30 de jul de 2014

Pop Séries: RuPaul's Drag Race





Reality show existe aos montes e de todos os tipos. Existem os clássicos, em que desconhecidos disputam prêmios em dinheiro em situações adversas. Existem aqueles em que as pessoas precisam mostrar suas habilidades e conquistar o público para sagrarem-se vencedores. E existe RuPaul's Drag Race, provavelmente um dos mais divertidos reality shows da televisão. Nunca ouviu falar? Pois é, bitches, está na hora de start your engines, porque você PRE-CI-SA conhecer essa "obra-prima" da televisão americana!

Atualmente com sete edições exibidas, o premissa do reality é simples: o famoso artista americano RuPaul, procura em um grupo de drag queens, a nova estrela drag da América. Claramente inspirado em America's Next Top Model, as concorrentes enfrentam provas diversas em que são testadas suas habilidades como drag queens, até que uma delas sagra-se vencedora.

O grande diferencial de RuPaul's Drag Race, entretanto, encontra-se no humor. Se o próprio RuPaul é uma figura interessante, com seu longevo sucesso nos EUA como drag queen, "as meninas" que competem pelo título de próxima estrela drag da América são excelentes. Afinal, um reality show é, por si só, um programa de barracos e intrigas. Agora, imagine um reality show povoado de homens que se vestem como mulheres e que destilam veneno a cada segundo em cima das demais participantes? É imperdível!


Em cada temporada, o seleto grupo de "competidoras" se supera e é impossível não torcer por determinadas participantes. E apegar-se a elas é tão fácil, que depois de quatro temporadas de sucesso, o programa investiu em uma edição All Stars, que trouxe de volta nomes marcantes dos quatro primeiros anos.

Isso sem contar no carisma de RuPaul, o responsável por esse reality encantadoramente brega e baphônico. Com uma larga experiência no mundo artístico (tendo em seu currículo músicas de sucesso, filmes e até um dueto com Elton John), RuPaul sabe criar situações junto às suas little drags e fazê-las render no programa, tanto durante a competição quanto nos momentos de eliminação. E acho incrível em como ele realmente trata as participantes como suas crias e parece se importar com cada uma delas.



Com uma estrutura simples, os programas sempre contam com uma prova relâmpago, a tarefa do dia, apresentação, indicados para a eliminação e eliminação. Entretanto, antes de mandar alguém para casa, RuPaul desafia as piores candidatas do dia com o "lip synk for your life", onde as drags tem de dublar para que ele decida quem merece uma nova chance no programa. Porque, convenhamos, o que se espera de uma boa drag é isso, né: dublar!

Com uma nova temporada anunciada e garantida para o ano que vem, não perca tempo. O Netflix tem as primeiras temporadas de RuPaul's Drag Race disponível para seus assinantes e, com cada ano do reality possuindo apenas poucos episódios (entre 09 e 16) é muito fácil assistir a todos em regime de maratona.

Por isso, caros amigos, não se furtem e sigam apenas uma vez o conselho de RuPaul: start your engines and the best woman WIN!

Leandro Faria  
Leandro Faria, do Rio de Janeiro, fruto da década de 80, viciado em cultura pop em geral. Como vício bom a gente alimenta e compartilha, estou aqui para falar de cinema, televisão, música, literatura e de tudo mais que possa (ou não) ser relevante. Por isso, puxe a cadeira, se acomode e toma mais um copo, porque papo bom a gente curte é desse jeito!
FacebookTwitter

1 comentários:

Esdras disse...

Seria interessante uma versão brasileira, não?

Share