5 de dez de 2012

Os Penetras, de Andrucha Waddington




Há muito que o cinema brasileiro descobriu um filão lucrativo: a comédia. Alguns dos maiores êxitos em bilheteria do "novo" cinema nacional vem de produções desse gênero, como Se Eu Fosse Você, De Pernas Pro Ar ou do atualmente em cartaz Até Que a Sorte Nos Separe. Entretanto, apesar do sucesso de público, são poucas comédias que agradam também a crítica, distanciando-se do humor fácil da televisão e apresentando um pacote um pouco mais bem embrulhado. E se Os Penetras não chega a revolucionar, pelo menos apresenta uma diversão honesta e que arranca boas gargalhadas do público.

Apresentando uma dupla de trambiqueiros cariocas, Marco Polo (Marcelo Adnet) e Nelson (Stepan Nercessian), que vivem de pequenos golpes e de aproveitar as delícias da vida em cima de ricaços incautos, o longa tem início quando o ingênuo Beto (Eduardo Sterblitch) cruza o caminho de Marco. Depois de tomar um fora de sua amada, o rapaz do interior do Rio decide se matar e cai de páraquedas na vida do trambiqueiro. Como aparenta ter dinheiro, Beto logo se transforma em mais uma possível vítima da dupla formada por Marco Polo e Nelson.

Apesar do argumento simples, o filme se desenrola de maneira divertida e guarda boas surpresas, arrancando gargalhadas das situações vividas por seus personagens que, por mais surreal que possa parecer, poderiam muito bem habitar uma cidade como o Rio de Janeiro. 


Se para alguns o filme nada mais é do que mais um canal para Marcelo Adnet brilhar, a surpresa do longa atende pelo nome de Eduardo Sterblitch. Adnet tem ótimos momentos no filme e isso é inegável (entre meus favoritos, a imitação de um argentino para conseguir entrar no Fasano e encontrar a personagem de Mariana Ximenes é um dos melhores) , mas é Eduardo e seu Beto quem acaba roubando a cena. Dando vida a um obcessivo rapaz apaixonado que sai de Resende atrás de sua amada, o ator oriundo do programa Pânico surpreende e arranca as mais sonoras gargalhadas. Seus momentos de carência e a boa química com Adnet e Stepan Nercessian são claros e garantem a diversão.

E se Adnet, Sterblich e Nercessian encabeçam o elenco, os demais nomes não deixam nada a desejar. Mariana Ximenes faz de sua "Laura" uma adorável picareta e é incrível como funciona bem ao lado de Adnet. E as participações de Andréa Beltrão e Susana Vieira são hilárias.

Fica evidente no filme o bom trabalho de um diretor experiente como Andrucha Waddington. Vindo de trabalhos tão diferentes como Eu Tu Eles, Casa de Areia e Lope, o também roteirista do filme captou a essência de sua própria história e evita o riso fácil vindo de gags visuais e piadas escatológicas. Se o humor não é refinado, também não descamba para o popularesco, gerando um trabalho consistente e divertido. 


Despontando como a maior estreia nacional do ano (renda de R$ 3.886.000,00 e 336.600 ingressos vendidos em um fim de semana), Os Penetras é uma comédia atípica e que não agride a inteligência do espectador. Fugindo do final clichê do "felizes para sempre" e arrancando boas gargalhadas, é uma ótima pedida para bons momentos de mais pura diversão.

OBS: Não seja apressadinho e saia correndo assim que o filme terminar. Durante os créditos finais, uma série de erros de gravação arrancam mais gargalhadas da plateia.

Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!


3 comentários:

V.R disse...

Assisti no sábado e gostei muito da comédia, realmente o Sterblich me surpreendeu com sua atuação, ri muito! Recomendo!!!

CJ disse...

Só assisto se além das criticas dos meios de comunicação, eu tiver um bom numero de amigos que aprovem o filme.
Hoje os criticos são pagos para promoverem filmes, é cada porcaria por aí que eles dizem, nossa, vc vai rir bastante. Igual ao filme do gordinho do "Os Caras de Pau", que fez um filme agora e é um lixo sem noção!
Já fiquei muito decepcionado ao ir ao cinema e assistir uma bela porcaria! Seja nacional ou seja de hollywood.
Não arrisco mais no cinema!
Vou esperar pasar na TV a cabo.
Meu dinheiro não é capim para gastar no cinema que está cada vez mais caro.
O unico filme que quero assistir no cinema e acho que vale a pena é "O Hobbit", pois vc paga para usufruir dos artificios do cinema, como a imagem, som, 3D. Senão, veria em casa no Home Theater!

Luis disse...

(CJ) nossa cara... 10 reais num filme de cinema realmente irão falir vc!

Share