16 de jul de 2014

Primeiras Impressões: Tudo Pela Audiência




E na última terça-feira, 15/07, aconteceu a tão proclamada estreia mundial do novo humorístico do canal por assinatura Multishow, Tudo Pela Audiência, com Tatá Werneck e Fábio Porchat. Com chamadas no ar desde abril, o humorístico prometia muito e, na noite passada, cumpriu com louvor tamanha badalação.

Tatá e Fábio, que dispensam qualquer apresentação, são mesmo impagáveis e reiteram o talento que todos já conhecem tão bem, agora, como apresentadores. Completamente à vontade, ambos nos deram uma prévia do que veremos de segunda à sábado, às 22:30, na telinha do Multishow. Tudo recheado de extremo bom humor, irreverência e uma dose equilibrada de escracho.

Fábio, cada vez mais magro e bonito, estava vestido num estilo casual chique: sapatênis, calça vermelha, camisa branca de manga longa estampada e uma gravata colorida. Enquanto Tatá, num figurino mais engraçado, usava um vestido prata forrado de franjas e um arco na cabeça, que caía o tempo todo e lembrava as casquetes de Valério Araújo, e parecia não muito confortável em meio a tantas franjas.

Eles abriram o programa citando diversos apresentadores da televisão, como receita para um programa de audiência: uma porção de Silvio Santos, outra de Faustão, pedaços de Serginho Groisman, lascas de Mara Maravilha e tudo salpicado com Adriane Galisteu. Tudo bem divertido, ao estilo Tatá e Fábio.


Depois apresentaram as assistentes de palco gostosas, que não podem faltar num programa que faz de tudo pela audiência, dois bombados de sunga e alguns anões, que estarão junto à eles diariamente. Também brincaram o tempo todo com a plateia, mostrando os "marombados da classe C" como convidados anônimos do programa: homens e mulheres que cultuam o corpo e participam de concursos de fisiculturismo; é claro, as piadas rolaram soltas.

Mais piadas ainda rolaram com o convidado famoso Naldo Benny, que participou dos quadros Faço Tudo por um Famoso, onde ficou amarrado à uma moça da plateia vendada, pra que ela descobrisse quem ele era só com respostas sim ou não à suas perguntas; Kama Surta, sobre sexo, em que Tatá e Fábio fizeram perguntas do tipo "O que é o beijo grego?" e "Se amarrar as bolas do homem na hora do sexo ele para de ejacular?"; e o último quadro Fritando Pastéis, uma sátira ao famoso Pra Quem Você Tira o Chapéu, do Raul Gil, onde, dentre outras perguntas, Naldo foi questionado se fritava o pastel para Renata Sorrah e Ângela Merkel, que ele nem sabia quem era. Finalizando com o número musical do funkeiro.

Antes, porém, ainda tivemos uma encenação de um barraco entre uma doméstica e uma babá, que trabalhavam na mesma casa, mas se queixavam que uma não ajudava a outra, no quadro Barraco do Dia. Tudo no palco, ao melhor estilo DNA do Ratinho e/ou Casos de Família.

Enfim, uma bagunça total, mas super organizada e deliciosa de ver, principalmente pelos apresentadores sensacionais, se completando de forma harmoniosa, cada um em seu estilo. Tatá, mais sem vergonha e escrachada, e Fábio, mais elegante e inteligente, definitivamente formam a dupla perfeita do humor atual no Brasil. 

Duvida? Então confere, que hoje tem mais!

Leandro Faria  
Esdras Bailone: leonino, romântico, sonhador, estudante de letras, gaúcho de São Paulo, apaixonado-louco pelas artes e pelas gentes.
FacebookTwitter

0 comentários:

Share