16 de jun de 2014

#VergonhaAlheia - Ano II - #08




E aí, minha galera favorita! Como vocês estão? Bem? Eu não, tô com um resfriado do caramba, mas não podia deixar de vir ao boteco contar pra vocês o que rolou na semana passada (isso se eu não morrer na frente do computador antes...)

Vamos??

Galera, Andressa Urach já pode pedir música no Fantástico, viu? A apresentadora do Muito Show, da RedeTV, fez mais uma vergonha e é a primeira a aparecer aqui no #VergonhaAlheia por três semanas consecutivas, acreditam??? 

Depois de tentar se vestir como Tempestade e Mística, Andressinha resolveu ser ela mesma e recepcionar Cristiano ai meu coração Ronaldo seminua. É mole? Sim, Andressa fez isso: foi com uma calça legging, tênis e pintou a parte de cima nas cores da seleção do craque. 

Tudo isso por quê? Ela não esqueceu o suposto affair que diz ter tido com Cris no ano passado. Ah, mais um detalhe: a produção do programa disse pra ela vestir um shortinho e Andressa brecou na hora porque, palavras dela, já estava praticamente pelada, ainda ia de shortinho

Meu amor, faça me o favor, né? O que é um shortinho na mídia pra quem trabalha na RedeTV e expõe os mamilos pintados assim? Que preguiça, hein! Andressa, você tá achando que é assim que vai conquistá-lo? Eu, hein! E outra, você estava bem melhor como Tempestade e Mística, amiga, apareça menos vezes como você mesma, nós não somos obrigados, viu? Beijo na alma!

Agora, parem as máquinas, esqueça a panela de feijão no fogo e deixe a torneira ligada. Tudo isso porque Romero Britto fez mais uma das suas! O quê? Ele fez um quadro do Neymar Jr. 

Aí vocês me perguntam: "Sério, Glauco?" e eu respondo: SERÍSSIMO! Cata só:




Que alegria, hein? Não, não mesmo! Romero Britto entregou o quadro para o glorioso Neymar (palavras do Faustão), que estava acompanhado de Parreira. Carlos Alberto Parreira, que também é pintor (sabiam?) aprovou o quadro, chamando-o de "belo". Só se for o Belo "cantor", porque sei não, Neymar ficou bem estranho, parecendo a Ana Maria Braga, enquanto Romero está a cara do David Brazil. 

Tá puxado ser brasileiro, hein! Vou te contar uma coisa... Agora olhem bem pra cara do Neymar. Ele tá com cara de quem gostou ou não?

Por falar em cara, nesse caso de quem comeu-e-não-gostou-e-falou-besteira-em-rede-nacional foi Anitta, dona do hit Show Das Poderosas. Anitta, a nova Kelly Key que ninguém admite, fez um depoimento em vídeo para o Encontro com Fátima Bernardes, reclamando da falta de homens héteros, porque os amigos dela são gays e que ser gay está na moda.


Poxa, Anitta, tu errou feio aí, hein, errou rude! Ser gay não está na moda; fazer plástica, sim, viu? Que história é essa?! Aí te jogam latinha em show e você vai ficar toda revoltadinha no Instagram e coisa e tal, fazendo draminha e essas coisas. 

Mais pra frente ela disse que precisa de homens sinceros porque é uma bomba de sinceridade. Tá vendo? É por isso que está solteira até hoje! Uma coisa é ser sincera, a outra é falar sem pensar, entendeu? Como você vai corrigir isso aí eu não sei, mas acho difícil, difícil! 

O que também foi difícil de aguentar foi a abertura da Copa do Mundo 2014 (pensaram MESMO que eu ia deixar de falar disso? Nunca!)

Resumindo? Foi um fiasco. Eu assisti depois no YouTube porque tinha perdido a hora, mas o que eu assisti ao vivo foi a "música". Quando eu ouvi o assovio de We Are One, saí correndo pra sala pra ver a desgraça pessoalmente. E eu vi, eu presenciei! 

Aqui está só a apresentação, pra vocês entenderem o que eu vou falar:


Primeiro: colocaram Cláudia Milk pra cantar um pedaço de Aquarela do Brasil. Por quê? Por pura pena, já que ela canta apenas quarenta segundos daquilo que é chamado de música oficial da Copa. 

Segundo: as câmeras valorizaram totalmente Jennifer Lopez (ou "JL", como disse o Galvão) e Pitbull. Mas Cláudia Leitte apareceu! Como? Forçando a amizade, ué! Reparem bem que ela corria atrás dos dois gringos e eles sempre viravam as costas pra ela, deixando a pobre no vácuo. Ficou parecendo aquelas crianças da primeira série que são loucas pra fazer amizade com as crianças da oitava, sabem? Pois bem. 

Terceiro: Ninguém sabia a letra, o que já era esperado. Mas a bem da verdade é que eu não tenho certeza se as pessoas sabiam a letra de Waka Waka, então fica aí a reflexão...

Aí os fãs vão virar pra mim e dizer: "Ah Glauco, mas ela usou uma roupa de R$ 2,7 milhões, cravejada de diamantes e cantou com duas estrelas da música pop." Tá, mas pra ser avulsa? Prefiro ganhar pouco e ter mais prestígio, viu... E eu não vou nem falar do playback, ok?

E teve mais, gente! Teve Patrícia Poeta bufando ao vivo, teve a imprensa internacional malhando a abertura da Copa, teve ator tomando banho de sal pra tirar urucubaca de personagem, teve mais, muito mais! Mas não dá pra colocar tudo aqui, o que é uma pena, mas que eu  nunca deixo de citar, porque sou desses.

Agora vou ficando por aqui, tomando uma mingau de fubá pra curar esse resfriado infeliz. Um beijo e um queijo pra vocês! 


Leia Também:
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, um espírito livre, observador do tempo, da vida e das muitas timelines da web. Sonha em ter muito dinheiro pra poder cair no mundo, aprender tudo o que puder. Acredita que jazz, blues, soul, pop, samba, pagode e erudito sejam as trilhas sonoras perfeitas para a vida que leva
FacebookTwitter

1 comentários:

Video Rec disse...

Tá faltando homem para encarar essa fabricada em consultório da perna fina igual a um grilo.

Share