5 de jan de 2015

Pop 5ive: O Pior da Nossa TV (em 2014)


E fim de ano serve pra fazer balanço, certo? Mas como a gente andou muito ocupado (mentira, esqueceu mesmo) começo de ano também serve pra por em dia o que deu certo e o que deu errado no ano que passou, por que não?

Mas gente, do que a gente mais ama falar mal? Da nossa TV, claro, e a internet é um bom meio pra desabafar as nossas mágoas e, por isso, que tal um Pop 5ive do que tivemos de pior no ano que se encerrou? Sei que é pouco mas vamos tentar. 

Domingo Show (Record)

Pra começar, o que poderia ser pior? Basta juntar o pior apresentador do mundo e, com ele, o que há de mais ruim na TV. O resultado? Domingo Show.

Quando o programa leva a sério uma matéria sobre a "pseudo" morte de Michael Jackson e gasta um bom tempo com isso, daí já viu, né?

Tá na Tela (Band)

Luiz Bacci estava todo feliz na Record, era apontado como menino de ouro, mas aí veio a Band e contratou o moço a peso de ouro. A estreia do Tá na Tela prometia ser promissora e ele ficou devendo.

Seu programa só não foi o pior da TV, porque tem o do Geraldo Luis aí na disputa. Mas, ao contrário do outro, o Tá na Tela já ganhou um cartão vermelho.

Em Família (Globo)

Manoel Carlos anunciou que faria sua última novela e que se dedicaria a projetos menores. Então, todo mundo esperou uma grande novela, já que o autor já devia isso desde Mulheres Apaixonadas. Mas eis que com a estreia de Em Família, toda a promessa virou terror para a Rede Globo, que viu sua audiência despencar em pleno horário nobre.

Em Família não tinha nada de interessante, era apenas uma novela mal escrita: a mocinha era chata, o vilão era chato, aliás todo mundo era chato (menos o Jairo) e, com tanta chatice, o público não suportou. Uma pena. Ainda torço para que Maneco desista de só escrever trabalhos mais curtos e volte com uma grande novela. Ele, nós, merecemos.

Geração Brasil (Globo)

Geração Brasil prometia repetir o mesmo sucesso da dupla Izabel de Oliveira e Felipe Miguez, os responsáveis pela divertida Cheias de Charme. Mas, ao contrário de Em Família, que era morna, essa vinha repleta de tecnologia.

Não afugentou apenas os nerds, mas todo o público do horário das sete. Ninguém se entendia e era visível que os atores queriam que seus personagens fossem todos mortos numa explosão nuclear, já que estavam numa grande bomba!

Os Gays de Império (Globo)

Ok, a novela é ótima, mas não dá pra entender porque Aguinaldo Silva fez isto com o público. Infelizmente, os personagens gays são os piores da novela!

Quando o eterno garanhão José Mayer foi escolhido pra fazer um homossexual, todos vibraram com a  possibilidade dele se reinventar, mas o coitado se viu numa sinuca de bico. O personagem afundou, levando junto o seu partner Klebber Toledo que, de tão lindo, virou mendigo. A Xana do Aílton Graça está mais perdida que cego em tiroteio e, pasmem, querem até arrumar um casamento pra ela com a doce manicure interpretada por uma carismática Viviane Araújo. E, pra finalizar, temos Paulo Betti que tem uma caracterização que de tão exagerada chega a ser irritante! Uó!

Menção Honrosa -  O pior que ainda tem chances de melhorar: Video Show, o programa está praticamente na UTI, mas tudo indica que as novas mudanças poderão fazer com que o mesmo renasça das cinzas... Vamos aguardar!
Serginho Tavares  
Serginho Tavares, apreciador de cinema (para ele um lugar mágico e sagrado), de TV e literatura. Adora escrever. É de Recife, é do mar: mesmo que não vá com tanta frequência e com os pés bem firmes na terra.
FacebookTwitter
-->

1 comentários:

Esdras disse...

Adorei a ideia de um Pop5 com os piores da TV em 2014, só não concordo com a escolha de Geração Brasil com um dos 5 escolhidos. A novela esteve longe de ser ótima, mas teve suas qualidades e não merecia estar no ranking. No lugar eu colocaria The Voice Brasil, mas enfim, a lista é sua rsrs. No mais, só fiquei com uma invejinha de não ter tido essa ideia antes kkk. Agora que tal um Pop5 com os melhores do ano? #ficadica

Share