9 de jul de 2012

A Era do Gelo 4, de Steve Martino e Mike Thurmeier


-->
Mais do mesmo, por favor!

Não que isso seja ruim. Aliás, pelo contrário, A Era do Gelo 4 mantém o ritmo e as "estratégias" de seus antecessores e consegue agradar os fãs de todas as idades, mesmo sem Carlos Saldanha.

No filme, o trio de amigos Manny, Diego e Sid está mais uma vez em apuros, após o adorável esquilo Scrat provocar a separação dos continentes por causa de sua noz. Agora, o trio - acompanhado da avó biruta de Sid - está à deriva em alto-mar e tendo apenas icebergs como embarcações. Para encontrar o caminho de casa e a família de Manny, eles terão que lutar contra terríveis piratas e enfrentar outros desafios que os aguardam, como as temidas sereias.

Além das aventuras do grupo de amigos, há questões importantes no filme, como o relacionamento complicado entre pais (Manny) e filhos adolescentes e o velho tema do pertencimento a determindo grupo. Sem contar que podemos ver claramente o que o efeito estufa pode causar...


A lealdade entre esse improvável grupo de amigos também é algo que agrega muito à construção dos personagens. Eles têm como prioridade o bem estar de sua família. E ponto. Por isso, a busca de Manny para retornar à sua esposa e filha é o ponto central da obra.

Com visual impecável, A Era do Gelo 4 mais uma vez agrada. Piadas e drama na medida certa, personagens carismáticos e bem construídos e lições importantes. Uma equilibrada mistura de aventura e emoção, que certamente deixará crianças e adultos com um belo sorriso no rosto após o filme. E com aquele gostinho de quero mais...


OBS: Como não poderia deixar de ser, Scrat e sua implacável busca pela tão sonhada noz é mais do que um show à parte! Na minha opinião, ele é o protagonista da franquia!


Para ficar atualizado com todas as novidades do Pop de Botequim, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui)! É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

-->

0 comentários:

Share