26 de mar de 2014

Primeiras Impressões: Intelligence





Eis que surge mais uma série de ficção futurista nas telas americanas, Intelligence que teve sua estreia em janeiro desse ano, pela rede americana CBS, e traz de volta à ação Josh Holloway, o eterno Sawyer de LOST.

A série nos traz Gabriel Vaughn (Holloway), um ex-fuzileiro da Força Delta, que se torna a arma secreta mais valiosa da história americana. Isso se deve por conta de Gabriel ter implantado em seu cérebro um microchip te alta tecnologia, que lhe dá acesso à rede mundial de informações. A razão para Gabriel ter aceitado participar do projeto é um clichê comum neste formato de série: sua esposa é dada como desaparecida e também como conspiradora do governo, tendo facilitado um atentado terrorista. Logo, Gabriel tem como objetivo achar seu grande amor e provar a sua inocência. Porém, sua missão não parece ser tão fácil assim.

Por ter um temperamento difícil e tomar decisões não tão coerentes como devia, Lillian Strand (Marg Helgenberger, a eterna Catherine, de CSI), a diretora da base cibernética que comanda as missões de Gabriel, recruta a jovem e atraente agente Riley (Meghan Ory), do serviço secreto, para ser a protetora de sua poderosa arma secreta.


O fato é que a série tem um visual estético muito bom, porem, não é inovadora, seguindo os mesmos clichês básicos deste formato. Não que isso seja um defeito, entretanto, para ter sobrevida a série precisará de um roteiro mais profundo e coerente. A trama deve ser mais desenvolvida, a construção dos personagens necessita de um cuidado maior. Além disso, falta química no elenco.

Claro que não dá para crucificar a série analisando apenas seu primeiro episódio. Sendo assim, por mais que o episódio inicial de Intelligence tenha deixado a desejar em termos de novidade e ousadia na fórmula, o carisma de Holloway aliado à expectativa de que uma sintonia mais fina no roteiro possa ocorrer com uma sequência de episódios, espero que possa ter um aprofundamento nos personagens e que tenha um clímax maior do que o mostrado até agora.


A série não tem previsão de chegada ao Brasil, e nem a garantia de uma segunda temporada em solo americano. Fica a nossa torcida para que Intelligence tenha bons números de audiência, melhore consideravelmente seu roteiro e possa logo aparecer por aqui.
E você, curtiu o Pop de Botequim e quer colaborar com a gente? Se gosta de cultura pop, aprecia escrever e quer ser lido, não perca tempo e mande já um email pra gente! Vai ser um prazer ter você em nosso botequim! Entre em contato já e saiba como participar! Aguardamos seu contato através do nosso email: popdebotequim@gmail.com

Leandro Faria  
Artur Lima: aficionado por cinema, música, seriados e livros, não nesta ordem, apaixonado por dias frios e chá. Estudante de Comunicação Social, acha que sabe de tudo e sonha em trabalhar com cinema.
FacebookTwitter

0 comentários:

Share