28 de nov de 2012

Pop 5ive: Jogos Viciantes Para Tablets e Celulares




Não adianta, eles chegaram para valer. Os celulares já são uma realidade na vida cotidiana há tempos, mas com a modernização dos aparelhos e das possibilidades por eles alcançadas, deixaram de ser apenas objetos “para falar” e viraram mini-computadores. Os tablets então, com suas mil utilidades e já utilizados em grande escala, conquistam cada dia mais admiradores. Nada mais natural então que os games se adequassem à essas “novas” plataformas e conquistassem milhões. 

Foi-se o tempo em que “jogar no celular” envolvia jogar Snake (lembram da cobrinha e da época em que os visores dos celulares ainda eram monocromáticos?) ou Tetris. Os jogos atuais, que podem ainda ser bem simples, são cada vez mais viciantes e guardam um visual que conquista os jogadores. 

No Pop 5 dessa semana, uma pequena lista com cinco joguinhos viciantes, divertidos e irresistíveis, que já conquistaram milhares de jogadores pelo mundo:

  • Angry Birds

Certamente, uma unanimidade! Os pássaros furiosos chegaram com tudo e é muito fácil se render ao seu encanto destruidor de construções e porcos (ou macacos, em Angry Birds Rio).

Tendo seus ovos roubados por porcos verdes sem coração, os pássaros se reúnem e arquitetam uma vingança contra os suínos malditos! Em cada fase, o jogador deve mirar os pássaros e destruir construções e matar todos os porcos do cenário para avançar. Cada pássaro tem um poder específico, que vão de rapidez à se dividir em três, passando por lançar ovos ou bombas que explodem.

Certamente, o maior sucesso entre os jogos para celulares e tablets, Angry Birds ganha novas versões, além de lançamentos especiais em datas comemorativas. Os jogadores, viciados, aguardam, minuto a minuto, por novas fases do jogo tradicional, além das prometidas e liberadas, pouco a pouco, para o Angry Birds Seasons, Angry Birds Rio, Angry Birds Space, Angry Birds Star Wars e por aí vai.

Um vício, certamente. Mas um vício delicioso!
---
  • Plants vs. Zombies 

A história é bem simples: os zumbis invadiram o mundo e você deve se proteger, em casa, para que eles não comam seu cérebro. Para isso, você pode contar com a ajuda de várias plantas, cada uma com uma “habilidade” para matar os zumbis. Plantando os vegetais em seu jardim, você impede que os zumbis (de vários tipos), cheguem até sua casa e comam seu amado cérebro.

Contando com um visual divertido e zumbis e plantas de todos os tipos, o jogo vicia MUITO rápido. É inevitável perder horas e horas avançando nas fases, protegendo o jardim, depois o telhado, depois a área dos fundos de sua casa. E ao “vencer” cada fase você vai acumulando novas plantas, com novas habilidades para lutar contra os zumbis, que também vão se aperfeiçoando.

Para os que levam o jogo a sério, quando você “vira” a primeira etapa, há um brinde: um clipe musical, com direito a balé de zumbis e plantas cantando e dançando uma música que já é um hit para mim:

---
  • Cut the Rope

Fãs de física e do raciocínio lógico, esse é o seu jogo! Em Cut the Rope temos de alimentar um bichinho (verde) que é deixado numa caixa na porta de casa. Só que o animalzinho só come doces, que você tem que conseguir levar até a sua boca, com concentração e habilidade: os doces são presos por cordas ou estão suspensos, dentro de balões, que você deve ir cortando estrategicamente para que cheguem diretamente à boca do animal.

A estratégia fica por conta dos cálculos que devem ser feitos na hora de cortar as cordas, para que o doce chegue até o bichinho. E não são apenas cordas que vemos nas fases que, pouco a pouco, vão tendo seu nível de dificuldade aumentadas: surgem bolhas, balões de ar, objetos cortantes, tudo para ser utilizado e para que você consiga dar o doce na boca do bichinho.

Assim como os demais jogos feitos para celulares e tablets é fácil se ver preso ao jogo e ansioso por mais e mais fases. Porque o bichinho tem fome. E você tem pressa: de passar para a próxima fase!
---
  • Fluffy Birds

Apesar de também estrelado por pássaros e de ter Birds no nome do jogo, Fluffy Birds é BEM diferente do famoso Angry Birds. Aqui, o objetivo é de raciocínio, numa espécie de Tetris moderninho: o jogador deve formar grupos em linhas verticais ou horizontais, de pássaros da mesma cor, correndo contra o tempo para ganhar pontos e conseguir avançar de fases.

Mais calminho, o jogo tem uma música gostosinha e, acredite, é uma ótima diversão pré-sono. Ficar jogando, alinhando passarinhos coloridos, ouvindo o som bonitinho, vai dando uma preguiça e garante um sono tranquilo, digno dos anjos.

O perigo é não conseguir largar o joguinho antes de encher três ninhos com passarinhos recém nascidos que surgem dos ovos de ouro que você ganha ao pontuar alto durante uma jogada específica. Haja vício!
---
  • Fruit Ninja

Imagine juntar os poderes de um ninja com os dotes culinários? É quase isso que Fruit Ninja propõe enquanto faz milhares de viciados ao redor do mundo. Com um tempo determinado, o jogador deve, com habilidade, cortar o maior número possível de frutas, em fatias. E, acredite, apesar de parecer idiota, a coisa é muito divertida.

Somente para terem uma ideia do sucesso do joguinho, já existe até mesmo uma versão do jogo do estúdio australiano Halfbrick, para Facebook, o Fruit Ninja Frenzy. Contando com a mesma dinâmica dos joguinhos para tablets e celulares, no Facebook, o jogador pode comparar seus resultados com seus amigos.

Ninja ou chef? Você decide enquanto se diverte, picando frutas!
---
E você, é também um viciado em joguinhos para celulares e tablets? Qual o seu preferido? Conte pra gente na caixa de comentários!

Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!


0 comentários:

Share