20 de jun de 2012

O Ladrão de Raios, de Rick Riordan


-->

Ouço falar das aventuras de Percy Jackson há um bom tempo. Entretanto, sempre envolto em mil leituras, sempre ia deixando para lá a vontade de ler o primeiros dos livros. Imaginava algo como Harry Potter ou na linha da saga Crepúsculo. Entretanto, no fim de 2010, me rendi ao personagem criado por Ricky Riordan e mergulhei de cabeça no mundo de O Ladrão de Raios

Como não havia assistido ao filme baseado no primeio livro antes de lê-lo, foi com prazer, página a página, que fui entrando na vida e nas aventuras vividas por Percy Jackson.

Primeiro de tudo, deixo claro que Percy é um semi-deus. Sim, sim, você leu certo. Um semi-deus, tipo Hércules ou Perseu, nascido do relacionamento de um deus (no caso de Percy, Poseidon) e uma mortal. Porque sim, os deuses gregos ainda vivem entre nós. Mais, deixaram a Grécia e vivem pelos Estados Unidos, com direito a Olimpo em Nova York, Mundo Inferior em Hollywood e tudo o mais. Uma sacada de gênio de Ricky Riordan. 

Lembrando um pouco Harry Potter, Percy até completar seus 12 anos não sabia de sua natureza. Foi criado por sua mãe, aparentemente como um garoto disléxico, mas em determinado momento, acaba tendo de ir para o Acampamento Meio-Sangue, uma espécie de Hogwarts para semi-deuses, onde existem 12 casas, onde os filhos dos 12 maiores deuses são direcionados. No Acampamento Meio-Sangue, os jovens são treinados para batalhas e esperam a hora certa de serem enviados para uma missão, da qual podem ou não voltar vivos. 

Poseidon é um dos três grandes deuses do Olimpo ao lado dos irmãos Zeus e Hades. Por isso, seus filhos são, normalmente, mais poderosos que os demais. Quando o raio de Zeus, instrumento de seu poder é roubado e este acusa o irmão, Poseidon, do acontecido, Percy é enviado à uma missão para encontrar o objeto e salvar o mundo. Com Percy Jackson nessa missão temos Anabeth, uma filha de Atena, e Grover, um sátiro; juntos enfrentarão monstros e seres mitológicos e muitas aventuras. 

A leitura é rápida e envolvente e, tenho certeza, os meninos/homens hão de se envolver mais rápido que as meninas. Há lutas, o ritmo é frenético e os personagens cativantes. Li o livro em poucos dias e, na ocasião, fiquei ansioso para conferir o restante da saga Percy Jackson & os Olimpiados

Vale a pena, principalmente se você for fã de sagas descompromissadas e de histórias envolventes. Não tenha pudores, O Ladrão de Raios pode surpreender você! 

Texto originalmente publicado em 24/12/2010

Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!
Sigam-nos os bons!

-->

5 comentários:

Anônimo disse...

Haha , ja li quase a saga toda, falta 2 livros *-*

Thu Farias disse...

Cara, essa saga é muito boa! Os três primeiros livros li em 15 dias e to acabando o último.. Dá dó de acabar logo a leitura! :)
Ótimo post..
Um abraço,
Arthur Farias.

Anônimo disse...

Os 5 primeiros livros são ótimos. Agora estou na nova fase, Heróis do Olimpo, e já li os 2 primeiros. Agora é esperar o terceiro, A Marca de Atena.

Anônimo disse...

Ah, vale lembrar que os deuses não simplesmente "deixaram" a Grécia. Como explica no livro, os deuses sempre se transferem para o lugar onde se encontra o centro da civilização ocidental, o lugar mais desenvolvido. Por isso estão nos EUA.

Johann Morais disse...

Estou lendo ele pela 4ª VEZ essa semana e sempre gosto dele. Já li todos os livros da série. Já li todos da segunda temporada "Os Heróis do Olimpo", todos várias vezes. Outra série do Riordan que vale a pena é "as crônicas dos Keane"

Share