31 de jul de 2012

Cinquenta Tons de Cinza: Conheça os Nomes no Páreo Para os Papéis Principais do Filme



O aclamado livro Cinquenta Tons de Cinza (Fifty Shades of Grey, no original, num trocadilho com o sobrenome de um dos personagens principais que se perde na tradução), da autora britânica E. L. James, também conhecido como "pornô para mulheres", conquistou o público (mas não a crítica), já vendeu 31 milhóes de exemplares até o momento e, como acontece na maioria desses casos, vai ganhar as telas dos cinemas. 

Contando em sua trama a história de Anastacia Steele, uma jovem virgem e ingênua que se vê envolvida com o misterioso Christian Grey e seus jogos sexuais de dominação e sadomasoquismo, Cinquenta Tons de Cinza, o livro, chegou às livrarias brasileiras no dia de hoje (terça-feira, 31/08). Em Hollywood, no entanto, a dúvida é que atores viverão a dupla de protagonistas no filme baseado no livro que já se encontra em produção.

Emma Watson, Lucy Hale ou Ahsley Benson? Uma delas pode levar o papel de Anastacia Steele

Para o papel de Anastacia Steele, a jovem de 21 anos virgem e tola no início da história, três nomes saem na frente na disputa: Emma Watson (a Hermione dos filmes Harry Potter), Lucy Hale (a Aria, de Pretty Little Liars) e Ashley Benson (a Hanna, de Pretty Little Liars). De acoro com o site Internacional Business, Emma Watson é a escolha mais provável dos produtores, mas tudo ainda está em conversas preliminares. Por isso, tanto Lucy Hale como Ashley Benson ainda são nomes cotados e fortes para o papel.
Ian Somerhalder, Alexarder Skarsgard e Channing Tatum. Um deles pode ser Christian Grey

Já para viver o misterioso Christian Grey, a preferência dos produtores está dividida entre os nomes dos atores Ian Somerhalder (de Vampire Diaries) e Alexander Skarsgård (de True Blood). Além dos dois, o queridinho do momento em Hollywood, Channing Tatum, demonstrou interesse no papel, mas fez uma exigência que pode tirá-lo do páreo: a de que apenas contracenaria com sua mulher, Jenna Dewan, no filme.

Enquanto nada é definido, resta a nós, brasileiros, aproveitar o lançamento de Cinquenta Tons de Cinza no país para ler a história de E. L. James (que nasceu como uma espécie de "paródia" adulta para a trama Crepúsculo, sem os vampiros e com mais sexo) e tentar entender todo o frisson em cima do livro.

Ainda não decidi se vou me arriscar a ler. E você?

Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

1 comentários:

Unknown disse...

Já li o livro todo é muito bom, e não sei qual a duvida a segunda menina é a descrição pura da anastácia sem tirar nem por agora quanto ao grey nenhum deles se parece com a descrição do personagem no livro.

Share