7 de nov de 2014

O Guardião de Memórias, de Kim Edwards




Uma das coisas de que mais gosto é ler; e uma coisa que sempre me admira é o poder que um livro tem. Às vezes, encontramos um livro que nos emociona e nos faz refletir, pensar em nossas vidas e nos toca de verdade; e não estou falando de livros de autoajuda, até porque não acredito nesses livros. E essa breve introdução é para dizer que por esses dias revisitei um livro que muito me tocou e novamente me emocionou e proporcionou novas reflexões. 

O Guardião de Memórias, de Kim Edwards, é intenso e nos traz uma história emocionante e triste. Conhecemos na trama, a história do Dr. David Henry, que em uma noite de intensa nevasca faz o parto dos próprios filhos, com a ajuda da enfermeira Caroline Gill. O que David não sabia era que sua esposa Norah estava grávida de gêmeos. O primeiro a nascer foi Paul, um lindo menino saudável, e a segunda foi Phoebe, uma linda menina saudável, mas com Síndrome de Down. Percebendo estes sinais na pequena criança, David pede para Caroline levar a menina para uma instituição psiquiátrica, e conta para sua esposa que a criança morreu. 

Talvez fiquem se perguntando como David fez isso com a própria filha, mas no ano em que se passa a história pouco se conhecia sobre a Síndrome de Down, e David toma esta decisão para proteger a esposa do sofrimento. 

Caroline é tocada pela fragilidade do bebê e se vê impossibilitada de deixá-la na instituição indicada pelo médico. Guiada por um amor quase instantâneo por Phoebe, sai da cidade com a criança e decide que irá criá-la em segredo, não se importando com as dificuldades que passará. 

O que o Dr. Henry jamais previu é que sua escolha mudaria sua vida para sempre. Norah não consegue se recuperar do imenso vazio causado pela ausência de sua filha, Paul cresce sentindo o mesmo vazio e procurando preenchê-lo com a música. Além disso, o terrível segredo cria uma muralha entre eles que jamais os permitirá ter uma vida normal e feliz. 

Com extrema habilidade narrativa, Edwards nos mostra através de suas palavras o profundo e irreversível poder de nossas escolhas. Os personagens são extremamente reais e nos emocionam em cada momento incrivelmente emocionante dessa história. 

Devemos pensar muito antes de tomar qualquer atitude para que outras pessoas não sejam prejudicadas. É um livro intenso, que fala sobre escolha, dor, tristeza, mágoa, culpa e amor. 

O Guardião de Memórias 
Autora: Kim Edwards
Páginas: 361

Leandro Faria  
Artur Lima: aficionado por cinema, música, seriados e livros, não nesta ordem, apaixonado por dias frios e chá. Estudante de Comunicação Social, acha que sabe de tudo e sonha em trabalhar com cinema.
FacebookTwitter

0 comentários:

Share