8 de jun de 2012

#ValeUmPlay - ... Na Música Que Escrevi Pra Você


-->

Gênero: para os apaixonados, amando, românticos, poéticos, melosos, namorando, gostando, em um relacionamento sério, lírico ou simplesmente cego de amor. 

Quem nunca se apaixonou em silêncio, escreveu cartinhas de amor, e-mails românticos, frases poéticas, tremeu ao ver a pessoa amada passar, que ligou na madrugada apenas para dizer “eu te amo”, sentiu o coração bater mais forte, deixou uma mensagem na última folha do caderno e... tinha uma música que julgava ser o hino que embalava e descrevia bem todo seu sentimento? 

Porque, como já disse Frank Zappa (compositor, guitarrista, produtor e diretor de cinema), “existem mais canções de amor do que de qualquer outro gênero”, e ainda acrescentou que “se as canções influenciassem as pessoas, amaríamos mais uns aos outros”

Assim, com o Dia dos Namorados se aproximando, o #ValeUmPlay busca na fórmula do amor as histórias por trás de algumas canções que já embalaram muitos casais enquanto colocavam em palavras e melodia todo o sentimento que, tantas vezes, não conseguimos expressar.

Por isso, seja você romântico ou não, dá uma conferida nesse #ValeUmPlay especial Dia dos Namorados, propositalmente exagerado no açúcar!

Fix You - Coldplay
(algo como Consertar Você)


Chris Martin (vocalista do Coldplay) escreveu Fix You para sua esposa, a atriz e cantora Gwyneth Paltrow, após a morte de seu pai, Bruce Paltrow.  E, em meio todo este contexto triste, Martin certa vez declarou:
“A música Fix You é, provavelmente, a mais importante que já escrevi. Ela foi o meio que encontrei para me fortalecer, fortalecer quem eu amo e quero pra sempre do meu lado. Para os que não entenderam, a canção é sim toda para a minha esposa.” 
Chris Martin e Gwyneth Paltrow

Que declaração!
---
Call Me When You're Sober - Evanescence
(algo como Me Chame Quando Você Estiver Sóbrio)


“É uma canção pessoal. Eu acho que é impossível esconder uma coisa óbvia dessas. Eu nunca falei abertamente sobre o que é a letra, mas ela é sobre a grande relação na qual eu estava, e todo o rompimento, que foi uma etapa muito longa.”, disse a compositora e vocalista do Evanescence, Amy Lee.

A relação mencionada é com o ex-namorado Shaun Morgan, vocalista da banda Seether, e várias mídias e/ou publicações sempre dizem que Call Me When You’re Sober descreve o fim do namoro de Amy com Shaun por causa do envolvimento do cantor com drogas.

Vale ainda lembrar que Shaun Morgan escreveu Breakdown como uma resposta a Call Me When You’re Sober, de Amy Lee.
---
Pretty - Nicole Scherzinger 
(Bonita)

A verdade é que Pretty não foi escrita por Nicole, mas sim por Babyface, mas, toda a produção e palpite sentimental ficou a cargo da cantora.

Pretty foi como um pedido de ‘volta pra mim’ após o termino de anos de namoro entre Nicole e o piloto de F1 Lewis Hamilton.


Vale dizer: o pedido deu certo e o casal reatou.
---
The Only Exception - Paramore
(algo como A Única Exceção)


A canção foi escrita pela vocalista Hayley Williams para tentar expressar a relação disfuncional dos seus pais e para dizer que não acreditava no amor.

Passional que é, Hayley certa vez disse:
“Eu nunca fui de acreditar nos sentimentos dos outros para comigo, muito menos no amor apenas dito. A verdade é que, como o mundo, estamos numa plena mundança, e em meio uma dessas giradas, conheci uma pessoa que me fez mudar de ideia e alterar as minhas crenças.” 
---
Just The Way You Are - Bruno Mars
(algo como Do Jeito Que Você É)


Escrita pelo próprio Bruno Mars, Just The Way You Are foi composta para sua ex-namorada, Channel.

Bruno Mars e Channel, sua ex-namorada.
Pelo visto, a canção não trouxe muita sorte para o relacionamento, já que o casal não reatou. Mas como tudo na vida tem um lado positivo, a canção pelo menos fez bastante sucesso.
---
I Still Believe - Jeremy Camp
(algo como Eu Ainda Acredito)


I Still Believe é o título da primeira canção que o cantor escreveu após a perda de sua esposa, Melissa, devido a um câncer no ovário. Religioso que é, Jeremy diz que "I Still Believe é a canção que me fortalece, que me leva ao dia em que conheci Melissa, a todo nosso trajeto seguido juntos e demais provas que Deus nos proporcionou.”

Vale lembrar ainda que I Still Believe também é o nome dado ao livro que Jeremy Camp escreveu contando a história de amor vivida por ele e Melissa.
---

A coluna hoje foi diferente, mas toda pensada para dividir belas músicas que foram compostas por pessoas apaixonadas. #ValeUmPlay pra entrar no clima do Dia dos Namorados, não vale?

---

Para ficar atualizado com todas as novidades do Pop de Botequim, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui)! É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

-->

1 comentários:

El Diablo disse...

Achei óteeeemo esse #VALEUMPLAY!

Share