7 de mar de 2014

Fim, de Fernanda Torres




A vida e seus caminhos, assim como a sua efemeridade. Uma hora estamos aqui e, em um piscar de olhos não estamos mais. Que histórias serão contadas sobre nós? Como seremos lembrados? É com maestria que Fernanda Torres estreia como escritora em seu primeiro romance, Fim, que, ironicamente, nos prende desde o seu começo. 

Chega a dar raiva, né? A mulher é filha da Fernanda Montenegro, é ótima atriz, comediante de mão cheia e ainda escreve bem? Pois sim, Fernanda Torres prova com Fim que a vida não é justa (ainda bem que ela não é linda, porque senão seria demais!). Mas quem ganha somos nós, leitores, que descobrimos na obra da autora-atriz uma história deliciosa, que nos acompanhará por todas as páginas de Fim e, mais, fica em nossa mente mesmo depois do livro já terminado. É ou não é um puta de um elogio?


A trama de Fim é simples: Álvaro, Sílvio, Ribeiro, Neto e Ciro são amigos de longa data, acostumados com as maravilhas da Cidade Maravilhosa. A sacada do romance de Fernanda Torres é ótima, ao começar a história a partir da morte de cada um desses personagens tão humanamente diferentes quanto qualquer grupo de amigos que você possa conhecer. E o fascinante é como a história de cada um acaba entrelaçada com a dos demais.

Dividido em seis partes, o livro se foca nos acontecimentos que culminaram na morte de cada um dos amigos, aproveitando para nos contar a história desse grupo tão díspar de amigos. Entretanto, apesar de cada parte ser centrada em um personagem, muitas vezes um dos demais rouba a cena, isso quando o destaca não acaba nas mão de algum coadjuvante intimamente ligado aos protagonistas.

Com uma escrita fina e conseguindo tirar graça da melancolia, Fernanda Torres se apresenta como uma autora que merece nossa atenção e que, certamente, fará ainda mais barulho em trabalhos futuros. Seu texto é primoroso e o livro é encantador, daqueles que a gente não quer se separar e vai meio que lendo devagar, apesar de querer saber como a história vai terminar, apenas para apreciar a obra e não ter de largá-la.

Diversão de ótima qualidade, Fim é um começo e tanto (olha a piadinha infame de novo dando as caras nesse texto) para a carreira de uma autora que ainda tem muito a apresentar. Mais do que recomendado, é um livro necessário para quem aprecia uma boa história, recheada de emoção e nostalgia, totalmente passado pelas paisagens cotidianas do Rio de Janeiro. Não perca tempo: se ainda não leu, corra logo para conferir!

Fim
Autora: Fernanda Torres
Páginas: 208
Editora: Companhia das Letras
E você, curtiu o Pop de Botequim e quer colaborar com a gente? Se gosta de cultura pop, aprecia escrever e quer ser lido, não perca tempo e mande já um email pra gente! Vai ser um prazer ter você em nosso botequim! Entre em contato já e saiba como participar! Aguardamos seu contato através do nosso email: popdebotequim@gmail.com

Leandro Faria  
Leandro Faria, do Rio de Janeiro, fruto da década de 80, viciado em cultura pop em geral. Como vício bom a gente alimenta e compartilha, estou aqui para falar de cinema, televisão, música, literatura e de tudo mais que possa (ou não) ser relevante. Por isso, puxe a cadeira, se acomode e toma mais um copo, porque papo bom a gente curte é desse jeito!
FacebookTwitter

1 comentários:

juliano cesar de oliveira disse...

Oi adorei sua resenha!.. muito obrigado...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
busca.livrariasaraiva.com.br/saraiva/Reverso
www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

Share