17 de jan de 2013

Pretty Little Liars - 03x15 - Mona Mania!




Semelhante a She's Better Now, o episódio dessa semana foi fraco, mas trouxe algumas confirmações importantes. Quem tinha dúvidas que Mona havia se arrependido pode notar que além de líder, a moça também é atriz. Que atuação foi aquela com direito à lágrimas na frente das liars?

Sem Jason, pistas que ligam Byron ao assassinato de Ali se tornaram muito mais fortes e, não sei vocês, mas acho que isso é só mais uma jogada dos roteiristas para nos distanciar da realidade e dos verdadeiros culpados. Acredito na inocência do pai de Aria e achei muito suspeita a ajuda inesperada que ela recebeu de Meredith. Afinal, qual é o sentido dessa personagem na série, além de ser a ex-amante? Quem garante que ela não é quem está por trás de tudo isso?


Não posso deixar de comentar (novamente) o envolvimento de Toby com o A. Team; foi uma das jogadas mais inteligentes da série e, mesmo que eu lamente, devo confessar que continuo amando o personagem. Quem não gosta deveria relembrar de sua atuação desde os primeiros episódios.


E falando em personagem, culpa e teatrinho, qual é a do Lucas? Não consigo me decidir sobre ele e, pra ser super sincera, não aposto mais minhas fichas em ningué. Só posso afirmar uma coisa: eu não sou do A. Team. A paranoia é tão grande que ando desconfiando até dos leitores.

Como tudo tem que ter seu toque de humor, eu ri horrores da cena de Emily e Paige na floresta. WTF? Quem é que depois de sofrer tantos traumas se dá ao luxo de uma caminhada na floresta durante a noite? Muito coisa de filme de terror, mas tudo bem, vou dar um desconto para a asma repentina de Paige.

No mais, espero que o próximo episódio recompense os dois últimos e que finalmente alguém fale alguma coisa sobre o tal cadáver que parece ter sido esquecido na linha do tempo de Pretty Little Liars.

Pergunta básica: mais alguém aí super sentindo falta dos olhos verdes de Jenna?
Ariadny Theodoro  
Ariadny Theodoro,incansavelmente bipolar e a primeira mulher da trupe do PdB. Apaixonada por literatura, séries de televisão, teatro e fotografia digital, escreve por necessidade de manifestar suas diversas paixões, nem sempre compreendidas pelos demais. Escreve sobre tudo - o bom e o ruim! Afinal, alguém tem de ter a difícil tarefa de alertar ao mundo que nem tudo é sempre bom!
FacebookTwitter

0 comentários:

Share