24 de nov de 2012

Glee - 04x07 - Dynamic Duets




O que mais gosto de Glee é que a série, sempre que pode, nos mostra qual é o seu verdadeiro tema: a amizade. Mesmo em um grupo tão díspar (e que sempre cresce e se renova) é possível que a verdadeira amizade prospere, apesar das diferenças e das opiniões divergentes. Dynamic Duets foi um episódio extremamente divertido e que nos lembrou, a todo momento, qual a essência de Glee. Tem como não amar?

Pra começo de conversa, eu me diverti muito com a homenagem escancarada ao gênero super-heróis nesse episódio. Adoro quando a série investe nesse tipo de coisa, como já fez na época em que homenageou Lady Gaga e todos vestiram suas inúmeras fantasias. Imagino como deve ser divertido ser um ator do elenco de Glee e ter de embarcar nessa viagem que é gravar algo do tipo. Artie careca em uma cópia deslavada do Professor Xavier estava hilário. 

Apesar da aparente cara de filler, o episódio foi tudo, menos isso. Tanta coisa aconteceu e já encaminhou a trama da série para o que há de vir. Finn, por exemplo, apesar de perdido vai, pouco a pouco, se mostrando o novo líder do New Directions. A roupinha à lá Will Schuester do garoto no início do episódio estava impagável. E eu sempre rio com as tiradas de todo o elenco de que ele está gordo. Povo maldoso.


Umas das questões centrais do episódio foi Blaine e sua possível volta aos Warblers. Apesar de acreditar desde o início que isso não aconteceria, o mote foi bom para que entrássemos mais no universo de Blaine, inclusive descobrindo como se deu a traição do rapaz. Também tivemos o retorno de Sebastian e o surgimento da figura do novo capitão dos Warblers para as Seletivas. Tanta coisa, não?

Outra coisa interessante foi a aproximação das duas duplas rivais da temporada: Jake x Ryder e Marley x Kity. A pobre da Marley ainda vai penar bastante com a Kity, tenho certeza, mas foi muito legal a forma como surgiu uma possível amizade entre Jake e Ryder. Além do que, putz, foi preciso Finn pra ajudar o garoto a descobrir que ele tinha dislexia? Pais ausentes e dispersos, a gente vê em Glee!

Focado inteiramente na dinâmica da amizade dos personagens, foi bom ver um pouco de destaque para Sam, Tina, Artie, Suggar, Brittany e até Puck, mesmo que em dose bem homeopática. E você, sentiu falta do núcleo de NY, com Rachel e Kurt? Cada vez mais acredito que esse quarto ano está servindo como teste e que a próxima temporada, se houver, será basicamente focada nos novos personagens. O que nem acho de todo ruim, afinal, renovação é sempre vinda. 

Enquanto isso não acontece, no próximo episódio teremos grandes emoções. Em Thanksgiving teremos a participação de grande parte do elenco original (importante: incluindo Quinn Fabrey <3 ), Gangnam Style e, claro, as Seletivas. Já estou contando as horas!



Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!


0 comentários:

Share