25 de mai de 2012

#ValeUmPlay - Marina and the Diamonds


-->
Nome: Marina Lambrini Diamandis 
Idade: 26 anos
Natural de: Abergavenny, País de Gales – Reino Unido

Preciso primeiramente lhes esclarecer que, mesmo sem ter antes ouvido qualquer uma música dessa cantora, compositora e multi-instrumentista galesa, ou, de alguma forma, saber mais sobre a tal, tive uma certa repulsa... Mas, após a moça ser comparada a nomes britânicos como Little Boots, Kate Nash e Florence and The Machine, tratei logo de colocar seu primeiro álbum em meio minha playlist

Após abandonar a faculdade e se mudar para Londres, Marina criou um pseudônimo, passando seu sobrenome Diamandis para Diamonds, entendeu?! Sendo assim, Marina and the Diamonds explicou:
“Eu nunca previ um personagem, o projeto pop, banda ou artista solo. Eu apenas vi um grupo simples composto de muitas pessoas que tinham o mesmo coração. Um espaço para as pessoas com ideias semelhantes, que não poderiam caber em moldes pré-fabricados da vida. Eu me sentia desagradável! Eu realmente quis fazer parte de uma coisa, era eu ali, porque eu nunca me senti muito ligada a ninguém e agora eu sinto que tenho todos a minha volta, e isso me faz bem.” 

Apesar do que o nome possa supor, Marina and the Diamonds é só uma pessoa, e não uma banda como sugere. E Marina é eclética: misturou o pop com rock e uma pegada indie e estreou com seu disco The Family Jewels, em fevereiro de 2010, pelo qual acabou ganhando notoriedade no mundo musical, alcançando o 5º lugar entre os álbuns mais vendidos no Reino Unido e tendo seus singles I Am Not a Robot, Mowgli’s Road, Obsessions, Hollywood e Shampain em bom desempenho. 

A moça dos diamantes já chama atenção nos quatro cantos do mundo por sua voz marcante, que remete imediatamente ao piano-pop de Kate Nash, ao blues de Adele, às gracinhas de Katy Perry e ao rock leve recente de Florence and The Machine. Mas Marina mistura tudo isso e dá um toque eletrônico ao seu som. 

Sofrendo influências fortes de artistas como Britney Spears, Nirvana, Elliott Smith, Duffy, Fiest, PJ Harvey, Madonna e Katy Perry, Marina lançou seu segundo álbum, intitulado Electra Heart, em abril de 2012 carregando em seu todo o tema sexualidade e feminismo. Sex, Yeah, Living Dead e Jealousy vazaram na internet após o lançamento de Electra Heart, sendo seu primeiro single, Primadonna, uma baladinha romântica bem no estilo pin up que atingiu a posição número 11 entre os singles mais tocados, sendo esse o maior sucesso de Marina (até o momento). 


E sabe o que significa Primadonna? Nada haver com a junção de prima com Madonna, mas sim a cantora principal de uma ópera, onde, na letra da música Marina afirma ser uma e deseja o mundo só pra ela: 

“Porque eu sou uma garota ‘primadonna’, yeah. 
Tudo o que eu sempre quis era o mundo. 
Não posso evitar precisar de tudo. 
A vida de ‘primadonna’, a ascensão e a queda”.

Vale lembrar ainda que Marina and the Diamonds foi a artista quem abriu o show California Girls Tour, da Katy Perry e... isso é apenas o começo de Marina, cuja popularidade cresce dia a dia. Você ainda vai ouvir falar muito dela. 

#ValeUmPlay nas músicas: 
---

Para ficar atualizado com todas as novidades do Pop de Botequim, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui)! É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

-->

0 comentários:

Share