27 de dez de 2012

Pop 5ive: Os Melhores Filmes de 2012

>

2012 vai chegando ao fim... E o mundo continua aqui! O que era para ser o Pop 5ive de Melhores Filmes de Todos os Tempos virou o de Melhores Filmes de 2012. Tudo culpa dos Maias.

Pensando bem, ainda bem que o mundo não acabou no dia 21. Afinal, esse post não estava pronto. E como seria o fim do mundo sem este Pop 5ive? Certamente, seria triste e melancólico. Ou melhor, mais triste e melancólico. Mas o mundo não acabou e eu ganhei mais um tempinho para finalizar o ranking - ainda bem!

Com certeza - certeza mesmo -, 98% dos leitores irão discordar de grande parte da lista. Os outros 2% irão discordar de, pelo menos, um nome da lista (tomara que eu esteja enganado!). Mas, de qualquer forma, nada melhor do que encerrar o ano com uma polêmica para apimentar o ambiente.

Então, vamos lá. Os melhores filmes de 2012 são:


A trilogia de Batman, definitivamente, fez ressurgir um dos heróis mais famosos do mundo. Depois de alguns filmes muito ruins, para dizer o mínimo, Christopher Nolan e Christian Bale criaram um herói sombrio, cheio de conflitos e com sede de justiça. Com muita ação, efeitos especiais da mais alta qualidade e ótimas atuações- - quem não se lembra do Coringa, de Heath Ledger? - Batman ressurgiu das cinzas em termos cinematográficos.

Em Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge, último filme da trilogia - quero muito que tenha outros, mas... - vemos tudo o que foi dito anteriormente e um pouco mais. São cenas de tirar o fôlego, ação incessante, clima sombrio e um vilão à altura das expectativas - mas abaixo, bem abaixo, do vilão do segundo filme. Ou seja, um filme imperdível e, certamente, um dos melhores do ano. Mas não o melhor da franquia.
---
  • 4º Lugar: 007 - Operação Skyfall

Em seu 23º filme, James Bond não perdeu o fôlego, o charme e a elegância. E teve um presente de aniversário do mais alto nível - o primeiro filme do famoso agente 007 foi lançado há 50 anos, em 1962.

Com uma direção precisa de Sam Mendes, sequências de tira o fôlego e Daniel Craig cada vez mais à vontade como 007, só faltava um vilão à altura do confronto. E ele é Silva, vivido pelo excelente Javier Barden. Para completar, temos Adele cantando a música-tema de 007.

Um dos melhores filmes do ano, sem dúvida.
---

Somente o fato de vermos juntos alguns do maiores heróis do mundo já seria um bom argunto para termos um grande filme. Mas, se além disso, os criadores resolverem apostar no roteiro, contratar grandes atores e ter o melhor em efeitos especiais, ficará difícil para a concorrência. É o caso de Os Vingadores.

A união - ou melhor, reunião - do Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk, Viúva Negra e Gavião Arqueiro - quase todos com seus filmes "solos" - superou as maiores expectativas. Sim, temos um dos melhores filmes de super heróis de todos os tempos (vencedor do Pop 5ive de Melhores Filmes de Super Heróis), um dos maiores sucessos de bilheteria da história do cinema e uma sequência já programada. Imperdível!
---

Apostei tudo - inclusive o prazo para fazer o ranking - neste filme. E fui plenamente recompensado com essa maravilha visual criada por Ang Lee.

Uma emocionante e inspiradora estória de esperança e amizade. Uma dupla improvável, um relacionamento tenso e obrigatório entre o jovem Piscine Molitor e o tigre-de-bengala Richard Parker (feito em computação gráfica), num contexto desesperador, para dizer o mínimo.

O real e a fantasia se confundem nessa obra maravilhosa, que deve arrebatar, no mínimo, o Oscar 2013 de Efeitos Especiais.
---

O Artista, filme vencedor do Oscar 2012, não estava na primeira lista. Simplesmente porque não lembrava que sua estreia no Brasil havia sido neste ano, muitos meses após sua estreia mundial. Com isso, ele nunca, jamais, em hipótese alguma, poderia ficar fora desse Pop 5ive.

Uma maravilhosa homenagem aos filmes antigos - muito antigos -, com grandes atuações, direção perfeita e uma estória envolvente e encantadora, triste e engraçada. Ganhou com todo o merecimento - e minha torcida - o Oscar de Melhor Filme, Melhor Ator (Jean Dujardin) e Diretor (Michel Hazanavicius).

E - sempre falo isso - ganhou também o "Oscar" de Melhor Cão (Golden Collar Award) com Uggie, o companheiro fiel de George Valentin (Dujardin).

Quem não viu O Artista por ele ser em preto-e-branco e mudo, não sabe o que está perdendo. Cinema da mais alta qualidade.
---

Outros Destaques de 2012

Como o nome da coluna é Pop 5ive, obviamente são 5 "premiados". Mas seria injusto citar apenas 5 destaques em 2012. Sendo assim, há a segunda lista, os outros destaques do ano e que não ficaram entre os  melhores. Vamos a eles:

Como é difícil encontrar bons filmes nacionais. Sim, os filmes, em sua maioria, são comédias sempre parecidas. Parecem uma grande sequências de filmes que supostamente são engraçados e que o máximo que conseguem é dar vergonha alheia. Claro que há exceções, mas a maioria é assim.

Tivemos alguns bons filmes, é claro. Heleno e Febre do Rato são alguns exemplos.

Por isso, Gonzaga - De Pai Pra Filho merece ainda esse destaque em 2012. Não que seja um filme perfeito. Mas é sim um ótimo trabalho de Breno Silveira sobre a conturbada relação entre Luiz Gonzaga e Gonzaguinha, pai e filho.

Com grandes atuações, roteiro redondo e uma trilha sonora sem igual, Gonzaga - De Pai Pra Filho foi um dos melhores filmes do ano e o maior destaque nacional.
---

Primeiro assisti ao filme. Depois li a trilogia de Suzanne Collins. E, até hoje, continuo me perguntando como não tive a ideia de criar essa estória. Enfim, tirando o ódio mortal com relação ao lapso anterior, vamos ao filme...

O diretor Gary Ross conseguiu transmitir toda a atmosfera do livro para as telas. E contou com o auxílio da talentosa e carismática Jennifer Lawrence, que deu vida à protagonista Katniss Everdeen. Além dela, temos ainda o sempre ótimo Stnaley Tucci e Woody Harrelson como destaques.

Jogos Vorazes é inquietante, desafiador. A estória é tão absurda que poderia ser real nos dias de hoje, certamente. E esse é o maior acerto do filme: conseguir transmitir essa inquietação do livro para as telas, sem que seja necessário ler os livros para se ambientar ao contexto da obra.
---

Falando de espetáculos visuais, A Invenção de Hugo Cabret é uma das maiores autoridades no assunto. Martin Scorsese faz uma homenagem ao cinema antigo através de uma mistura perfeita de cores, texturas, profundidade.

O filme é quase um documentário sobre a história do cinema - e isso é bom. E conta com o excelente Ben Kingsley. Além disso, concorreu ao Oscar de Melhor Filme de 2012.

Mas, apesar da narrativa envolvente e de toda a beleza retratada sobre a invenção do cinema, o que relamente chama a atenção são as cores e o tom de fábula que fazem de Paris a cidade perfeita para essa fantasia emocionante. Com um roteiro um pouco mais caprichado, teria sido um concorrente ainda mais forte no Oscar deste ano, quando ganhou apenas os prêmios técnicos.
---

Não que o filme seja uma maravilha. Não é. É, sim, o melhor da franquia.

Entretanto, se compararmos os quesitos qualidade (boa), repercussão (gigantesca) e bilheteria (também gigantesca), ele não poderia estar fora dos destaques de 2012.

Imaginem se os atores fossem melhores, se o roteiro fosse mais caprichado e se os efeitos especiais fossem decentes? Claro que a autora precisaria escrever uma nova estória também. Mas, enfim...
---

Poderia muito bem utilizar o texto anterior no que diz respeito à qualidade, repercussão e bilheteria.

Mas, como o filme está iniciando uma trilogia, serei mais legal. Afinal, há bastante tempo para recuperar a altíssima qualidade de O Retorno do Rei, por exemplo.

Agora, não me venham falar que são necessárias 9 horas de filme para levar às telas um livro de 300 páginas. Para os fãs, certamente, poderia haver 15 horas. Mas, para aqueles que não conhecem a obra literária, é tempo demais para coisa de menos. Simples assim.

(e sou um defensor dos longos filmes de O Senhor dos Anéis, mesmo não tendo lido os livros)
---

Adeus Ano Velho, Feliz ano Novo! Esse foi o Pop 5ive de Melhores Filmes de 2012.

Que 2013 seja ainda melhor para o cinema - principalmente o nacional.

O Pop 5ive se despede desejando a todos um excelente 2013, repleto de paz, saúde e muito cinema!


Leia Também Nossas Outras Listas:


Para ficar atualizado com todas as novidades do PdB, curta nossa página no Facebook (clicando aqui) e nos siga no Twitter (clicando aqui). É fácil, rápido e super prático!

Sigam-nos os bons!

>

4 comentários:

Serginho Tavares disse...

Sinceramente acho que 2012 foi repleto de filmes BEM melhores do que os 5 escolhidos e quanto as menções especiais, incluir Crepúsculo ao lado de O Hobbit é demais pra mim!
SOCORRO!

Bruno SM disse...

Concordo que deve mesmo haver outros filmes tão bons ou até melhores do que esses - apesar de achar difícil encontrar algum ranking que não tenha pelo menos um dos citados.
Fique à vontade para fazer a SUA lista. Que tal?
Quanto a O Hobbit, você não deve ter entendido que o destaque foi pela repercussão, não pela qualidade. Se não fosse isso, ele certamente não estaria por aqui. E no quesito repercussão, ele também não seria o número 1.

Serginho Tavares disse...

Esta SUA lista deveria se chamar "Os Melhores Blockbusters de 2012" já que só tem filmes deste tipo aí. Onde estão "Moonrise Kingdom", "As Vantagens de ser Invisível", "Jovens Adultos", "People Like Us"??????

Adoro os filmes citados nesta SUA lista, mas acho que para escolher apenas os 5 melhores deveria ser mais homogênea!

Bruno SM disse...

Agora sim! Ficou bem melhor com a sua lista...
Como está no início do post, imaginei que muitos não concordariam com o ranking. Faz parte... E, sim, pode considerar a lista bastante blockbuster - apesar de eu achar que o termo não se aplica a O Artista, por exemplo.
Não pode assisir a todos os filmes citados por você - mas farei o possível para ver. E, dentre os que vi, ainda prefiro os que estão na lista.
Enfim, voltando ao início, certamente há muitos bons filmes que poderiam estar por aqui.

Share