16 de nov de 2013

American Horror Story: Coven - 03x04 - Fearful Pranks Ensue / 03x05 - Burn, Witch. Burn!




Eu me atraso com American Horror Story: Coven e sou brindado com dois excepcionais episódios na sequência, é isso produção? Porque sim, é impossível não gostar de Fearful Pranks Ensue e de Burn, Witch Burn!. Acredito que somente agora vimos exatamente para onde esse terceiro ano da série se encaminha e, por isso mesmo, não há como não se empolgar. Vem guerra pela frente, meu povo. E de várias frentes!

Com Fiona agindo ao seu bel prazer, matando e tocando o terror, conhecemos o conselho das bruxas. E, entre seus membros, Myrtle Snow, personagem de Frances Conroy, atriz sempre presente em AHS. Bruxa da mesma geração de Fiona, Myrtle foi a única a perceber que a atual Suprema foi a responsável pela morte de sua antecessora e suspeita de que seja dela também a culpa do "sumiço" de Madison. O problema de se envolver com uma bruxa poderosa como Fiona, mesmo com ela estando um tanto quanto fragilizada pelo surgimento de uma futura nova Suprema, é que você pode acabar se queimando. Ou queimada.

E como o Halloween é sempre bem comemorado com episódios espetaculares em AHS, aqui também não foi diferente. Revoltada com a morte do Minotauro, a rainha da magia vodu quebra uma antiga trégua com as bruxas e decide se vingar de Fiona e seu clã. E o que é melhor para uma vingança do que um exército de zumbis, incluindo aí as filhinhas adoráveis de Mary Todd?


Quem também se meteu em encrenca foi Cordélia. A filha de Fiona, tão diferente da mãe, acaba sendo atacada com um ácido na cara e está, aparentemente, cega. O que chega a ser irônico, já que só depois que isso aconteceu ela conseguiu "enxergar" a realidade sobre seu marido, um safado sem vergonha, aparentemente serial killer de moças apaixonadas. Bizarro. Mas estamos falando de AHS, então, isso é praticamente redundância.

Com FranksKyle à solta pelo mundo, nada mais resta a Zoe a não ser arregaçar as mãozinhas poderosas e salvar o clã da ameaça zumbi (depois, é claro, de arrasar no massacre com uma serra elétrica! Cool!). O que acho muito é que a mocinha tem de tomar MUITO cuidado, já que com a revelação de que Madison não poderia ser a próxima Suprema e com o grande poder demonstrado pela personagem, logo, logo, Fiona pode atentar para o óbvio.



Com o ressurgimento de Misty na cena final, trazendo Myrtle Snow de volta das cinzas, podemos esperar sérios problemas para Fiona nos próximos capítulos. Afinal, a vilãzona de Jessica Lange é odiada por bruxas vodus, por membros queimados do conselho e, certamente, por mais uma penca de personagens. Não preciso ser nenhum tipo de bruxo para prever que isso vai dar muita merda nos próximos episódios... 

Alguém duvida?

E você, curtiu o Pop de Botequim e quer colaborar com a gente? Se gosta de cultura pop, aprecia escrever e quer ser lido, não perca tempo e mande já um email pra gente! Vai ser um prazer ter você em nosso botequim! Entre em contato já e saiba como participar! Aguardamos seu contato através do nosso email: popdebotequim@gmail.com

Leandro Faria  
Leandro Faria, do Rio de Janeiro, fruto da década de 80, viciado em cultura pop em geral. Como vício bom a gente alimenta e compartilha, estou aqui para falar de cinema, televisão, música, literatura e de tudo mais que possa (ou não) ser relevante. Por isso, puxe a cadeira, se acomode e toma mais um copo, porque papo bom a gente curte é desse jeito!
FacebookTwitter

0 comentários:

Share