29 de jun de 2012

#ValeUmPlay - Anahí


-->

Nome: Anahí Giovanna Puente Portilla 
Idade: 29 anos 
Natural de: Cidade do México, no estado do Distrito Federal, México 

Cantora, compositora, atriz, empresária, dançarina, modelo, design de moda e, pra mim, a sempre Mía Colucci, Anahí é dona de uma voz meio-soprano que ganhou espaço em meio a minha variada playlist logo com seu álbum de reestréia solo após RBD, o Mi Delírio – lançado em novembro de 2009 pela gravadora EMI Music. 

Desconhecedor que sou dos trabalhos passados de Anahí, busquei em meio a fontes (amigos) para saber mais sobre, uma vez que gosto, ouço e admiro o trabalho da cantora que, às vezes, arrisca e manda bem na guitarra.

Tudo começou com uma visita aos estúdios da série mexicana Chiquilladas onde sua irmã atuava e, foi só pegar o microfone e cantar algo dançando para que Anahí fosse logo contratada. Seu primeiro álbum, Anahí, foi lançado em 1993 como gênero infantil e contendo 12 faixas e apenas um single, Te Doy Um Besito (tema de encerramento da série Chiquilladas). 


¿Hoy Es Mañana? (Hoje é Amanhã?) foi o segundo álbum da cantora, lançado em junho de 1996 e apenas no México, elevando assim o nome e carreira de Anahí. Este trabalho lhe rendeu três singles: Corazón de Bombón, Por Volverte a Ver e Descontrolándote

Sequencialmente, em 1997, Anahí lançou Anclado em mi Corazón, que acabou lhe rendendo dois singles: Anclado em mi Corazón e Salsa Reggae. Além deste terceiro trabalho conter 11 faixas, sendo duas canções remixadas. 

Em 2000, Anahí lançou seu quarto álbum, Baby Blue, que foi bem recebido pela crítica mexicana, que comparou sua voz com a da cantora ThalíaBaby Blue emplacou dois hits, Super Enamorándome e Primer Amor

Entre a carreira musical, shows, entrevistas e afins, Anahí ainda atuou em alguns filmes e fez participações em novelas nesse meio esse tempo, mas foi em 2004 que ela integrou o elenco da telenovela Rebelde, de onde surgiu o grupo musical RBD. E, junto ao grupo, a cantora lançou seis álbuns de estúdio e três ao vivo, num total de mais de vinte singles que bombaram e mais de dez videoclipes foram produzidos. O RBD ainda ganhou diversos prêmios e recebeu duas indicações ao Grammy Latino, além de fazerem turnês pelo mundo todo. 


Em 2009, triste com o fim do grupo, Anahí incentivou os fãs a fazerem uma passeata contra o fim, conseguindo movimentar todos os países onde o grupo já havia passado. Neste mesmo ano, ainda com a dor do fim do grupo e não querendo deixar os fãs desamparados, Anahí trabalhou firme e forte e lançou seu quinto álbum solo, Mi Delírio, que lhe rendeu um disco de ouro aqui no Brasil e fez sucesso com as músicas Mi Delírio, Me Hipnotizas, Quiero, Desesperadamente Sola, Alérgica e Dividida

Sem falar nos problemas com anorexia e cirurgias plásticas, Anahí se destaca (pra mim) em meio a muitas cantoras mexicanas devido os seus agudos, sua boa pronuncia em outros idiomas, sua capacidade de encaixar o timbre de voz para vários estilos e por não se sentir incomodada com as comparações que fazem dela com Thalía e Shakira. Vale informar que ainda este ano Anahí deve lançar TDA (Triunfo del Amor) contando com a participação especiais do amigo do ex-RBD Christopher Uckermann.

#ValeUmPlay? Ouça então: 

Para ficar atualizado com todas as novidades do Pop de Botequim, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui)! É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

-->

2 comentários:

Fernando Santos disse...

ERRATA do autor aqui:

1º - TDA (Triunfo del Amor) é uma novela da ex-RBD Maite Perroni e não mais um trabalho musical da Anahí.

2º - Christopher Uckermann (também ex-RBD) sim irá trabalhar com Anahí numa música com mesclas de hip hop. A música está com o titulo provisório de "Fusilada".

Thales disse...

Excelente postagem sobre a minha diva. Sempre gosto de ver qualquer coisa sobre ela, é claro, desde que, com respeito e falando sobre seu trabalho maravilhoso. Sem querer desmerecer o belo trabalho do autor, quero apenas lembrar de um pequeno detalhe; o som 'Desesperadamente Sola' não pertence ao álbum Mi Delirio, e sim ao Baby Blue. Sendo tambem um single deste album, que emplacou tres, e não apenas dois. Detalhismo de um fã fanático, apenas isso...mas o trabalho de vcs foi excelente sobre ela. Parabens, e muito obrigado. =] L, O, V, E.

Share