27 de fev de 2013

Pop Séries: Veronica Mars



O que uma série precisa para encantar, conquistar e entrar para a lista de melhores séries de todos os tempos feita por 10 entre 10 pessoas que gostem do gênero e já tenham assistido a mais que meia dúzias de produções? Se os produtores tivessem essa resposta, teríamos apenas sucessos de público e crítica em exibição. Entretanto, uma vez existiu uma produção chamada Veronica Mars (me recuso a usar o subtítulo nacional que a série ganhou) para provar que algumas vezes uma série pode ser incompreendida, prematuramente cancelada, mas continuar na memória de milhares de fãs que lamentam a cada dia a falta que a série faz.

Centrada na Veronica (Kristen Bell) do título, a série acompanha a vida da jovem, que apesar de já ter sido uma das mais populares do colégio, viu tudo desmoronar depois do assassinato de sua melhor amiga, Lily Kane (Amanda Seyfried, antes de se tornar a queridinha dos filmes água com açúcar de Hollywood). Como o xerife Keith Mars (Enrico Colantoni), pai de Veronica, acusou o pai da amiga, Jake Kane (Kyler Secor), de principal suspeito do assassinato, ambos, pai e filha, ficaram em maus lençóis junto à comunidade quando Jake foi inocentado. Veronica ficou à margem escolar, largada pelo namorado, Duncan Kane (Teddy Dunn), irmão de Lily, e atormentada pelo mistério do assassinato da amiga.

Com a chegada do novato Wallace Fennel (Percy Daggs III), Veronica encontra um amigo e passa a trabalhar desvendando mistérios que parecem procurá-la. Ao mesmo tempo, busca se enquadrar novamente num sistema complexo, que conta com a existência de seu ex-namorado e amigos, como por exemplo Logan Echolls (Jason Dohring), com quem Veronica vive num verdadeiro jogo de gato e rato até que um improvável romance surge.


Contando com um clima noir, apesar da premissa aparentemente adolescente e bobinha, Veronica Mars conquista de imediato todos que se permitem assistir a seu episódio piloto. Neptune é uma cidade conturbada, repleta de segredos e onde a aparência não condiz com a realidade. Aliado a uma trama excelente, temos interpretações interessantes e personagens cativantes. A mistura perfeita para um resultado memorável.

Em seus dois primeiros anos a série se utilizou do recurso de “caso da semana”, ao mesmo tempo em que avançava com a história maior, da temporada. Já em seu ano final, os roteiristas mudaram a técnica e dividiram a temporada em alguns mistérios que duravam blocos de episódios.

Apesar de uma base de fãs apaixonados e aclamada pela crítica, Veronica Mars esteve entre os possíveis cancelamentos desde seu primeiro ano. A qualidade da série não era percebida pelo público americano que não dava a devida audiência para que a série permanecesse no ar. Assim, apesar de protestos, Veronica Mars chegou ao fim depois do episódio The Bitch is Back, o vigésimo da terceira temporada. Preparado tanto para ser o episódio final da temporada quanto da série, fechou algumas tramas ao mesmo tempo que deixava algumas pontas soltas, que tiveram de ser preenchidas pela imaginação dos espectadores.

Durante algum tempo cogitou-se a existência de uma quarta temporada para a série, que focaria na vida de Veronica depois da faculdade, trabalhando como estagiária no FBI. Até mesmo um teaser/trailer chegou a ser produzido (e você pode conferí-lo abaixo) apenas para a série ser definitivamente cancelada e todo o desejo dos fãs ganhar um balde d'água fria.



Especula-se até hoje, anos depois do cancelamento, a possibilidade de um filme com a personagem. A hipótese agrada tanto o criador da série, Rob Thomas, quanto Kristen Bell, que mais de uma vez se mostraram empolgados com a possibilidade. Entretanto, como tudo depende de investimentos, trata-se apenas de especulação, sem fundamento real.

Mas, não tenha dúvidas: Veronica Mars é obrigatória para qualquer um que se diga fã de séries. Se ainda não assistiu, não perca tempo: corra atrás já. Tenho certeza que me agradecerá depois.

Leandro Faria  
Leandro Faria, do Rio de Janeiro, fruto da década de 80, viciado em cultura pop em geral. Como vício bom a gente alimenta e compartilha, estou aqui para falar de cinema, televisão, música, literatura e de tudo mais que possa (ou não) ser relevante. Por isso, puxe a cadeira, se acomode e toma mais um copo, porque papo bom a gente curte é desse jeito!
FacebookTwitter


1 comentários:

biel_delisboa disse...

Estamos de volta né?pelos menos termos um filme para encerrar a série com decência.

Share