25 de dez de 2013

Pop Séries: Pretty Little Liars




Com o sucesso de Gossip Girl e de The Vampire Diaries, duas séries de televisão com temática adolescente baseadas em livros, foi a vez o canal ABC Family apostar na fórmula e lançar Pretty Little Liars. Inspirada na série literária da autora Sara Shepard, PLL, como a série é conhecida pelos fãs, conta a história de um grupo de amigas envoltas num misterioso caso de desaparecimento/assassinato. 

Um ano depois do desaparecimento de Alison DiLaurentis (Sasha Pieterse), Aria Montgomery (Lucy Hale) retorna a Rosewood, pacata cidade americana, após um período vivendo fora com seu irmão e pais. Com o retorno de Aria, as quatro melhores amigas de Alison estão novamente reunidas. Emily Fields (Shay Mitchell) é uma nadadora talentosa do colégio, que tenta aceitar a própria homossexualidade que ainda não entende bem; Hanna Marin (Ashley Benson) é a ex-gordinha que se tornou popular; e Spencer Hastings (Troian Belissario) é a competitiva e dedicada amiga que tem o hábito de se envolver com os namorados da irmã mais velha, Melissa (Torry DeVitto). 

As belas garotas, entretanto, escondem muitos segredos que não podem vir à tona. Alison sempre foi a mentora do grupo, a queen bee das amigas. Apesar de seu temperamento difícil, que fazia das amigas verdadeiras servas, ninguém nunca ousou desafiá-la. Com seu desaparecimento e possível morte, as amigas têm de viver com o peso de seus segredos.


Mas é então que surge A., alguém onipresente e que conhece todos esses segredos, e passa a ameaçar as jovens através de mensagens e recados assinados com a primeira letra do alfabeto e um ponto, exatamente como Alison fazia. Aos poucos vamos nos familiarizando com o clima de segredos e mentiras que ronda a série e ficando mais e mais curiosos, afinal, o que realmente aconteceu com Alison? Quem seria A.? É possível tantos segredos nunca virem à tona? 

Junte a todo esse mistério os (des)enlaces amorosos das protagonistas e a diversão está garantida. Jovens e com os hormônios em ebulição, as personagens principais de Pretty Little Liars trocam de interesses amorosos como mudam de roupa. E, por mais incrível que possa parecer, você continua torcendo e se apegando a elas, apesar de seus muito defeitos e decisões estúpidas. Afinal, não importa que você tenha um stalker-possível-assassino seguindo seus passos, você quer é beijar na boca e namorar, mesmo que não saiba bem com quem. 

Como é comum quando produções baseadas em livros chegam à televisão, apenas o mote principal da história foi mantido e muitas diferenças são apontadas entre a série e os livros. Por isso, apesar de pipocarem suposições a todo o momento sobre a verdadeira identidade de A., o mais provável é que os roteiristas da série busquem surpreender o público, modificando especialmente essa parte da história.


Surgindo como uma série de mid season, como são chamadas as séries americanas que estreiam no período em que as grandes emissoras estão preparando sua grade de programação para o próximo ano (que lá começa em setembro, com os lançamentos oficiais), Pretty Little Liars surpreendeu ao conquistar um público fiel, o que ocasionou a renovação da série para mais temporadas, além do aumento de número de episódios para seu ano inicial. 

Atualmente em seu quarto ano, PLL fez tanto sucesso que originou até mesmo um spin-off, Ravenswood, uma série derivada da original, que se passa na cidade vizinha de Rosewood e que tem um clima bem mais sobrenatural do que a principal.

Apesar de direcionada ao público adolescente e exibida por uma canal “família” como diz o próprio nome do ABC Family, a série toca em assuntos polêmicos e merece elogios por tratar a homossexualidade da personagem Emily com naturalidade e verossimilhança. 

Com seus intrincados mistérios e mil segredos, Pretty Little Liars é um excelente programa para os fãs das séries e de um bom suspense. Vale à pena e cada teoria que você possa desenvolver enquanto assiste aos episódios.
E você, curtiu o Pop de Botequim e quer colaborar com a gente? Se gosta de cultura pop, aprecia escrever e quer ser lido, não perca tempo e mande já um email pra gente! Vai ser um prazer ter você em nosso botequim! Entre em contato já e saiba como participar! Aguardamos seu contato através do nosso email: popdebotequim@gmail.com

Leandro Faria  
Leandro Faria, do Rio de Janeiro, fruto da década de 80, viciado em cultura pop em geral. Como vício bom a gente alimenta e compartilha, estou aqui para falar de cinema, televisão, música, literatura e de tudo mais que possa (ou não) ser relevante. Por isso, puxe a cadeira, se acomode e toma mais um copo, porque papo bom a gente curte é desse jeito!
FacebookTwitter

0 comentários:

Share