7 de out de 2012

Grey's Anatomy - 09x02 - Remember the Time





Depois das emoções que Shonda Rhimes nos reservou com o primeiro episódio da temporada, voltamos no tempo para entender como tudo aconteceu para ficar da forma que vimos em Going Going Gone. Afinal, satisfeitos ou não com os destinos traçados para os personagens de Grey's Anatomy, é hora de sabermos como nossos médicos seguirão em frente depois de mais uma tragédia. Com um episódio calcado em flashbacks diversos e fora de ordem cronológica, vimos os estragos físicos e emocionais causados pelo acidente de avião.

Depois de sobreviver a um tiroteio e a um  desastre aéreo, dá pra entender perfeitamente o estado catatônico de Cristina depois de tudo por que passou. Fico imaginando como deve ser ficar quatro dias acordado, com a morte rondando ao redor. Yang é uma fortaleza e disso não temos dúvidas. Mas toda fortaleza uma hora pode desmoronar. Meu único medo era que tivéssemos mais uma vez uma Cristina surtada e inerte como a que acompanhamos depois do tiroteio. Ainda bem que, apesar dos pesares, ela continua inteira, mesmo que com algumas rachaduras na alma.


O mais irônico, a meu ver, é que uma pessoa que nem estava dentro do avião é que acabou se tornando responsável (e responsabilizada) pelos desdobramentos do desastre. Callie perdeu o melhor amigo, teve de tomar uma decisão desesperada para não perder Arizona e foi a condutora da operação da mão de Derek. Muita responsabilidade para nossa médica que, desde que entrou na série, parece nunca conseguir aproveitar algum momento sequer de felicidade. Tenho dó de Callie, coitada. Ela perdeu o "marido", quase morreu num acidente de carro e, ainda por cima, vive uma intensa pressão emocional. Haja coração!

Arizona vai ter de aprender a conviver com a falta de sua perna, mas como Callie apontou, talvez a pediatra sorridente e feliz nunca mais volte a ser a mesma depois do acidente. A cena em que Arizona grita com Karev e se pergunta como alguém como ela pode estar numa situação péssima ao passo que ele está bem, foi intensa. 

O drama de Derek foi bastante explorado. Gênio das cirurgias, um verdadeiro artista com suas mãos, deve ser uma barra sobreviver a um acidente com sua mão 80% bem. Para um perfeccionista como Derek, 80% é o mesmo que nada. Acredito que ele vá acabar voltando ao normal, mas até lá prevejo muito sofrimento e revolta para o marido de Meredith Grey.


Revimos Mark e seu surto de melhora antes da morte anunciada. É engraçado que muitas pessoas afirmam que esse surto realmente existe e vê-lo retratado em Grey's foi bem interessante. Uma pena que nosso cirurgião plástico não tenha sobrevivido e que sua melhora tenha sido apenas para um adeus definitivo.

O bom de já sabermos o que aconteceu meses à frente, é que não sofremos tanto com a despedida de Kepner, com o coma de Mark ou com o estado catatônico de Cristina. A partir de agora, Shonda Rhimes tem vários conflitos para serem trazidos à tona junto a nossos personagens e estou ansioso para ver como eles serão tratados. 

Agora, definitivamente, começou a nona temporada de Grey's Anatomy

Novidade: Quer concorrer a uma linda camisa da GAP oferecida pelo PdBClique aqui para saber dos detalhes!

Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!


0 comentários:

Share