4 de ago de 2012

Pop Séries: Harper's Island


-->

Filmes de terror/suspense fazem sucesso desde sempre. Ano após ano temos exemplares de filmes do gênero chegando ao cinema que, vez por outra, busca se reinventar, procurando novas formas de assustar ou investindo em fórmulas que garantam o sucesso dos filmes. Entretanto, na televisão, séries do gênero não são tão comuns. Harper's Island (O Mistério da Ilha, no Brasil) pode ter sido uma tentativa de se investir no gênero. 

Contando com apenas uma temporada de 13 episódios, Harper's Island é uma série fechada, que teve seu fim traçado desde o início, como se fosse um filme de suspense. A trama instigante acompanhava os preparativos para um casamento na ilha de Harper do título. O fatídico local, entretanto, foi palco de um massacre sete anos antes: John Wakefield (Callum Keith Rennie), um serial killer, matou seis pessoas na ilha, que ficou com a fama de amaldiçoada. 

Agora, com o casamento de Henry Dunn (Christopher Gorham) e Trish Wellington (Katie Cassidy), a ilha volta a ser palco de uma série de assassinatos quando cada um dos hóspedes acaba sendo morto, das formas mais bizarras possíveis. Abby Mills (Elaine Cassidy), melhor amiga do noivo e uma das damas de honra da cerimônia, passa então a ter papel crucial, já que a mãe foi uma das vítimas dos crimes originais e dessa vez vê seus amigos morrendo um a um. 


Com 29 mortes no total, Harper's Island manteve o suspense até seu último episódio, quando o assassino foi enfim revelado. Para manter o segredo, até mesmo os atores não sabiam quem iria morrer, já que recebiam o roteiro somente no dia da gravação. Posteriormente, não revelavam spoilers da série porque o segredo era uma das cláusulas contratuais. 

Transmitida pela rede americana CBS, Harper's Island teve alguns problemas de audiência, principalmente por não ter um dia fixo de exibição: começou nas noites de terça-feira, passou para o sábado e teve seus dois episódios finais exibidos juntos devido a um feriado nos EUA. Essa mudança de dia ocasionou algo inédito na televisão americana: a série era exibida primeiro no Canadá (às quintas-feiras) e só depois nos EUA. 

Apesar de algumas falhas do roteiro, a série funciona como diversão despretensiosa e certamente agradará aos fãs do gênero terror/suspense, com suas mortes criativas e final impactante.


Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

-->

0 comentários:

Share