10 de fev de 2015

#VergonhaAlheia - Ano III - # 04





AHÁ! Pensaram que eu não viria, não é? Bem, caiu uma chuva terrível aqui em Barra Mansa e enterrou a minha internet, então estou aqui numa lanhouse e só tenho 36 minutos, então VAMOS CORRER!

Eu quero saber se alguém sabe quem é esse pokémon:



Acertou quem chutou Scheila Carvalho. Eita!

Scheila apareceu assim no Baile da Vogue, meus amigos. Não, não estou falando do look, mas sim da cara da moça. Ela simplesmente socou botox na cara (que teclado horrível o dessa lanhouse) e foi assim pro baile procurar o negão dela. Quem deixou?! Quem disse pra ela que ela tava bonita desse jeito?!

Ai, Scheila! Assim vai ferrar com a turnê das Sheilas, hein?! Por que não fez que nem a Reneé Zellweger e apareceu sem maquiagem alguma, ao invés desse monte de bochecha? Dá um desespero olhar, né, gente? A ex-morena do Tchan e atual desconhecida nas horas vagas apareceu assim, Brasil, com a cara inchada, e uma roupa de dona de prostíbulo. Parece que erraram a mão, não só no botox...

Quem também anda errando a mão, mas nas opiniões e merdas que anda falando, é o Bispo Edir Macedo. Sim, Edir disse que demônios irão invadir o corpo de quem for assistir Cinquenta Tons de Cinza nos cinemas. Ué, então é assim que os crentes chamam as pirocas? De demônios?

Ah, faça-me o favor, né Bispo? Vai dizer que o senhor não transa? Esses crentes, eu vou te contar, viu, sempre usando uma desculpa pra cuidar da vida dos outros. Mas eu imagino o motivo dele estar disseminando essa baboseira: os homens de Deus não devem estar rendendo em casa, então, pras mulheres desses homens não saírem por aí piriguetando ou arranjando homem melhor que dê conta do recado, eles falam isso, que demônios irão invadir o corpo das mulheres.

Nem te conto por onde os demônios irão entrar...

Falando em crentes e em baboseiras evangélicas, olha só que bizarro: traficantes evangélicos do Morro do Amor, no Complexo do Lins, expulsam mães e filhos de santo da favela. É MOLE?! Traficantes evangélicos. Só aí já reuniram duas raças ruins de ser humano.

Olha, que preguiça, viu? Segundo os traficantes evangélicos, eles não suportam a "macumba" e, frequentadores de uma igreja evangélica no complexo, se acharam no direito de fazer o que? Sim, botar a galera da "macumba" pra correr. Gente, é muito bizarro isso, né? E claro, tudo isso em nome de Deus, porque não basta ser traficante, tem que ser evangélico também.

Falando em gente maluca, vocês lembram da  barraqueira vice-Miss Amazonas, né? Pois bem, Sheislane Hayalla fez seu primeiro (se segura na cadeira) ensaio fotográfico. Ah, não acreditam? Pois bem, aí vai:



Gostosa, né? Bate na madeira. É, meus caros e minhas caras, Sheislane conseguiu ficar famosa fazendo barraco. Lição de vida: ao invés de fazer barraco em loja, faça barraco num concurso. Vai que cola!

Nasce, então, mais uma sub-celebridade que ganhou um jogo (sim), onde a missão é arrancar a coroa das outras, e ganhou até um lanche em sua homenagem, o X-Lane. Parem! Parem de fazer gente estúpida ficar famosa! A internet não precisa de mais estupidez, pra isso temos os sites de fofoca, que se mostram inúteis a cada dia!

Hoje em dia tá muito fácil se transformar numa sub-celebridade (eu continuo tentando). É só você fazer um barraco, fazer feio, ou então falar alguma merda. Merdas como essas, vejam?



Que beleza, não é mesmo? Não gente, não é! É ridículo! E o pior é que essas coisas viralizam de uma tal maneira que eu não consigo entender. E claro, as duas bonitas já viraram o que? Sub-celebridade, saem por aí discotecando, pondo a maldita cara no sol e blábláblá. Eu juro que, se alguém vira pra eu colocar a cara no sol, eu faço isso como nessa imagem, que você pode ver clicando aqui!

É muita cultura inútil pra pouca internet, cruz credo. Eu adoro um bom meme, mas aqueles engraçados. O que tem de engraçado nisso, gente? Ai, não tenho paciência, sinceramente.

E eu vou ficando por aqui. Me perdoem pela postagem mais ou menos de hoje, mas eu prometo voltar com uma bem pior na próxima segunda, ok?!

Agora eu vou nessa, porque só tenho nove minutos. Um beijo,  um queijo e fui! 

Leia Também:
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, um espírito livre, observador do tempo, da vida e das muitas timelines da web. Sonha em ter muito dinheiro pra poder cair no mundo, aprender tudo o que puder. Acredita que jazz, blues, soul, pop, samba, pagode e erudito sejam as trilhas sonoras perfeitas para a vida que leva
FacebookTwitter


2 comentários:

Esdras Bailone disse...

Pois fique vc sabendo, Glauco, que a cara no sol é pra poucas!
kkkkkkkkkkk
Adorei as vergonhas de hj!!!

Glauco Damasceno disse...

Não faço parte das poucas, Esdras! KKKK

Share