24 de set de 2014

#ValeUmPlay - Banda do Mar



Talvez muitos não conheçam a Banda do Mar. Mas, aposto, que os nomes Mallu Magalhães e Marcelo Camelo não são tão estranhos assim.

Desde o fim dos Los Hermanos, em 2007, Camelo tem sido cobrado pelos fãs ansiosos e, apesar de ter se aventurado em carreira solo e em alguns projetos paralelos (como Os Imprevisíveis, que não teve muito futuro além de três músicas completamente instrumentais), no mês passado, em conjunto com sua companheira desde 2008, Mallu Magalhães, e o amigo do casal, o português Fred Ferreira, lançou o primeiro álbum da Banda do Mar, parceria do trio, que foi disponibilizado em versão digital e este mês em versão física.

O álbum, que leva o nome da banda, passeia entre o violão, guitarra, bateria e vocal do casal mas, todas as canções são leves, gostosas de ouvir e, claro, grudam na cabeça com uma facilidade incrível.

Mais Ninguém, a minha favorita e primeiro single da banda, que já tem até mesmo um clipe simples e divertido lançado (que você pode ver abaixo) tem uma pegada romântica sem ser pegajosa e, fica agradabilíssima na voz doce de Mallu, que encanta qualquer um que se permita ouvir os menos de três minutos da canção.


Em Cidade Nova, Camelo, com sua voz marcante, frisa o verso "Eu não deixo o tempo parar" na canção, que tem uma letra pequena mas traz uma mensagem sobre passado, presente, futuro e experiência de vida.

Uma das melhores do álbum, Hey Nana tem um instrumental espetacular e letra incrível na voz de Camelo, que parece se desculpar mas, o envolvimento da canção fica por conta dos acordes da guitarra e do jogo com os demais instrumentos.

Muitos Chocolates, apesar de carregar uma mensagem que busca autoestima, é muito divertida e trata o fim de relacionamento de forma descompromissada e engraçada.

Pode Ser não sai da minha playlist das mais tocadas. É um entrosamento das vozes de Mallu e Camelo, que nos leva a crer de fato que os dois são almas gêmeas, principalmente pela letra romântica que conquista qualquer um.


Além das que eu citei, o álbum, que contém 12 músicas, também traz Mia, Dia Clarear, Me Sinto Ótima, Faz Tempo, Seja como For, Solar e Vamo Embora. Todas são igualmente maravilhosas e não deixam nada a desejar para quem gosta de um som parecido com Cícero, Vanguart, Vivendo do Ócio e outros projetos brasileiros pop rock ou indie, que tem qualidade indiscutível e que valem a pena ser indicados.

A turnê do trio se inicia agora em Outubro e, para começar com o pé direito, Porto Alegre será a primeira parada da banda, que, pelo menos para mim, deve lançar outros álbuns em um futuro próximo.


Ariadny Theodoro  
Ariadny Theodoro,incansavelmente bipolar e a primeira mulher da trupe do PdB. Apaixonada por literatura, séries de televisão, teatro e fotografia digital, escreve por necessidade de manifestar suas diversas paixões, nem sempre compreendidas pelos demais. Escreve sobre tudo - o bom e o ruim! Afinal, alguém tem de ter a difícil tarefa de alertar ao mundo que nem tudo é sempre bom!
FacebookTwitter

8 comentários:

Galvam disse...

Devo acreditar que a sua bipolaridade seria a explicação para achar que Marcelo Camelo está fazendo alguma coisa boa ligada a música.Depois de tanto tempo cometendo ofensas contra a música brasileira aquela famigerada banda de uma música só finalmente acabou.Infelizmente minhas orações católicas, evangélicas e várias idas aos terreiros de umbanda e macumba ainda não ajudaram a convencer Marcelo Camello, Malu Magalhães os outros membros do "LOSER MANOS", juntamente com seus familiares, amigos de infância,primos de até terceiro grau, e vizinhos de rua a irem morar todos na Faixa de Gaza, Iraque e Síria aonde estiver sob controle do estado islâmico ou Hezbollah! Infelizmente continuam por aqui pelo Brasil! Mas continuarei minha luta religiosa, quem sabe consigo que eles se mudem ou para Venezuela ou La Paz na Bolívia!!!

Leandro Faria disse...

Prezado Galvam, só dizendo: você sabe que não precisa ouvir algo se não gosta, né?
Agora, me pareceu um pouco de muito recalque saber da existência, conhecer, perder seu tempo lendo um artigo sobre algo que não gosta e, mais ainda, escrevendo um comentário (divertido, confesso, mas acho muito que foi um pouco de humor involuntário) sobre.
Acho que Freud explica. Ou alguma coisa de útil pra fazer mesmo.

Ariadny Theodoro disse...

Ri muito com seu comentário. Apesar de também não concordar com as idealizações do casal sobre diversas coisas, o meu gosto musical recebeu bem o som da banda.
Respeito sua opinião mas, diversidade é tudo irmão e, Faixa de Gaza é demais, tira esse ódio do coração, rs.

Artur Lima disse...

#MenosÓdioGalvam...Democracia e diversidade são tudo e como já foi falado aqui, se você não gosta de algo não perca seu tempo com ele.

Galvam disse...

É dever de todo militante em defesa do Rock nacional pregar a extinção dos infiéis. Faremos sempre uma "jihad" xiita contra estes pseudo-músicos-antipáticos-malas-que-assolam-o-rock-nacional!

Galvam disse...

Ei, Artur e Leandro e Ariadny, simplesmente sou um viciado literário. Eu leio tudo que acho interessante! Eu juro! Até tentei assistir um show dos (aargh!) LOSER MANOS, mas vomitei logo na primeira música e fui embora!
Um discípulo (ele toma gardenal!) apareceu aqui em casa e pediu ajuda para "tirar" a música "Meu amor é teu" e acreditam que a corda do violão arrebentou logo de cara?

Ariadny Theodoro disse...

Galvam, apesar do seu ódio, respeito sua opinião e, prometo que o próximo ValeumPlay que eu fizer será dedicado à você. Sugestões???

Um abraço irmão!!

Galvam disse...

Taí! Me ganhou! O importante agora é desintoxicar! Quando bater aquela fissura de querer escutar LOSER MANOS, ou qualquer coisa do Marcelo Camelo...imediatamente comece a escutar um velho hit do rock nacional por exemplo... Romance Ideal dos Paralamas!Ou um clássico do Raul Seixas se for uma fissura forte demais! Eu recomendo uma dose de Maluco Beleza seguida de Tente outra vez, You can do it!
Sugestão pedida: Concentre-se no Sul do país! Cachorro Grande tá repaginando e é preciso uma analise mais demorada no novo trabalho deles. E Humberto Gessinger tá muito quieto, isso é estranho seria bom dar uma olhada no que ele tá aprontando!No mais..Droga! Saiu no rádio aqui que o Marcelo e a Malu escaparam do Hospício de novo! Cuide-se! Obrigado por tudo!

Share