14 de fev de 2013

Globo e Desfile das Escolas de Samba: Tudo a Ver?



>
Ok! Não tenho cara de quem gosta de samba. Menos ainda de quem torce para alguma escola. Mas, como as aparências enganam, adoro samba (não confundir com SAMBAR, certo?) e torço sim - e muito - pela princesa nilopolitana - não me perguntem o motivo. 

Enfim, após mais um Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, resolvi falar um pouquinho sobre desfiles, samba e, principalmente, sobre as enfadonhas transmissões de Carnaval da Rede Globo. Prometo que tentarei não ser chato! 

O Desfile

Há algo muito nítido nos últimos anos: as escolas estão divididas em "com dinheiro" e "sem dinheiro". Se as primeiras souberem o que fazer com a grana, algo não muito simples, o segundo grupo não terá a mínima chance. Basta ver os últimos resultados da grande folia carioca. Não adianta samba, harmonia e evolução se não houver fantasias e alegorias. E isso é uma pena - vide a grande Portela. O carnaval  carioca está cada vez mais capitalista e menos festa.

Há muito tempo sabemos que o prêmio maior do carnaval carioca será da Beija-Flor, da Vila Isabel, do Salgueiro, da Unidos Tijuca ou, no máximo, da Grande Rio. Fora algumas surpresas aqui e acolá, a tendência é que isso piore nos próximos anos. Com isso, cada vez mais, vemos uma enxurrada de enredos patrocinados, do cavalo à fama. Acho que menos de 5 enredos neste ano foram interessantes, pelo menos.

No resultado divulgado ontem, a Vila Isabel ganhou o título merecidamente. E, também merecidamente, Beija-Flor e Unidos da Tijuca completaram o pódio. Uma rápida análise das escolas:
  • Salgueiro: muita tecnologia e empolgação para um enredo fraco e confuso.
  • Unidos da Tijuca: ótimo desfile, algumas novidades e vários problemas. Abaixo dos anos anteriores - talvez por se esperar demais da escola.
  • União da Ilha: desfile morno em todos os pontos. Vinícius de Moraes merecia mais.
  • Mocidade: acharam mesmo que o Rock in Rio poderia dar nova vida à escola? Pelo o que foi apresentado - e pelo o que tem apresentado -, se fosse rebaixada, não seria surpresa. Uma pena a atual situação.
  • Portela: desfile belíssimo, samba maravilhoso e fantasias e alegorias pobres. Lembram do dinheiro?
  • São Clemente: a criatividade e ousadia são ótimas! Falta mais capricho e chão.
  • Mangueira: um dos melhores desfiles dos últimos anos. Inovou na bateria - o que, para mim, foi desnecessário.
  • Beija-Flor: bem superior ao último ano, apesar do enredo difícil. Ótimo desfile, visualmente impactante, mas com algumas falhas técnicas. Falta uma pitada de ousadia e criatividade.
  • Grande Rio: mais um enredo complicado. Teve o mérito de fazer um desfile bonito e técnico, mas sem brilho.
  • Imperatriz: podemos considerar um retorno aos bons tempos. Continua trazendo bons sambas e melhorou muito em todos os pontos.
  • Vila Isabel: desfile impecável e o melhor samba. Merecidamente campeã.
  • Inocentes de Belford Roxo: bom desfile para uma iniciante no Grupo Especial. Se tivesse mais nome - ou não fosse "a escola que subiu" -, se manteria na elite do Carnaval. Mas...
... há ainda o fato dos jurados (?) terem uma séria restrição com relação às escolas menores, por exemplo. É quase certo que a escola que subiu do antigo Grupo de Acesso será rebaixada. E é nítido como há um (pre)conceito da parte dos jurados com relação a essas escolas. Seria o caso de, pelo menos, embaralhar um pouco a ordem dos desfiles.

Mas também não houve tantas injustiças dos jurados, como muitos falam por aí, sem o mínimo conhecimento. Cuspir asneiras nas redes sociais é tão fácil!

Enfim, não houve muitas novidades nos desfiles deste ano. Espero que 2014 traga muitas mudanças ou o carnaval carioca, das escolas de samba, será cada vez menos interessante. A Beija-Flor, por exemplo, já começou bem, confirmando que vai falar sobre a vida do Boni... Tá, né?!

A Transmissão

Finalmente, o ponto X, Y e Z dos Desfiles das Escolas de Samba. A Rede Globo não gosta das Escolas de Samba. Fato! Ou não teríamos por cerca de 30 minutos a mesma visão da escola - o início. Certo, há um tempo mínimo entre a entrada da comissão de frente e sua chegada ao meio do sambódromo, local onde tem início a verdadeira transmissão do desfile. Mas, tirando algum problema na concentração, ficamos vendo a mesma coisa por muito tempo. Ou aquelas ridículas entrevistas dentro da bateria. É muito chato! E tudo isso para depois vermos rapidamente as últimas alas e alegorias - quando conseguimos ver. Algo tem que ser mudado com relação a isso. É muito tempo de desfile para pouca coisa. Perder 30 minutos - de 82 - somente com o início, não pode.

Sobre a narração, é muito legal ver o Luis Roberto e a Glenda tentando mostrar que sabem tudo dos desfiles. O problema é só um: eles não sabem! Alguns erros bobos, informações truncadas ou que simplesmente não batem, cansam o telespectador. Os comentaristas, especialistas (?), são muito pouco - e mal - utilizados. E os repórteres continuam fazendo as mesmas perguntas idiotas nos piores momentos. Fato! Ou alguém vai responder, ao final do desfile, que foi tudo uma merda?? (Boss, posso "falar" merda aqui?).
(Nota do editor: Pode falar merda, porra, caralho! Aqui é um boteco livre e com os palavrões liberados! rs)

Os Melhores Momentos dos desfiles são ridículos. Se tivessem mais 10 minutos, aí sim poderiam ser chamados de melhores momentos. Do jeito que está, podem ser considerados pequenos momentos, raros momentos ou quase nada.

Enfim, ou a transmissão do Carnaval - do desfile - é repensada, rapaginada, ou a audiência vai cair, caiiir, caiiiiiir... E, com isso, quem perde somos todos nós.

PS.: A Rede Manchete pode voltar somente para transmitir o Carnaval? #FicaDica.
Bruno Schmidt  
Bruno Schmidt, vascaíno fanático, cinéfilo, devorador de livros, viciado em TV e internet - no celular. Redator publicitário, marquestista - não marqueteiro -, marrento e... petropolitano. Com ele o papo é sobre cinema, livros e TV. Mas sem cerveja, ok?!
FacebookTwitter

>

1 comentários:

Serginho Tavares disse...

concordo com você: a rede manchete bem podia voltar só pra isso ne? a globo bem que tenta mas...
este ano colocaram esse tal de pretinho da serrinha que afff só bobajada pra competir com a Glenda que tem piorado a cada ano e gritado mais a cada ano

Share