3 de jun de 2015

Tá No Cinema: Os Melhores Filmes de Junho/2015





O tempo passa, o tempo voa... E já estamos em junho! Metade do ano já se foi e cá estamos para selecionarmos o que de melhor vai estrear nos cinemas nesse mês.

Sem mais delongas, está no ar a nossa coluna Tá No Cinema.

Tomorrowland - Um Lugar Onde Nada é Impossível (04/06) 

Casey (Britt Robertson) é uma adolescente que tem várias curiosidades científicas, e Frank (George Clooney) é um gênio desiludido. Juntos eles embarcam numa missão perigosa para desvendar os segredos de um lugar misterioso em algum lugar no tempo e no espaço conhecido como Tomorrowland. O que eles precisam fazer lá mudará o mundo para sempre. 

Inicialmente, o título original do longa seria 1952. O número estava escrito em uma caixa que o roteirista Damon Lindelof encontrou no laboratório de desenvolvimento pessoal da Disney. Na caixa havia um projeto incompleto do estúdio, que serviu de inspiração para o início do filme. 

O título em inglês da produção é o mesmo de um parque futurista da Disney. O título do filme em português era Tomorrowland – Um Lugar Onde Nada é Impossível, mudou para Tomorrowland – Terra do Amanhã, e posteriormente voltou atrás, mantendo o subtítulo Um Lugar Onde Nada é Impossível

Outro roteirista da produção é Jeff Jensen, mais conhecido como dublê de filmes como Indiana Jones e a Última Cruzada (1989) e Velocidade Máxima (1984). 

A inspiração para o filme foi o clássico Contatos Imediatos do Terceiro Grau (1978), de Steven Spielberg, sendo Tomorrowland o segundo longa live-action do diretor de animações Brad Bird (Os Incríveis e Ratatouille). O primeiro foi Missão Impossível - Protocolo Fantasma (2011). 

A Espiã que Sabia de Menos (04/06) 

Susan Cooper (Melissa McCarthy) é uma despretensiosa analista de base da CIA e tem a grande chance de mostrar o quanto é boa no que faz quando é recrutada para sua primeira missão secreta. Susan se voluntaria para se infiltrar no mundo de um traficante de armas mortais e evitar um desastre global. Mas nessa tarefa muitos imprevistos e confusões acontecem. 

Originalmente, o título do filme era Susan Cooper, nome da protagonista vivida por Melissa McCarthy. O longa marca a terceira colaboração entre a atriz Melissa McCarthy e o diretor Paul Feig depois das comédias Missão Madrinha de Casamento (2011) e As Bem Armadas (2013). 

O elenco ainda conta com Jason Statham, 50 Cent e Jude Law. 

Qualquer Gato Vira-Lata 2 (04/06) 

Tati (Cléo Pires) e Conrado (Malvino Salvador), que terminam juntos o primeiro filme, viajam a Cancún, onde ele participa de uma conferência para o lançamento de seu livro. Lá, ela aproveita a ocasião para pedi-lo em casamento, com transmissão via internet para todos os amigos no Brasil. Mas, ao responder, Conrado solta apenas um “Posso pensar?”. A moça então se decepciona e Marcelo (Dudu Azevedo), ex de Tati, volta a ter esperanças. Para complicar, Ângela (Rita Guedes), a ex de Conrado, também é convidada para o mesmo evento no México, onde também está lançando um livro, cuja tese bate de frente com a dele. 

A produção se baseia na peça Qualquer Gato Vira-Lata Tem uma Vida Sexual Mais Sadia Que a Nossa, escrita pelo ator Juca de Oliveira.  Sendo que o primeiro filme levou 1,1 milhão de pessoas aos cinemas. 

Cléo Pires e o pai, o cantor e ator Fábio Jr., contracenam juntos no longa, cujas filmagens aconteceram no Rio de Janeiro e também em Imbassaí, na Bahia, e em Cancún, no México. 

Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros (11/06) 

O Jurassic Park, localizado na ilha Nublar, enfim está aberto ao público. Com isso, as pessoas podem conferir shows acrobáticos com dinossauros e até mesmo fazer passeios bem perto deles, já que agora estão domesticados. Entretanto, a equipe chefiada pela doutora Claire (Bryce Dallas Howard) passa a fazer experiências genéticas com estes seres, de forma a criar novas espécies. Uma delas logo adquire inteligência bem mais alta, se tornando uma grande ameaça para a existência humana. 

A produção é um reboot da franquia Jurassic Park. Steven Spielberg, que dirigiu os dois primeiros filmes da franquia, assina agora a produção do longa. O primeiro filme da franquia, Jurassic Park - O Parque dos Dinossauros (1993), foi convertido para o formato 3D e relançado em 2013. 

O cineasta Joss Whedon, da franquia Os Vingadores (2012), gerou polêmica nas redes sociais em abril de 2015 quando disse ter achado uma cena de Jurassic World - O Mundo dos Dinossauros machista. A sequência em questão mostra a discussão dos personagens de Chris Pratt e Bryce Dallas Howard, com tom de insinuações sexuais. 

Jessabelle – O Passado Nunca Morre (18/06) 

Após sofrer um acidente automobilístico, Jessie (Sarah Snook) é forçada a retornar para a casa do pai, onde tenta lidar com suas pernas imobilizadas. Ela ainda terá de enfrentar a fúria de um espírito, chamado Jessabelle, que pode ter relação com as circunstâncias misteriosas de seu nascimento. 

A produção é dirigida por um especialista no gênero terror, Kevin Greutert, que comandou Jogos Mortais 6 (2009) e Jogos Mortais - O Final (2010). 

Divertida Mente (18/06)

Riley é uma garota divertida de 11 anos de idade, que deve enfrentar mudanças importantes em sua vida quando seus pais decidem deixar a sua cidade natal, no estado de Minnesota, para viver em San Francisco. Dentro do cérebro de Riley convivem várias emoções diferentes, como a Alegria, o Medo, a Raiva, o Nojinho e a Tristeza. A líder deles é Alegria, que se esforça bastante para fazer com que a vida de Riley seja sempre feliz. Entretanto, uma confusão na sala de controle faz com que ela e a Tristeza sejam expelidas para fora do local. Agora, elas precisam percorrer as várias ilhas existentes nos pensamentos de Riley para que possam retornar à sala de controle - e, enquanto isto não acontece, a vida da garota muda radicalmente. 

A direção é de Pete Docter. O filme marca a nova parceria do diretor com o produtor Jonas Rivera depois de Up - Altas Aventuras (2009). Os atores Bill Hader, Mindy Kaling e Phyllis Smith trabalharam juntos na série The Office. Na dublagem em português, o elenco conta com Dani Calabresa, Katiuscia Canoro, Miá Mello e Sidney Magal. 

Lugares Escuros (18/06) 

Libby Day (Charlize Theron) é uma mulher traumatizada pelo assassinato de toda a sua família, quando ela ainda era uma criança. Quando é abordada por uma sociedade secreta, especializada em investigar crimes não resolvidos, Libby é obrigada a relembrar sua tragédia familiar. Gilles Paquet-Brenner (A Chave de Sarah) roteiriza e dirige.

Lugares Escuros é uma adaptação do livro homônimo de Gillian Flynn (mesma autora do livro no qual Garota Exemplar, de 2014, é baseado), lançado em 2009 e que ficou 25 semanas na lista dos livros mais vendidos nos Estados Unidos. 

Charlize Theron e Nicholas Hoult também trabalharam juntos em Mad Max: Estrada da Fúria (2015).  O elenco ainda conta com Nicholas Hoult e Chloë Grace Moretz. 

Dragon Ball Z – O Renascimento de Freeza (18/06) 

Sorbet e Tagoma, dois remanescentes do exército de Freeza, chegam à Terra em busca das Esferas do Dragão. A ideia é reuni-las para ressuscitar seu antigo líder, que faleceu após uma batalha contra Goku. O plano é bem-sucedido e, com isso, Freeza retorna disposto a se vingar. Para tanto, ele se prepara durante meses, de forma que possa reencontrar Goku no auge do seu poder. 

O filme é derivado do anime Dragon Ball Z (1996), criado por Akira Toriyama, sendo o décimo quinto filme da atração. 

Este é o primeiro filme exibido no Japão com a tecnologia IMAX 3 e Akira Toriyama, criador do mangá, trabalhou no conceito, roteiro e design de personagens da produção. 

Enquanto Somos Jovens (18/06) 

Um documentarista (Ben Stiller) e sua esposa (Naomi Watts) têm um casamento estável, maduro e, por vezes, entediado. Eles desistiram da ideia de se tornarem pais, ao contrário de seus amigos da mesma idade. Os dois fazem amizade com um casal jovem de espírito livre (interpretado por Adam Driver e Amanda Seyfried), que os faz perceberem que podem levar o casamento e a vida de forma mais leve e divertida. 

O diretor Noah Baumbach e o ator Ben Stiller trabalharam anteriormente na comédia O Solteirão (2010). Alguns nomes cotados para o filme foram: Cate Blanchett, Jesse Eisenberg, James Franco e Alex Pettyfer. 

O filme integrou a programação do Festival Internacional de Cinema de Toronto 2014. 

Kurt Cobain - Montage of Heck (18/06) 

Documentário sobre o vocalista, guitarrista e compositor Kurt Cobain, líder do Nirvana. Com acesso a arquivos pessoais e depoimentos de familiares de Cobain - inclusive com a participação da filha dele com Courtney Love, Frances -, o filme conta do início até a ascensão de sua carreira, apresentando diversas canções, algumas delas inéditas. O retrato íntimo de um artista que raramente se revelou para a mídia. 

A última apresentação ao vivo do Nirvana foi em 1 de março de 1994, num show em Munique, na Alemanha. Kurt Cobain tinha constantes brigas com os outros integrantes da banda, Dave Grohl e Krist Novoselic, e também enfrentava um casamento turbulento com a cantora e atriz Courtney Love. Três dias depois do show ele tentou se suicidar, em Roma, mas foi socorrido. No entanto, no dia 8 de março o cantor conseguiu se matar. 

Frances Bean Cobain, filha de Kurt Cobain, assina a produção executiva. Ela tinha pouco mais de 1 ano quando o pai morreu. Courtney Love seria a produtora do documentário, mas deixou o projeto. Para explicar seu afastamento, o diretor de Kurt Cobain: Montage of Heck, Brett Morgen, disse numa entrevista:
"Courtney será um dos temas do filme e todos concordamos que seria melhor se não fosse dado a ela o controle editorial do filme."
Antes da estreia do documentário, foi lançado um livro com imagens de animação e fotos raras do cantor. A trilha sonora do documentário conta com uma canção acústica e inédita de Kurt Cobain, com 12 minutos. 

Brett Morgen levou oito anos para juntar o material do longa, entre fotos e mais de 200 horas de gravações de áudios inéditos. 

Minions (25/06) 

Seres amarelos unicelulares e milenares, os Minions têm uma missão: servir os maiores vilões. Em depressão desde a morte de seu antigo mestre, eles tentam encontrar um novo chefe. Três voluntários, Kevin, Stuart e Bob, vão até uma convenção de vilões nos Estados Unidos e lá se encantam com Scarlet Overkill, que ambiciona ser a primeira mulher a dominar o mundo. 

O filme é um spin-off da animação Meu Malvado Favorito (2010). Um dos diretores desse filme, Pierre Coffin, também comandou os dois filmes da franquia e, por sinal, é dele as vozes dos protagonistas Stuart, Kevin e Bob. 

Nas cenas pós-créditos de Meu Malvado Favorito 2 (2013), alguns Minions participam de um teste de elenco para o filme solo. No Brasil, a dublagem dos Minions é feita por Guilherme Briggs. 

A atriz brasileira Adriana Esteves dá voz à vilã Scarlet Overkill. Na versão original, Sandra Bullock é quem dá voz a megera.
___

Agora, meus amigos, é só escolher a sua sessão e curtir um bom filme. Com a namorada, com a esposa, com os amigos ou com a família.
Leia Também:
Leandro Faria  
Artur Lima: aficionado por cinema, música, seriados e livros, não nesta ordem, apaixonado por dias frios e chá. Estudante de Comunicação Social, acha que sabe de tudo e sonha em trabalhar com cinema.
FacebookTwitter


0 comentários:

Share