbula, o que a fez passar um bom tempo internada em um hospital estrangeiro. Foi nessa época que Chantal começou a se voltar mais para a música, focando e direcionando seu estilo.  Tanto o é, que Chantal diz sempre que:
"O acidente foi uma chamada para um despertar meu de mim mesma. Após todo ocorrido percebi que a música era algo que eu poderia e queria dar ao invés de simplesmente usar." 
1996 foi finalmente o ano em que Chantal assinou contrato com uma produtora do Canadá e lançou então seu primeiro álbum: Under These Rocks and Stones estreou sendo citado e criticado por pessoas de garbo e elegância do meio musical. Chantal ganhou a todos causando com Leaving on a Jet Plane, onde a moça fez cover do John Denver e ganhou espaço na trilha sonora do filme Armageddon.

Sequencialmente, em 1998, Chantal lançou seu segundo álbum, intitulado Colour Moving and Still, depois, em 2002 foi a vez de What If It Means Something e de Chantal compor (juntamente com Avril Lavigne) várias faixas para o álbum Under My Skin de Avril. Ghost Stories, de 2006 trouxe a coragem para Chantal fazer uma tatuagem no braço para esconder uma de várias cicatrizes resultantes de seu acidente de 1994. E foi em Plain Jane, de 2009, que a moça informou publicamente que sua música Julia foi composta especialmente para e sobre a atriz Julia Roberts.


Desde o lançamento de seu último disco, Chantal tem mergulhado de cabeça em outras saídas criativas, sendo então produtora, compositora para demais, viagens de caridade ao Oriente Médio, além de esposa, mãe e de continuar a promover seu Colour Moving and Still.

#ValeUmPlay para ouvir as seguintes músicas:

---

Para ficar atualizado com todas as novidades do Pop de Botequim, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui)! É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

-->

0 comentários:

Share