14 de nov de 2013

Pop 5ive: Filmes Imperdíveis de Temática GLS




A lista de filmes com temática gay que passam à margem do grande circuito de cinemas das grandes cidades, mas que valem muito à pena serem vistos, é extensa, tanto que eu poderia selecionar uns 20, mas como nosso cantinho limita-se à uma pequena lista de 5, fiz um esforço pra selecionar os melhores dentre os melhores e, talvez, ainda esteja sendo injusto. Meu consolo é que sobra material pra, quem sabe um segundo, terceiro ou até mesmo quarto Pop 5ive sobre o mesmo assunto.

A bem da verdade, esse não é o primeiro Pop 5ive com dicas de filmes GLS bem legais. Nosso amigo Bruno já falou sobre o assunto aqui, mas sua lista ateve-se a filmes mais comerciais, que chegaram a concorrer até mesmo ao Oscar. 

Nessa lista em especial, falarei sobre as películas mais alternativas, aquelas conhecidas em sua maioria somente pelo público ao qual se destina. Embora eu ache que quando um diretor decide fazer um filme ele pense na emoção que causará no ser humano, independente de sua condição sexual. Mas, como somos criaturas limitadas, presas a rótulos e conceitos tolos, muitas vezes perdemos a chance de nos deixar tocar pelos mais sublimes sentimentos que se incorporam nas mais diversas formas de arte.

Você, leitor inteligente e livre de preconceitos do PdB, acomode-se e bote fé, que as dicas à seguir são sensacionais:

Teus Olhos Meus


É um drama nacional independente, que participou de festivais e ganhou prêmios em São Paulo e Los Angeles. O surpreendente em Teus Olhos Meus é que, apesar da precariedade da produção, é bem feito e lindo de se ver. 

Com uma história tocante e diálogos cheios de poesia, acompanha-se com olhos atentos e emocionados o desenrolar de um encontro de almas, as almas de Gil e Otávio, que separadas por um destino cruel reencontram-se pra se completar e seguirem seus caminhos inteiros. 

O primeiro longa do jovem diretor Caio Sóh trás uma dupla de protagonistas desconhecida do grande público, Emílio Dantas (Gil) e Remo Rocha (Otávio), que encanta pela naturalidade e veracidade que vivem seus personagens, mas tem em seu elenco de coadjuvantes nomes bem famosos como Paloma Duarte, Jayme Matarazzo, Graziella Schimitt, Cláudio Lins, Juliana Lohman, Roberto Bontempo e a ex-rebelde Lua Blanco. A trilha-sonora assinada por Maria Gadú, que também faz uma participação no filme, é maravilhosa. 

Dramático e surpreendente, o difícil é segurar as lágrimas, prepare seu lencinho!

Caubóis e Anjos (Cowboys & Angels)


O mais adorável da lista, Caubóis e Anjos é leve, terno, com uma pitada de ação e suspense. É a história de Shane, um garoto hétero comum de 20 anos, que vive em Dublin, tem um emprego burocrático do qual não gosta e sonha estudar em uma escola de arte, pois é um artista sensível com grande talento pra pintura. Porém, o comodismo e a falta de incentivo familiar para seguir seus sonhos o fazem levar uma vida totalmente desprovida de graça e emoção. 

Tudo muda quando Shane decide sair de casa e vai dividir apartamento com Vincent, um garoto gay de 20 anos, estudante de moda, cheio de vida, estilo e glamour. Totalmente desprovido de preconceitos, Shane trava uma bonita amizade com Vincent, mas se perde pelo caminho, envolvendo-se com traficantes de drogas na ânsia de realizar seus sonhos, o que põe em cheque sua sincera relação com Vincent, que trás o amigo de volta à realidade, pintando assim um honesto e verdadeiro retrato da amizade que, entre brigas, festas e confusões, supera tudo. 

Filme lindo e inspirador sobre correr atrás de seus sonhos e a importância de ter alguém que te impulsione à realizá-los. Apaixonante!

Como Esquecer


Brasil bombando na nossa listinha babadeira! Como Esquecer é mais uma produção nacional que conta a delicada história de Júlia, vivida pela bela e sumida Ana Paula Arósio, que simplesmente arrasa na pele da deprimida professora de literatura que entra num processo emocional destrutivo após o término de seu relacionamento de 10 anos com Antônia. 

Para sair da profunda tristeza, Júlia aceita o convite do melhor amigo Hugo (Murilo Rosa), que se recupera da recente morte de seu amado companheiro, para dividir o mesmo teto com ele e a maluquete Lisa (Natália Lage), que foi abandonada grávida pelo namorado. Juntos, os três, cada um a seu modo, terão de curar suas feridas, contando apenas com o carinho e a amizade um do outro. Nessa jornada, enquanto Hugo e Lisa começam a dar novos rumos às suas vidas, Júlia se divide entre entregar-se à uma nova paixão ou remoer até a última gota o fim de seu romance do passado. 

Belo filme de Malu de Martino, cheio de sutilezas e reflexões sobre a vida depois do amor. Do you believe in life after love?   

Clapham Junction 


Drama britânico feito para a televisão, Clapham Junction é provocante e perturbador, toca na ferida do preconceito velado, da falsa aceitação e da hipocrisia social quando o assunto é homossexualidade ainda no século XXI. 

Uma história tensa e sensual que passa pela vida de diversos personagens, aparentemente sem nenhuma ligação, mas que se cruzam todos no final, tecendo uma surpreendente e emocionante colcha de retalhos. 

Um filme cru, verdadeiro, melancólico e chocante.

Má Educação (La Mala Educación)


Fechando com chave de ouro, não poderia faltar o cinema do fabuloso Pedro Almodóvar, que tem títulos magníficos, quase todos com essa temática. Mas Má Educação é algo de primoroso, único e riquíssimo. 

Ignácio e Enrique se amaram na infância quando estudaram no mesmo colégio de padres, onde o pedófilo Pe. Manolo abusava sexualmente de Ignácio. Separados por uma armação do padre, os garotos se reencontram anos depois já adultos. Enrique é um famoso cineasta em crise de inspiração e Ignácio, um ator em busca de um grande papel no cinema. Com um roteiro embaixo do braço, Ignácio cerca Enrique de todas as formas para que realize o filme com ele no papel principal. Envolvido e seduzido pela possibilidade de retomar a carreira com um grandioso filme e seu amor do passado, Enrique se entrega sem reservas à sua paixão de infância e tudo parece perfeito, mas nada é o que parece. 

Surpresas incríveis, reviravoltas, roteiro impecável cheio de nuances explorados à perfeição e as exuberantes cores de Almodóvar. 
___

Fechamos assim, mais uma lista, pessoal e instransferível (mas sempre dividida) do Pop 5ive. Será que em breve pinta uma continuação dela por aqui? Quem viver, verá!
E você, curtiu o Pop de Botequim e quer colaborar com a gente? Se gosta de cultura pop, aprecia escrever e quer ser lido, não perca tempo e mande já um email pra gente! Vai ser um prazer ter você em nosso botequim! Entre em contato já e saiba como participar! Aguardamos seu contato através do nosso email: popdebotequim@gmail.com

Leandro Faria  
Esdras Bailone: leonino, romântico, sonhador, estudante de letras, gaúcho de São Paulo, apaixonado-louco pelas artes e pelas gentes.
FacebookTwitter

3 comentários:

Ariadny Theodoro disse...

Anotei todos.
O Pedro é meu xodó, não existe nada dele que eu não tenha amado <3

Parabéns, post incrível e totalmente diferentes das listinhas divulgadas por ai.

Leandro Faria disse...

Post incrível. Acho que um dos melhores Pop 5ives desse blog, sinceramente.

O que dizer? Eu já estou com Teus Olhos Meus separados para assistir nesse fds, graças à sua indicação.

Excelente trabalho, Esdras!
;-)

Esdras disse...

Oh, thanks darlings. Logo vem mais por aí. Aguardem!

Share