24 de nov de 2014

#VergonhaAlheia - Ano II - # 29








Alô torcida do Flamengo, aquele abraço! E aí, galera, como ceis estão? Todo mundo vivo? Todo mundo bem? Se tá tudo bem, ótimo, agora, se não tá tão bem assim, eu, Glauco Damasceno, estou aqui pra te mostrar, caro amiguinho, cara amiguinha, que tem coisa pior, ah tem. Começando com ela, uma das minhas musas inspiradoras, praticamente sócia do Pop de Botequim, Andressa Urach. Não tem jeito, eu tento colocar gente nova aqui sempre, mas os mesmos dão umas escorregadas, aí não dá pra não comentar, galera. Olha só:

Segunda-feira passada rolou o Miss Bumbum Brasil 2014 (que prestígio...) e Andressa foi a apresentadora. E como adora causar um tormento, ela foi vestida assim:



E a minha reação ao ver esse... sei lá o que, foi essa:



Atenção para dois detalhes: Essa bagaça aí custou R$ 35.000,00, e, de acordo com a esforçada equipe do site Ego, Andressa disse que só os inteligentes enxergam o vestido dela. Ou seja, isso diz muito sobre o tipo de gente que anda dando moral pra moça, né?

Ai Andressa, sério? Não, não boa gente, querendo imitar a Rihanna? Porque sim, a cantora usou um vestido desses e olha, ficou excelente, agora a nossa amiga Andressa... Querem mais foto? Olha aí:



Desculpa!!!

Outra coisa que me deu um pouco de desespero foi isso aqui do lado.

Alguém consegue me explicar? Pra quem não reconheceu, esse é o "talentosíssimo" Caio Castro, amado e idolatrado por... Alguém aí. Entendeu? Se não, eu explico.

Caio, gente finíssima, apostou no look Ana Maria Braga masculina, pra comemorar o casamento de um amigo que estava noivo por dez anos (o cara casou no sábado, 22/11). 

Que horrível isso, credo. E claro, a equipe maravilhosa do Ego vai lá e tasca: "Caio Castro ficou loiro por uma boa causa!". Que boa causa, gente? O cara tava noivo da mina lá há dez anos e resolveu casar, isso é boa causa?


Agora, vamos ver o Caio com a responsável pela cagada? Vamos:



Parece que Rosângela percebeu a tristeza que ficou... Aí vai ter gente que "Ai Glauco, foi uma brincadeira!". Eu sei que foi, juro, mas ainda assim, causou vergonha, e eu não fui o único!

Agora vamos falar de outra coisa aqui: Black Friday! Eu pensei que não fosse necessário dizer que tirar print da promoção e postar no Instagram era fraude, mas eu precisei. Não está entendendo? Calma que eu vou explicar (estou falante hoje, me entupindo de café):

A Black Friday no Brasil, é uma imitação barata da estrangeira, onde aqui tudo acaba ficando mais caro ("tudo pela metade do dobro do preço" é um bom slogan), o que não deveria acontecer, mas muita gente acaba se deixando levar pelos preços "maravilhosos" e tal.

Aí nessa semana, me surge UMA SEMANA INTEIRA de Black Friday. Coerência pra que, né? Pois bem, pra se dar bem nessa promoção da semana, a pessoa tinha que tirar print da tela do preço do produto que queria, postar no Instagram, usar umas hashtags lá e pronto, estava tudo certo. Só que muita gente não se atentou pra um pequeno detalhe: A promoção era uma fraude. SIM!

Ô minha gente, por quê? O nome da parada já diz: Black Friday. Não é Black Week, ou Black Fridays, mas Black Friday, no singular, só por aí já dava pra saber. E outra, postar print de preço, gente? Ai não... Mas é aquela coisa, né? Brasileiro adora uma promoção (eu também, inclusive, amo!), mas sempre acaba enfiando os pés pela mãos, não tem jeito...

E vamos fechar (porque já falei demais) com os Mascotes das Olimpíadas de 2016. Own, eu achei bonitinhos, até, de verdade. Vamos dar uma olhadinha?



O cabeludinho ficou parecendo a Ana Maria Braga, eu achei, mas ainda assim, bonitinhos, não? É sério, não estou sendo sarcástico, mas enfim, ninguém vai acreditar mesmo, então vou continuar. Os mascotes estão sem nome, e é  que mora o perigo. Sabem por que? Porque o povo vai poder escolher, gente. O Brasil adora essas coisas, né? "Chama o povão, menos um trabalho pra gente!". Agora está nas mãos do povo, e os nomes a serem escolhidos são:
  • Oba e Eba
  • Tiba Tuque e Esquindim
  • Vinicius e Tom
Não vou nem me manifestar sobre Vinicius e Tom, até porque os próprios já devem estar cavando no túmulo pra voltar dos mortos e impedir uma tragédia dessas, agora... Tiba Tuque? Esquindim? Oba? Eba? Ah não, eu me recuso, sinceramente, me recuso. Se bem que poderia ser pior, né? Poderia ser Peppa e Pig, ou Gino e Geno. Ou então Jota e Quest! Isso sem falar nos nomes dos outros mascotinhos, as duas balas chamadas Pei Pei - A balinha perdida, Pipoco e Perdida (por você - É SÉRIO!), e outros que eu prefiro não mencionar!

E eu vou indo, galera, boa semana pra vocês, hoje não tem o "E teve mais coisa" porque o tio aqui já falou demais e não entregou a coluna no domingo (porque não deu tempo, estava sendo assaltado no Rio).

Um beijo, um queijo e cuidado com Pei Pei e Pipoco, hein!

Leia Também:
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, um espírito livre, observador do tempo, da vida e das muitas timelines da web. Sonha em ter muito dinheiro pra poder cair no mundo, aprender tudo o que puder. Acredita que jazz, blues, soul, pop, samba, pagode e erudito sejam as trilhas sonoras perfeitas para a vida que leva
FacebookTwitter


0 comentários:

Share