10 de jul de 2015

Primeiras Impressões: Secrets and Lies





Um homem correndo pedindo socorro. Ele acabou de descobrir uma criança morta na floresta ao fazer sua corrida habitual. O crime, obviamente, choca toda a comunidade. A criança em questão é seu vizinho e costumava frequentar sua casa. A investigadora do caso começa a achar que ele esconde mais do que devia e logo ele começa a se tornar o principal suspeito daquele bárbaro crime.

Este foi o primeiro episódio da série Secrets and Lies, onde todos parecem esconder uma coisa. Pelo menos as caras e bocas dos personagens não mentem e tudo leva a crer que o suspeito não é o culpado, mas que todo o resto é, mas o coitado por achar o corpo acabou se metendo na maior fria de sua vida. 

Ryan Phillippe é Ben Crawford. Ele é casado, tem duas filhas e seu casamento está em crise. Juliette Lewis é a detetive encarregada do caso. Sua cara mete medo ao mais terrível criminoso, qualquer um confessaria o crime e todos seus pecados à ela. Mas Ben se mantém firme. Pelo menos ele tenta até ver sua vida ruir a cada momento em que todos estão contra ele.


O primeiro episódio foca muito na família de Ben e não foge muito disso, até agora deu pra perceber que a mãe da vítima criava o filho sozinha e que o pai parece que não era lá coisa boa. As pessoas, que até determinado momento pareciam adorar Ben, lhe viram as caras. Ele não sabe o que fazer, mas sabe que precisa provar sua inocência. Só não sabe como. Existem muitos fatores contra ele, o coitado havia brigado com a esposa na noite anterior e saíra para beber, bebeu tanto que nem lembra como chegou em casa. 

Secrets and Lies é baseada numa série australiana do mesmo nome. Foi exibida este ano nos Estados Unidos e renovada para uma segunda temporada no ano que vem. Aqui no Brasil pode ser vista às quartas-feiras pela Sony, às 21:30. Para quem espera outra temporada de How To Tet Away With Murder vale a pena conferir esta que tem um bom suspense.

Serginho Tavares  
Serginho Tavares, apreciador de cinema, para ele um lugar mágico e sagrado, de TV e literatura. Adora escrever. É de Recife, é do mar: mesmo que não vá com tanta frequência e com os pés bem firmes na terra.
FacebookTwitter


0 comentários:

Share