2 de ago de 2012

Pop 5ive: Playboy - Edições Que Amamos!



Qual a subcelebridade feminina que não sonha em posar nua para a Playboy e estampar um ensaio de capa? Fora as celebridades de carreira consolidade que não resistem ao apelo financeiro que estampar uma capa de revista tão famosa e desejada.

Provavelmente a revista masculina mais influente do Brasil (e do mundo), a Playboy é craque em elaborar capas excelentes e divertidas, que brincam com detalhes da vida particular de suas musas. Foi pensando em como eles conseguem ser tão criativos e em algumas edições que já se tornaram clássicas, que montei o Pop 5ive de hoje, com algumas inesquecíveis edições da Playboy.

Com vocês, minha lista, sem nenhuma ordem de preferência, da mais atual para a mais antiga. Confira!

  • Renatinha (Maio/2012)

Mais conhecida como Renatcheeenha e por sua passagem avassaladora pelo Big Brother Brasil, a sister estampou na capa da Playboy a fama que ganhou no reality: a de pegadora. Se no programa de televisão ela pegou três, na capa da revista ela é disputada por três pares de braços masculinos. 
---
  • Tessália (Março/2010)

Outra sister que causou na casa do BBB e não poderia faltar nessa lista. Depois de viver momentos quentíssimos debaixo do edredon com Michel, a tuiteira Tessália nunca imaginou que colocaria a hastag #ChupaTessalia nos TT's mundiais. Claro que a Playboy pegou a fama da garota e levou para a capa da revista estrelada por ela. Genial!
---
  • Karina Bacchi (Dezembro/2006)

O presente de Natal da edição de dezembro de 2006 da Playboy foi a modelo e atriz Karina Bacchi, que surgiu na revista com um "presentinho" a mais para os "leitores" da publicação. O comentado piercing genital de Karina rendeu assunto em mesas de bar, salas de escritório e deu muito o que falar.
---
  • Claudia Ohana (Janeiro/1985)

Eu tinha só 03 anos e meio em 1985, mas a primeira Playboy de Claudia Ohana é icônica e famosa até os dias de hoje, principalmente por um motivo: os longos pelos pubianos exibidos pela atriz. Vinte e três anos depois ela voltou a posar para a capa da revista, mas devidamente depilada. Perdeu a graça, né?
---
  • Xuxa (Dezembro/1982)

Essa não poderia faltar aqui, principalmente pelo valor histórico que representa. Se hoje Xuxa arruma briga na justiça para proibir venda e exibição do filme Amor, Eterno Amor, o que dizer da lendária Playboy de dezembro de 1982? Ainda uma jovem modelo, Xuxa até que está comportada na capa... Mas nas fotos internas da revista...
---

Claro que eu sei que ficaram faltando MUITAS capas lendárias aqui. Mas, preciso lembrá-los: o nome da coluna é Pop 5ive! Mas, sempre fica a dica: a caixa de comentário está sempre à disposição para quem quiser compartilhar seus conhecimentos e relembrar outras capas que foram deixadas de lado! 

Não se iniba, conte pra gente você também sobre suas capas preferidas da Playboy

;-)

Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

0 comentários:

Share