24 de mar de 2015

Looking - 2ª Temporada: Considerações Finais




Ok, eu sei, eu sei, eu deveria estar escrevendo aqui um Pop Pílulas, já que hoje é o dia da nossa coluna tão querida, mas com o fim de Looking no último fim de semana, não poderia deixar de escrever a respeito, né? Então vamos lá. 

Como eu disse, a segunda temporada encerrou sua temporada no último fim de semana, oferecendo aos fãs da série vários elementos dramáticos, mas sem jamais cair na pieguice (a não ser que a vida seja uma grande pieguice, mas não vamos debater isso agora).


Se por um lado existiram os conflitos do relacionamento de Patrick e Kevin, encontramos um Dom tentando entender seu relacionamento aberto com Lynn, ao mesmo tempo que visava abrir seu próprio negócio, com a ajuda de sua fiel escudeira e melhor amiga Doris - que esse ano teve uma participação maior. Também vimos Agustin se modificar nesta temporada, deixando o lado irônico e sarcástico, que parece não ter agradado muito no ano passado, para se tornar alguém mais gentil, preocupado com os amigos e disposto a assumir um novo relacionamento com Eddie, que apareceu nesta temporada e acabou conquistando a audiência.


Difícil seria destacar um ou outro momento. Looking é repleto de grandes momentos em cada episódio. Um dos motivos, talvez seja sua curta duração, o que faz com que os roteiristas não precisem enrolar o espectador durante tanto tempo. Mas vale citar aqui alguns que foram bem importantes para o andamento da construção de vários personagens, nesse segundo ano.

Por exemplo, quando Ritchie precisa de ajuda e Patrick se oferece, ele descobre mais sobre a personalidade de Ritchie do que poderia imaginar; quando Patrick decide dar uma festa de Halloween em seu apartamento e as coisas fogem de seu controle; ou no episódio do funeral do pai de Doris descobrimos mais sobre a dimensão da sua amizade com Dom; e quando a mãe de Patrick revela o desejo de deixar o pai dele. Estes momentos ajudaram a trama a se desenrolar, fazendo a série avançar sem se tornar repetitiva.


A segunda temporada chegou ao fim com dez episódios, dois a mais que a anterior, o que prova que o público e os executivos da HBO a aprovaram. Mas quais surpresas devem surgir na terceira temporada? Será que o relacionamento de Patrick e Kevin vai durar? E quanto a Ritchie? Ainda terá chances com Patrick? Dom conseguirá realizar seu sonho? E Agustín? O eu irá acontecer com ele nessa nova fase de sua vida?

Infelizmente, ainda teremos um ano pela frente para descobrir...

Leia Também:
Serginho Tavares  
Serginho Tavares, apreciador de cinema (para ele um lugar mágico e sagrado), de TV e literatura. Adora escrever. É de Recife, é do mar: mesmo que não vá com tanta frequência e com os pés bem firmes na terra.
FacebookTwitter

/div>

0 comentários:

Share