20 de jun de 2014

Primeiras Impressões: Crossbones




Uma série de pirata com o lendário Barba Negra, interpretado por John Malkovich, parece ser extremamente interessante. E eis que o canal NBC embarcou neste projeto e produziu Crossbones, que estreou nas telas norte americanas em 30 de maio.

A trama se passa no período pós-sucessão Espanhola, quando o desemprego estava em alta, o que resultou em um aumento em massa dessa maneira ilegal de se ganhar a vida. Era o império Britânico quem regia o mundo através de sua potente frota marinha, uma força militar que dominava os setes mares e, a fim de aumentar ainda mais seus domínios, o reino britânico desenvolve um dispositivo para explorar os mares com mais precisão e, assim, conquistar novas terras.

Contudo, o mar não é plenamente seguro, visto que os navios são constantemente atacados por piratas e o maior e mais brutal deles é Barba Negra, que busca colocar as mãos no dispositivo construído pelos ingleses.

Dada a premissa básica da trama, somos apresentados aos personagens que centralizam a história. O temível Barba Negra é interpretado por John Malkovich, com o ator dando vida a um pirata não tão assustador quanto imaginávamos, ao ponto de seu personagem assemelhar-se mais a um guru do que a um pirata propriamente dito.

Seu antagonista é Thomas Lowe, interpretado por Richard Coyle. Lowe é o médico da embarcação que transporta o dispositivo que é a cobiça de Barba Negra. Mas o médico tem uma missão secreta que é, na verdade, impedir que o desalmado pirata consiga usurpar o dispositivo.


O roteiro de Crossbones peca em vários aspectos: não cria uma empatia entre os personagens, a construção da trama é fraca e, por fim, recorre a cenas de ação sem necessidade, deixando a impressão clara da falta de criatividade para sustentar a trama. Em determinados pontos do episódio piloto, ficamos com a sensação de completa ação combinada, isto é, as cenas parecem falsas demais e não convencem o telespectador.

Além disso, a caracterização dos personagens e a construção dos cenários parecem não ter sido bem explorados pela NBC, deixando uma sensação de descuido na produção, como se tivessem sido feito arranjos de último momento.

Crossbones necessita apresentar muito mais do que foi visto no seu primeiro episódio. Do contrário, não se perpetuará muito tempo na grade da NBC, o que é uma pena. Afinal, uma série de pirata estrelada por John Malkovich teria tudo para dar certo. Teria!

Leandro Faria  
Artur Lima: aficionado por cinema, música, seriados e livros, não nesta ordem, apaixonado por dias frios e chá. Estudante de Comunicação Social, acha que sabe de tudo e sonha em trabalhar com cinema.
FacebookTwitter

0 comentários:

Share