19 de nov de 2013

American Horror Story: Coven - 03x06 - The Axeman Cometh




Em Coven absolutamente tudo pode acontecer. O bom de um roteiro com pitadas sobrenaturais é que um série pode se dar ao luxo de matar e ressuscitar personagens quando bem entende. O engraçado, nesse caso, é que isso casa completamente com a premissa desse terceiro ano de American Horror Story e não parece forçado ou ridículo. No mundo de Coven tudo é possível.

E se estávamos com saudade de Madison, a bela sobrinha de Julia Roberts, ela está de volta diretamente da escuridão. Dando uma de detetives, as bruxinhas comandadas por Zoe descobriram o paradeiro do corpo apodrecido de atriz de cinema e, com uma singela ajuda de Misty, trouxeram-na de volta. Para o futuro desespero de Fiona que está como corna nessa história toda, sem saber de absolutamente nada.

Falando especificamente sobre o Axeman do título do episódio, fomos de cara apresentados ao Homem do Machado, uma espécie de espírito assassino de mulheres que não curtiam jazz. O espírito assassino acabou aprisionado na mansão das bruxas quando, atraído para lá em 1919, se viu em uma verdadeira emboscada de morte. Apenas quando Zoe precisou de uma forcinha do além é que ele teve a chance de se manifestar com mais intensidade e acabar tocando o terror pra cima da pobre Cordélia.


Cordélia, aliás, ficou cega, mas ganhou o dom da visão. Ou seja, todo cuidado é pouco com a diretora da Hogwarts New Orleans, já que basta um toque para que ela veja até aquilo que não quer. Minha dúvida, entretanto, é quem a atacou com o ácido. Apesar de acusada, sabemos que não foi Myrtle. A outra suspeita óbvia, a bruxa vodu Marie, aparentemente também não tem nada a ver com essa história. Quem será?

Falando em Marie, foi graças a ela que descobrimos a verdadeira identidade do marido de Cordélia: um caçador de bruxas infiltrado no covil de suas presas. O que entendemos porém, é que ele realmente se apaixonou por Cordélia e, agora que Marie quer a cabeça de todas as bruxas, ele se encontra numa situação pra lá de delicada.

Mesmo rapidamente, FranksKyle surgiu, voltando para a cabana de Misty, que estava lá, toda linda adubando o corpo ressucitado de Myrtle. Eu sempre digo, mas não me canso: bizarro!

Com Fiona se tratando do câncer em nome da filha e querendo um último amor para sua vida, foi tenso o encontro dela no bar com o Axeman. Que casal dos infernos esses dois formariam, não? Será?
E você, curtiu o Pop de Botequim e quer colaborar com a gente? Se gosta de cultura pop, aprecia escrever e quer ser lido, não perca tempo e mande já um email pra gente! Vai ser um prazer ter você em nosso botequim! Entre em contato já e saiba como participar! Aguardamos seu contato através do nosso email: popdebotequim@gmail.com

Leandro Faria  
Leandro Faria, do Rio de Janeiro, fruto da década de 80, viciado em cultura pop em geral. Como vício bom a gente alimenta e compartilha, estou aqui para falar de cinema, televisão, música, literatura e de tudo mais que possa (ou não) ser relevante. Por isso, puxe a cadeira, se acomode e toma mais um copo, porque papo bom a gente curte é desse jeito!
FacebookTwitter

0 comentários:

Share