11 de jun de 2015

Pop 5ive: Temas Inesquecíveis de Filmes dos Anos 80





Nosso Pop 5ive de hoje é musical e cinematográfico, uma combinação perfeita. Faremos uma viagem nostálgica e deliciosa por alguns clássicos dos anos 80, que tiveram como trilha sonora canções marcantes e inesquecíveis. Canções que ao serem ouvidas nos remetem imediatamente ao filme do qual foi tema e vice-versa.

Sem mais delongas, embarque comigo nessa viagem áudio-visual.

Take My Breath Away (Berlin) / Top Gun - Ases Indomáveis (1986)

Que tal começar com um grande clássico?

Take My Breath Away é uma canção cantada pela banda Berlin, que foi tema do filme de 1986, Top Gun. Pouco tempo após seu lançamento, a música, que era tema romântico dos personagens de Tom Cruise e Kelly McGillis, conseguiu o lugar número 1 nas paradas de vários países, incluindo a primeira posição na Billboard Hot 100. 

Em 2004, a cantora e atriz Jessica Simpson regravou a música, como cover, numa versão que também ficou muito bonita e acabou fazendo parte da trilha internacional da novela Começar de Novo (eu tenho esse CD). O single ganhou o Oscar de Melhor Canção Original, no ano de 1987. Não poderia ser diferente, a música é linda e grudenta como chiclete.


___

In This Country (Robin Zander) / Falcão - O Campeão dos Campeões (1987)


Neste drama de 1987, Sylvester Stalonne é Lincoln Hawk, caminhoneiro e ex-lutador que tenta reconquistar o amor do filho de 12 anos, Michael, ao descobrir que sua ex-mulher sofre de uma doença incurável. Pai e filho, que nunca tiveram muito contato, embarcam juntos numa longa jornada de descobertas. Entre afinidades e choques de realidade, Lincoln e Michael entendem que o amor entre eles pode ser muito poderoso.

A música sensível de Robin Zander deu o toque especial e emocional necessário a todo o dramalhão encharcado pela testosterona de Stalonne, numa mistura irresistível de músculos e lágrimas.

___

The Time Of My Life (Bill Medley feat. Jennifer Warnes) / Dirty Dancing - Ritmo Quente (1987)


Como fazer uma lista de trilhas inesquecíveis dos 80's e não incluir essa maravilha romântica e dançante?

Que o filme é um dos queridinhos da década, todos sabem. Sobre a música, gravada pela dupla Bill Medley e Jennifer Warnes, foi composta a seis mãos, por Franke Previte, John DeNicola e Donald Markowits. A canção foi responsável pela indicação e premiação do filme no Globo de Ouro, na categoria de Melhor Canção Original, foi indicada e premiada no Oscar, além da indicação ao Prêmio Grammy na categoria de Melhor Canção escrita para cinema e televisão.

Em 1987, The Time Of My Life foi um sucesso estrondoso, inspirando, 23 anos depois, em 2010, um remix, lançado pelo grupo The Black Eyed Peas com o nome de The Time (Dirty Bit).

___

Glory Of Love (Peter Cetera) / Karatê Kid II - A Hora da Verdade Continua (1986)


Glory Of Love é uma música de 1986, cantada pelo cantor norte-americano Peter Cetera, e é parte importante do filme Karatê Kid II, que narra a história do jovem Daniel LaRusso. Ele viaja para Okinawa para visitar o pai agonizante de seu mestre Miyagi. Daniel aprende muito a respeito da antiga tradição japonesa e o preço da honra, a medida que também se vê envolvido numa odiosa vingança contra o seu mestre. Entre as lições de sabedoria orientais e os embates enfrentados por Daniel San, Peter Cetera entoa sua Glória do Amor em momentos arrepiantes de emoção.

Karatê Kid é uma trilogia que faz parte dos clássicos do cinema, e pra quem é fã e assistiu a todos (o que não é o meu caso), a melhor coisa do segundo filme é a trilha sonora, encabeçada por Glory Of Love, que também é a música mais conhecido do cantor Peter Cetera.

___

What a Feeling (Irene Cara) / Flashdance - Em Ritmo de Embalo (1983)

Alguns anos antes dos filmes listados acima, em 15 de abril de 1983, foi lançado um longa, hoje considerado cult. Flashdance era a história de Alex Owens (Jennifer Beals), uma jovem operária de garra e talento, que sonhava tornar-se uma bailarina. Durante o dia ela trabalha como soldadora e à noite solta seu corpo, no ritmo alucinante das discotecas. Para narrar a batalha de Alex por seus sonhos como dançarina, Flashdance contou com uma trilha incrível, recheada com músicas dançantes e baladas românticas do início ao fim, como Maniac (Michael Sembello) e Lady, Lady, Lady (Joe Esposito).

Mas foi mesmo What a Feeling, composta por Giorgio Moroder, Keith Forsey e Irene Cara, o carro-chefe da trilha sonora, encerrando o filme com a emocionante cena final, onde Alex se apresenta para uma banca de jurados, tentando conseguir vaga numa renomada escola de dança. A música que começa como uma baladinha lenta, do meio pro final vai num crescendo e torna-se pop e animada, cativando a todos.

Lembro de ter comprado o K-7 com a trilha do filme, que eu desconhecia, muito tempo depois de seu lançamento, em 1993. Tenho um excelente gosto musical desde criança. Comprovem:

___

E então, curtiram essa viagem pelos sons cinematográficos oitentistas? Eu adorei relembrar e ouvir essas histórias e canções!

Até nossa próxima listinha!

Leia Também:
Leandro Faria  
Esdras Bailone: leonino, romântico, sonhador, estudante de letras, gaúcho de São Paulo, apaixonado-louco pelas artes e pelas gentes.
FacebookTwitter


0 comentários:

Share