29 de abr de 2013

A Caçada, de Clive Cussler



>

Sabe quando começamos a ler um livro e pensamos "não vou gostar"? Pois é, isso aconteceu comigo com A Caçada.  Entretanto, isso não dura mais do que algumas poucas páginas. Depois disso, o texto e a criatividade de Clive Cussler conseguem nos prender. É quase um par de algemas, que não nos deixam largar essa excelente obra que mistura aventura, suspense, investigação e história. Sim, história de verdade!

Na trama, o governo norte-americano contrata a renomada Agência de Detetives Van Dorn e seu principal agente, Isaac Bell, para capturar um lendário ladrão de bancos conhecido como Assaltante Açougueiro, que além de promover os assaltos mais audaciosos, também assassina homens, mulheres e crianças que estão nos locais, sem deixar nenhuma pista nem testemunhas. O detetive Bell lidera a busca e finalmente descobre a verdadeira identidade do Assaltante Açougueiro. E nesse momento inicia-se a verdadeira caçada.

A Caçada é um jogo de xadrez entre dois mestres da inteligência. Bell e o Assaltante Açougueiro formam uma dupla perfeita para ocupar páginas e mais páginas dessa aventura em pleno início do século XX. E com o algo a mais que é a reconstrução do período por Clive Cussler, que nos deixa ainda mais fascinados pela obra e seu criativo enredo.

O livro mostra o melhor da ação policial investigativa sem os recursos modernos de CSIs da vida, testes de DNA, internet, etc. Aqui, é homem contra homem. E só. Mas o "só", neste caso, é bem mais divertido e fascinante.

A Caçada é uma obra criativa, intrigante, estimulante e apaixonante - ok, a rima não ficou das melhores, mas o livro é mesmo isso tudo. Isaac Bell e sua série de livros já conquistaram lugar no hall da fama do PdB.

A Caçada
Autor: Clive Cussler
Páginas: 384
Editora: Novo Conceito
Bruno Schmidt  
Bruno Schmidt, vascaíno fanático, cinéfilo, devorador de livros, viciado em TV e internet - no celular. Redator publicitário, marquetista - não marqueteiro -, marrento e... petropolitano. Com ele o papo é sobre cinema, livros e TV. Mas sem cerveja, ok?!
FacebookTwitter
Para receber os artigos do PdB por email e ficar por dentro de tudo que rola em nosso boteco, basta inserir seu contato abaixo e, pronto! Os melhores artigos, servidos de bandeja para você, da maneira mais cômoda e prática da internet:


>

0 comentários:

Share