13 de nov de 2012

Glee - 04x05 - The Role You Were Born to Play





Depois de quatro semanas, finalmente Glee voltou com um episódio inédito. E, convenhamos, é um saco essa coisa de não se ter episódios inéditos semanalmente. Acho essa ideia de exibir quatro episódios e parar um pouco tão chata! Preferia que tivéssimos uma temporada completa e um longo hiato, do que essas doses homeopáticas de episódios. Mas, depois de desabafar, vamos a The Role You Were Born to Play, o episódio da semana.

Depois dos acontecimentos traumáticos de The Break-Up, estamos de volta com um episódio leve, que se concentrou unicamente no McKinley. E só fui me dar conta de que não tivemos Rachel e Kurt nele quase no final, o que deve significar que o episódio foi, no mínimo, legal. E eu curti sim o que vi.

Como eu suspeitava, o casal Will-Emma não chegou ao fim. Apesar da discussão do último episódio, não havia motivo para tanto, não é mesmo? Ryan Murphy gosta é de causar e, por isso , deixou a possibilidade no ar. Como vimos aqui, entretanto, o casal estava apenas em dúvida sobre como levar o próprio relacionamento com a ausência de Will da cidade. Emma, mesmo não querendo ir, acabou cedendo momentaneamente em acompanhar o noivo para, no final do episódio, ficar claro que essa necessidade de companhia de Will era absurda. Mas com conversa e promessas, tudo se resolveu. So cute!

Já Finn foi requisitado por Artie para dirigir Grease. Perdido e sem saber como levar sua vida, Finn acaba aceitando, apesar de tudo. Com a volta de Mercedes e Mike como preparadora vocal e coreógrafo, respectivamente, quase tudo parecia normal, inclusive as poucas falas de Mercedes. Quer dizer...


Precisando de um novo Finn para o coral, foi a deixa perfeita para que o vencedor da segunda temporada de The Glee Project, Blake, fosse apresentado. No papel que Ryan Murphy sempre pensou para ele, desde a época do reality, o jovem ator deve guiar o "novo" glee club a partir de agora. Divertido foi ver a disputa entre o new-Puck e o novato, e de Marley e Kitty. Ciúmes e novos casais, veremos por aqui!

Voltando com o "papel social" da série, tivemos o drama de Wayne, que agora sofre preconceito para ser Unique e se vestir de mulher fulltime. Sue voltou a ser bitch e cismou que ele não poderia interpretar um papel feminino na montagem de Grease, o que levou a um bom embate da treinadora com Finn. Aliás, quem mais achou surpreendente que o bebê de Sue possa também sofrer de Síndrome de Down? 

Com muitas músicas saídas diretamente do musical Grease, com John Travolta e Olivia Newton-John, The Role You Were Born to Play foi um filler bobinho, mas extremamente divertido. Eu, que estava morto de saudades de Glee, adorei. 

Nessa semana, o evento musical da temporada, com muito mais músicas do clássico que batizará o episódio, Grease. Até lá!



Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!


0 comentários:

Share