24 de abr de 2014

Deu Branco - Cenas Improvisadas, com Lucas Salles, Raphael Ghanem, Victor Lamoglia e Vitor Thirè




Terça-feira, plena véspera de feriado no Rio de Janeiro e qual a boa? Sem nenhum programa agendado ou plano definido, aceitei o convite de um amigo que me chamou para conferir uma peça no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea. Qual peça?, eu perguntei. Deu Branco, ele respondeu. Oi, como assim?, foi minha reação, ao que ele explicou: Deu Branco, o nome da peça é Deu Branco. Eu ri, né? E decidi conferir!

Estrelada pelos jovens atores Lucas Salles, Raphael Ghanem, Victor Lamoglia e Vitor Thirè, a peça é, em si, uma grande brincadeira. Sabe aqueles jogos de improviso que, tempos atrás ganharam até mesmo uma versão televisiva em um programa da Band? Então, a peça é apenas isso. Tirando dois esquetes iniciais, que apresentam os convidados da noite, o tempo se desenrola com um apresentador que guia os atores em uma série de brincadeiras de improviso que, acreditem, arrancam boas gargalhadas do público.

Em uma noite atípica, graças ao feriado carioca de São Jorge no dia seguinte, a última terça foi bastante inspirada para os atores da peça e para a plateia. Pra começar, ao chegar ao teatro uma fila monstro nos aguardava e a lotação da sessão foi quase como um balde d'água fria em todos que não conseguiram lugares. Mas, atentos, a produção e os atores resolveram fazer uma segunda sessão no mesmo dia, emendada na primeira, apenas para que todo mundo pudesse curtir a apresentação de Deu Branco - Cenas Improvisadas. E ainda bem que fizeram isso, já que eu fiquei para o segundo round do espetáculo.


Com a série de jogos de improviso, os garotos usam e abusam da participação da plateia, fazendo do espetáculo dinâmico e essencialmente diferente a cada dia. Assim, sobra gracinha pra pessoas aleatórias e alguma vergonha alheia para alguns incautos. Mas, o carisma e o bom humor da trupe de atores e seus convidados é irresistível para qualquer um, mesmo que você corra risco de ser sacaneado durante a peça. Ainda bem que não fui!

Dessa forma, preciso dizer que me surpreendi com a versatilidade dos atores. Jovens e com um enorme carisma junto ao público adolescente (o teatro - e o shopping! - estava cheio de adolescentes histéricas pelos meninos), Lucas, Raphael, Victor e Vitor surpreendem pelo timming cômico e pelas inúmeras piadas que surgem numa velocidade incrível durante toda a peça. 

Apesar da pouca idade, os garotos dominam palco e plateia, fazendo de Deu Branco um verdadeiro show de humor, com uma qualidade que falta em muitas comédias: sendo engraçados!

Por isso, se não sabe o que fazer para se divertir no meio da semana, programe-se de prestigie os meninos do Deu Branco - Cenas Improvisadas. O Teatro das Artes é um charme, dentro do Shopping da Gávea, e a peça está em cartaz por lá toda terça-feira, às 21h. Não perca!

Serviço:
Deu Branco - Cenas Improvisadas
Teatro das Artes - Shopping da Gávea
Temporada: de 15 de abril a 03 de junho
Horário: Terças-Feiras, às 21h

Leandro Faria  
Leandro Faria, do Rio de Janeiro, fruto da década de 80, viciado em cultura pop em geral. Como vício bom a gente alimenta e compartilha, estou aqui para falar de cinema, televisão, música, literatura e de tudo mais que possa (ou não) ser relevante. Por isso, puxe a cadeira, se acomode e toma mais um copo, porque papo bom a gente curte é desse jeito!
FacebookTwitter

0 comentários:

Share