7 de jun de 2012

#TimeLine: Olha o Que o Amor Me Faz...


-->

Ai, ai, o amor (suspiros)! 

Com a aproximação do Dia dos Namorados, todo mundo fica meio meloso! Até nós aqui do PdB entramos nesse clima e a #TimeLine dessa semana é sobre o poder de transformação do amor sobre os corações apaixonados. 

Quem já foi flechado sabe que o cupido, além de ótimo atirador, poderia ser produtor do Extreme Makeover, porque os apaixonados ficam sempre tão mais bonitos (ou não), com mudanças bem perceptivas e dermes cada vez mais lindas (por que será? rs). 

De antemão, quero desejar a todos o nossos queridos leitores um óteeeemo Dia dos Namorados. E, em especial para minha metadinha da laranja, que tenhamos muitos e muitos dias como esse! Já para os que ainda estão solteiros, corram, ainda há tempo! Brincadeirinha! #Not

Brincadeiras à parte, vamos aos trabalhos! Angélica, Felipe Dylon e Joana Prato (Feiticeira). O que eles tem em comum? São bregas Passaram pelo o que eu chamo de Extreme Makeover do Amor!!! 

Os fatos:


  • Angélica - 'Cê sabe? 

Começou sua carreira nos ingratos anos 80, uma época bastante complicada. Não que Angel fosse feia, porém, tudo era exageradamente estranho! 

Tinha um cabelo resecadérrimo (pura palha), mantinha um visual roliço (que agradava na época) e exibia, como se fosse um Oscar, sua gigantesca pinta (ecath) nas coxas gordas. 


Até que Angélica conheceu seu primeiro amor, o lindhu, só que ao aveso, César Filho! Mas, como Deus é Pai e não padrasto, a relação não deu muito certo e a Loira deu novos rumos em sua vida e carreira, assinando um contrato com a gigante platinada (Plim Plim!) e engatando um romance com o gatíssimo da época, Maurício Mattar


Foi um romance tempestuoso #dorgas, mas começamos ali a ver uma Angélica mais mulher. Foi a partir daí que ela largou o público infantil (o que a Xuxa devia ter feito há anos) e gravou alguns hits pops (a versão de Linger, do grupo The Cranberries é linda! S2). Quando, depois de anos de vai e vem com o Maurício Mattar, agora dorgado e gordo, estrelou um filme muito bom, só que ao contrário, Um Show de Verão, surgiu o narigudo Luciano Huck na vida da moça! 

Angélica e Huck já estão juntos há 07 anos e, meu amor, a pele da loira está linda, mesmo com a coitada não parando de parir: eles já estão indo para o terceiro filho! Angel também emagreceu visivelmente, fazendo agora a linha fit. Seu nariz, suas sobrancelhas, foram tantas as mudanças na moça desde então! Até mesmo sua carreira teve um boom! Da geladeira da Globo e com um programate de 10 min diário, a loira ganhou um programa aos sábados, com toda a phyneza, e se consolidou com uma das grandes apresentadoras da emissora. 


Mas de cantar ela parou. Sabe como é, né, tem coisa que só milagre de Deus mesmo! 
--- 
  • Felipe Dylon, o muso do verão (de 2004!) 

Felipe iniciou sua carreira com o hit maçante Musa do Verão. Em questão de meses, Dylon virou o Príncipe Encantado das adolescentes do novo milênio. O garoto fazia a linha Bruna Surfistinha magrinho, loirinho, de cabelos cacheados e só faltava o cérebro

Mas alguma coisa deu errado e o muso não conseguiu lidar muito bem com o sucesso. Foi então que, de repente (mas nem tão de repente assim), BOOM!, surgiu completamente diferente do saco nas areias, gordo e baleia, nem de longe lembrando aquele jovem que habitou a imaginação das adolescentes de anos antes. 


Não contente com seu novo manequim 54, o menino resolveu inovar o look, fazendo um dread. Sim, meu povo brasileiro, o menino surtado, loiro e ex magrinho, agora usava uma cabeleira digna da Whoopi Goldberg. Era nítico que alguma coisa estava errada e que ele precisava de ajuda. Mas quem poderia ajudá-lo? 

Ela, Aparecida Petrowky! Foi tudo brega lindo desde que o casal se conheceu e o casamento é um episódio à parte. Teve champgne, bolo, comanda (sim, cada convidado PAGOU o que consumiu, tipo boate mesmo). Teve Marília Pêra de madrinha (Why???), teve Milton Nascimento, teve até Mariana Fusco (Pegadinha do Malandro!). 


Mas o fato é que Felipinho largou as dorgas e está voltando à sua antiga forma. Bem, ao menos os cabelos já voltaram ao normal, né? Ufa! 
---
  • Joana Prado, minha primeira Playboy 

Quem diria que debaixo daquele véu, existiria uma mãe de família dedicada? Para os mais novinhos, Joana era uma espécie de paniquete do passado, só que com mais apelo erótico. #Tenso 

Ela tirou tudo, menos o véu, e tentou se manter na carreira, participando da extinta Casa dos Artistas, a avó d'A Fazenda. Nessa época, Joana era, digamos, um pouquinho descompensada com a malhação. Seu corpo era tão definido que chegou a ganhar o delicado apelido de He-Man. 


Só que no meio do caminho surgiu o amor, ah, o amor! Durante a exibição do reality, seu então ex-namorado, Vítor Delicinha Belfort, aceitou entrar na roda, só para limpar a imagem da mocinha. De lá pra cá, os dois se casaram, tiveram filhotes, Joana aceitou Jesus e virou dona de casa. Nada que lembre, nem de perto, a recordista de vendas da Playboy. 
--- 

Termino assim a #TimeLine dessa semana, com a certeza de que o amor nos dá novas diretrizes e pode modificar a vida para melhor. Ou para pior! 

Se o amor modificou você, não se acanhe, conte pra gente!
---

Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui)! É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

-->

0 comentários:

Share