10 de set de 2014

Sua Resposta Vale Um Bilhão, de Vikas Swarup




Sua Resposta Vale Um Bilhão é um livro do diplomata indiano Vikas Swarup. O livro conta a história de Ram Mohammad Thomas, um garçom de dezoito anos que está preso por ter ganhado o maior prêmio já pago na televisão, em um programa de perguntas e respostas. Acusado de fraude, Thomas narra sua vida, para tentar provar que sabia realmente todas as respostas. 

Perceberam alguma coisa semelhante com o filme Quem Quer Ser Um Milionário?, e a resposta para isso é simples: Sua Resposta Vale Um Bilhão foi a base para o filme. 

Com algumas semelhanças e diferenças entre as mídias, a história é envolvente e emocionante. Particularmente prefiro o livro, pois além de ser mais detalhista, existe coerência nos acontecimentos da história. Percebemos a diferença já no nome do protagonista, que na versão cinematográfica se chama Jamal Malik e não Ram Mohamed Thomas. 

O nome do personagem é muito importante na trama literária, e isso se dá porque seu nome composto compreende três religiões distintas na Índia: Ram é um nome hinduísta, Mohamed é mulçumano e Thomas é um nome cristão. 

Dentro da história é muito importante a distinção dos nomes. No livro, a trama também é intercalada, com cada capítulo correspondendo a uma pergunta respondida por Ram. Entretanto, as perguntas não são as mesmas usadas no longa, até por que a compreensão da trama é um pouco diferente.

O livro engloba as aventuras de um jovem num país extremamente pobre e, mesmo assim, ele consegue vencer às adversidades. Ele encontra no decorrer da trama amigos, amor, e também muita crueldade e sofrimento. Mas, no fim da jornada, encontra também a felicidade. 

Por fim, o livro, assim como o filme, é completamente tocante e quem gostou do longa com certeza se encantará com este best-seller.

Sua Resposta Vale Um Bilhão
Autor: Vikas Swarup
Páginas: 344
Editora: Companhia das Letras

Leia Também:

Leandro Faria  
Artur Lima: aficionado por cinema, música, seriados e livros, não nesta ordem, apaixonado por dias frios e chá. Estudante de Comunicação Social, acha que sabe de tudo e sonha em trabalhar com cinema.
FacebookTwitter

0 comentários:

Share