16 de nov de 2012

American Horror Story: Asylum - 02x04 - I Am Anne Frank - Part 1




O que é verdade ou simples loucura? Essa parece a dúvida que AHS: Asylum quer levantar na mente de seus telespectadores depois de um excelente episódio como foi a primeira parte de I Am Anne Frank. Investindo em uma abordagem muito interessante, a série faz, como na primeira temporada, uma incursão por fatos da vida real, misturando-os com a ficção e, claro, prendendo nossa atenção.

Depois da tempestade e de todos os acontecimentos que bagunçaram (ainda mais) a vida em Briarcliff, uma nova paciente chega à instituição. Judia, temos, aparentemente, a própria Anne Frank em pessoa no local. Com uma história plausível até mesmo para Irmã Jude, a possível Anne surgiu de maneira tensa e despejando uma bomba: o sádico Dr. Arden nada mais é que um nazista que, desde a Segunda Guerra Mundial já botava suas mãozinhas de fora, brincando de Deus com suas terríveis experiências com humanos indefesos.


Já o Dr. Thredson parece querer ajudar Lana, nem que para isso tenha de sugerir uma terapia de cura da homossexualidade da moça. O chocante é imaginar que as cenas de terapia que presenciamos foram, durante muito tempo, reais. Quantos homossexuais não tentaram ser curados de serem quem eram através de métodos agressivos e nojentos como os apresentados na série? Pior é acreditar que até nos dias atuais alguns ainda preguem que é possível se curar a homossexualidade. Mas divago.

Como o episódio não estava para brincadeira, o casal Kit e Grace também brilhou. Depois de ficar confuso quanto ao que realmente aconteceu com ele, Kit acaba confessando a Grace que teme ter matado todas as mulheres que acusam-no de ter assassinado. O impressionante foi ver o que Grace fez com a própria família e que a obrigou a ir parar em Briarcliff. Pegos no ato carnal (afinal, mesmo presos em condições sub-humanas, o desejo parece permanecer, né?), ambos acabam tendo problemas com Irmã Jude, o que acaba nos levando uma ótima cena de Kit e a freira. Será que ela realmente se viu no desespero do rapaz?


No momento OMFG do episódio, descobrimos que o Monsenhor Timothy não é lá flor que se cheire, como todo mundo naquele lugar. Aparentemente amigo do Dr. Arden, o filho da puta religioso avisa o médico de que a polícia está atrás dele e descobrimos o caráter por trás do hábito.

Na impressionante cena final, depois de levar Anne para sua salinha de tortura, o médico é confrontado por ela com um revólver, leva um tiro na perna e seu grande segredo parece vir à tona. Tela preta, sobem os créditos e a gente, como fica, meu povo?

Com direito à muitas surpresas, I Am Anne Frank - Part 1 trouxe aquilo que os fãs de AHS aprenderam a amar na série, investindo em tramas que nos deixam grudados na poltrona, com a tensão à mil e milhares de dúvidas sobre o desenrolar dessa história na cabeça. 

Que venha a Parte 2 desse episódio e o resto dessa excelente temporada. Afinal, American Horror Story acaba de ser renovada por um terceiro ano, mas ainda temos muito o que aproveitar do que ainda está sendo exibido.

Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!


0 comentários:

Share