27 de jan de 2013

Grey's Anatomy - 09x12 - Walking on a Dream



Mudanças. São elas que dão tônica à nossa vida e, pelo menos em Grey's Anatomy, elas estão sempre presentes, quase que como personagens dessa série que acompanha a vida de um grupo de médicos há muito amado por nós. E depois de tantos imprevistos e acontecimentos incríveis, é hora de mais uma mudança agitar a vida dos médicos do Seattle Grace Hospital. E mudanças, nem sempre, são boas!

Com a ordem judicial de indenizar em valores milionários aos sobreviventes do acidente de avião, o hospital se viu com um problema nas mãos. Tendo que desembolsar uma grande quantidade de dinheiro, mudanças estruturais precisam ser implementadas no Seattle Grace para diminuir os gastos e foi assim que surgiu Alana, a responsável por identificar e sanar os gastos "desnecessários" do hospital. Nem preciso dizer que isso causou um tremendo ~climão~ no ambiente, né?

Arizona, coitada, vive a Síndrome do Membro Invisível. Eu, que tenho uma tia que passou por uma situação muito parecida com a de Arizona (sem acidente de avião, mas com a amputação de parte de uma das pernas) sei que a Síndrome existe e se apresenta de várias formas, inclusive com a dor em um lugar que nem mais existe. A forma como isso foi apresentado em Grey's foi interessantíssimo, principalmente por acontecer em um momento em que todos os médicos estavam sob avaliação. E a ajuda de Hunt à cirurgião foi uma boa sacada dos roteiristas.


Derek sendo Derek e botando Alana em seu lugar foi divertido. Usando Wilson para isso, sabotando o quadro de cirurgias então, impagável. Se bem que, tadinha da Alana, né? Tem um trabalho ingrato e, como disse para o Dr. Webber no final, esse é o papel dela e essas mudanças são necessárias. O que fazer então? Se adaptar!

Enquanto isso, a gravidez de Meredith a deixou com um hábito um tanto quanto peculiar para a personagem: chorar. Chega a ser engraçado ver Meredith chorando, já que isso não combina em nada com a personagem. Com o caso da grávida com insuficiência hepática e tendo de lidar com Ross e sua aparente incapacidade de trabalhar com ela, Meredith ainda foi obrigada a encarar seu medo de andar de avião depois do acidente. 

E Yang ajudando Karev com o programa de operações em crianças africanas foi bem divertido. Se, à princípio ela se divertiu tocando o terror que o programa seria cancelado, ao se dar conta de que poderia fazer várias operações dificílimas e lutando pelo projeto foi hilário. Yang é diva. Sempre!


Alguém esperava a explosão de Bailey com Derek na reunião do final do episódio ao "defender" Alana e tentando garantir seu emprego? Acredito que muitos do Seattle Grace Hospital estejam incomodados com o dinheiro que os sobreviventes ganharam de indenização e, essa postura de Bailey com Derek bancando o bonzinho foi bem que interessante. Será que esse assunto ainda vai render?

Estamos no meio da temporada e Grey's está naquele mar calminho que a série costuma apresentar durante sua exibição. Até quando é apenas uma questão de tempo, afinal, Shonda Rhimes é mestre em nos surpreender, não é mesmo? Seja com coisas boas ou com tragédias avassaladoras! Temos apenas que aguardar!
Leandro Faria  
Leandro Faria, do Rio de Janeiro, fruto da década de 80, viciado em cultura pop em geral. Como vício bom a gente alimenta e compartilha, estou aqui para falar de cinema, televisão, música, literatura e de tudo mais que possa (ou não) ser relevante. Por isso, puxe a cadeira, se acomode e toma mais um copo, porque papo bom a gente curte é desse jeito!
FacebookTwitter

0 comentários:

Share