8 de out de 2014

Primeiras Impressões: Z Nation




Talvez um dos maiores problemas para os produtores de seriados, e até produtores cinematográficos, seja a criação de um produto original, visto que, hoje em dia, as adaptações estão em alta. Grandes sucessos como o universo Marvel ou seriados com The Walking Dead e House Of Cards, têm como base outros tipos de mídias, como quadrinhos, livros e afins. 

Citei The Walking Dead, que tem arrebatado milhões de telespectadores para acompanhar a trajetória de Rick e Cia, porque o tema apocalipse zumbi está em alta. Além de TWD, tivemos recentemente obras cinematográficas que exploram o tema como Guerra Mundial ZZombieland e até mesmo Eu Sou a Lenda.

O fato é que a nova série do canal SyFy, Z Nation, resolveu pegar onda na mesma temática: um apocalipse zumbi destrói grande parte da raça humana. Três anos depois de o vírus se espalhar, um pequeno grupo é encarregado de levar o único ser humano imune ao vírus para o último laboratório capaz de realizar experimentos com o sangue dele e criar uma vacina que salvará toda a nossa espécie.


Como fica claro, não é um roteiro original, entretanto, se difere um pouco da temática de The Walking Dead, que não explora somente o tema sobrevivência, mas adiciona outros elementos como relações humanas, em um período que não existe mais o certo e o errado. Particularmente, gosto muito dessas discussões em TWD, porém, Z Nation deu a entender que não perderá muito tempo com essas relações e o que veremos em tela será aquela correria frenética e muito sangue. 

O elenco conta com nomes já conhecidos no mundo das séries. Além de Harold Perrineau e Keith Allan, temos a presença de DJ Qualls, Tom Everett Scott, Michael Walch e Kellita Smith, que desempenham seus papéis com competência. O aspecto visual da série merece destaque por conseguir fugir um pouco da atmosfera amadora que os projetos da SyFy trazem. As cenas de ação e susto são executadas de maneira convincente, apesar de uma ou outra soarem forçadas.

Por fim, pra quem gosta do gênero em alta velocidade e com muita ação Z Nation pode ser uma ótima pedida, embora falte aqui um pouco do investimento visto em sua mais famosa e aclamada concorrente. E sim, é impossível não comparar.

Leia Também:

Leandro Faria  
Artur Lima: aficionado por cinema, música, seriados e livros, não nesta ordem, apaixonado por dias frios e chá. Estudante de Comunicação Social, acha que sabe de tudo e sonha em trabalhar com cinema.
FacebookTwitter

1 comentários:

Unknown disse...

Nao tem nada a ver com Walking Dead mas É A COPIA DO JOGO Last of US.

Share