16 de fev de 2013

Pretty Little Liars - 03x18 - Dead To Me





O Carnaval infelizmente acabou, a folia foi obrigada a ficar para trás e, apesar do atraso, cá estou para comentar as novidades nem tão novas das nossas liars e suas vidas imprevisíveis.

Pois bem, como diria o ditado "Quem é vivo sempre aparece" e, como prometido, Dra. Sullivan está de volta aos holofotes da cidadezinha de Rosewood, onde tudo acontece mas ninguém vê. E nossa adorável e talvez nem tão ingênua Emily, resolve voltar a se consultar para se livrar dos seus pesadelos e culpa por ter tirado uma vida tão brutalmente. O mais engraçado dessa cena é a rapidez como é feita aquela hipnose, super simples sem nenhuma preparação mas, tudo bem, afinal, estamos falando de Pretty Little Liars, galera.

Não bastando esse absurdo, de repente nos vimos de volta a história da família de Caleb. Será que esse laço está secretamente ligado às nossas liars ou este núcleo é apenas mais uma distração? Será tio Jamie mais uma peça para nosso quebra-cabeças ou é realmente o pai biológico do amado de Hanna? Ai, estou farta de perguntas, e vocês?


Como o final dessa temporada está ficando cada vez mais próximo, é óbvio que todos os plots estão sendo segurados para os dois últimos episódios. Entretanto, duas coisas chamaram muito a atenção: primeiro, o vínculo entre as amigas está diminuindo cada vez mais, a começar pela revolta de Spencer. Segundo e não menos importante, as liars estão começando a desconfiar que Alison além de estar viva pode estar no comando do team A.

Muitas coisas ainda pairam no ar, essa história idiota do Wesley, irmão de Ezra,  está muito estranha e, é claro, as reações e acontecimentos acerca de Jason Di Laurentis.

Mas, como tudo que parece ser em Rosewood não é, nossa missão é permanecer atentos e esperar pelo desfecho dessa temporada que será decisiva para o futuro da série.

Xoxo:*
Ariadny Theodoro  
Ariadny Theodoro,incansavelmente bipolar e a primeira mulher da trupe do PdB. Apaixonada por literatura, séries de televisão, teatro e fotografia digital, escreve por necessidade de manifestar suas diversas paixões, nem sempre compreendidas pelos demais. Escreve sobre tudo - o bom e o ruim! Afinal, alguém tem de ter a difícil tarefa de alertar ao mundo que nem tudo é sempre bom!
FacebookTwitter


0 comentários:

Share