8 de out de 2013

Grey's Anatomy - 10×03 - Everybody’s Crying Mercy





“...you can cry mercy all you want, but nobody is listening. It’s just you screaming into a void...” / "você pode chorar por misericórdia o quanto quiser, porque ninguém está escutando. É apenas você gritando para o vazio..." 

O que dizer desse episódio? Apesar da morte da Mac ainda ser lembrada, parece que as coisas começam a voltar ao normal – considerando que estamos falando do normal de Grey’s, então... Acredito que Owen tenha se destacado nesse episódio, foi bom vê-lo administrando o hospital e foi mais lindo ainda vê-lo “seguir” a sugestão do Jackson de transferir os pacientes, transferindo (de mentirinha, mas... tá), o paciente do próprio Jackson. Por coisas assim que Owen sempre terá espaço em meu coração. 

Aliás, Owen e Cristina, babou de vez. E, por mais que me doa, ao que parece esse casal não vai pra frente e agora, sabendo que a atriz deixará a série, fica a certeza de que foi bom enquanto durou. Estou falando isso, mas não tenho tanta certeza se vou conseguir me desapegar da Cristina, meu personagem preferido no mundo das séries e... Melhor parar de falar isso antes que a depressão comece.


Vamos falar dos internos? Não que eles façam qualquer diferença, mas estão lá, né? Tá, mas... o que tem pra falar deles? Hum...Ah! A nova namorada do Karev. Sério, entendi nada, absolutamente nada. Episódio passado, a garota tinha acabado de morrer e ela lá querendo dar pra ele em qualquer armário vazio, daí agora, quando soubemos ter passado uma semana, eles ainda não consumaram o relacionamento? Ah, sério? Beleza, se a Shonda queria explorar esse clichê do ‘precisa ser especial’, podia ter começado com ele. 

Continuando com os internos, o Ross teve destaque e por um segundo – ou menos – eu quase gostei dele. A cena dele com o eterno Chief foi boa, mas eu acho que o ator não é bom, ele não me convence. Acredito que a Shonda o tenha feito culpado para vê-lo crescer, mas eu ainda não acredito no personagem, no ator, na história, enfim... 

A interna bitch me decepcionou nesse episódio. Ela, com aquela cara de I-don’t-care, ter crise de consciência por conta de uma traição da paciente? Ok, me deu um frio na espinha quando a Callie disse que ela devia falar a verdade e que iria garantir que ela o fizesse. Seria muito mesquinho da parte dela e eu realmente não queria vê-la dessa forma, mas no final, ela voltou atrás. Aliás, vê-la ir à sessão de terapia com a Arizona só pra dizer que não ia (hahaha), foi bom. É que, pra mim, todo castigo pra Arizona é pouco, principalmente porque ela está com essa postura de que ‘as coisas vão se acertar’, mas eu já gostei muito do casal, gostei de como elas se desenvolveram, lembro da época em que elas eram exemplo de casal na série, então estou com sentimentos contraditórios.


Kepner passou no exame! Não que eu duvidasse que isso aconteceria, mas foi legal. Ok, ela é insuportável, mas eu já a detestei mais. Gostei da cena em que o Avery vê o resultado para a Kepner, mas principalmente, gostei de vê-la brincar com a relação dos dois, quase como se estivesse amadurecendo. A quem eu quero enganar? No episódio passado, ela tomou um pé na bunda e correu pra pedir o namorado gato e sem sal em casamento. Mas, considerando que o Avery tá pegando a interna líder de torcida sem graça, me faz pensar que eles ainda tem esperança. 

Sobre o Chief...Aquele não é o Richard, gente. É óbvio que ele falou aquilo em um momento de descontrole por causa da sonda. Mas, foi tão lindo ver a cara da Meredith, que ficou naquele drama tremendo de "Oh, por que ele não me avisou?” ou “Eu não sou a família dele” (hahaha). E o que falar da grand finale? Beijos, Meredith.

E você, curtiu o Pop de Botequim e quer colaborar com o blog? Se gosta de cultura pop, aprecia escrever e quer ser lido, não perca tempo e mande já um email pra gente! Vai ser um prazer ter você em nosso botequim! Entre em contato já e saiba como participar! Aguardamos seu contato através do nosso email: popdebotequim@gmail.com
Leandro Faria  
Você curte cultura pop e também quer dividir suas impressões com o resto do mundo? Se gosta de escrever e está preparado para ser lido, entre em contado conosco através do email popdebotequim@gmail.com e teremos o maior prazer em publicar suas críticas e textos sobre o mundo pop. Não perca tempo e venha já fazer parte da nossa equipe!
FacebookTwitter



0 comentários:

Share