12 de ago de 2015

#VergonhaAlheia - Resumão de Julho - Parte II





TÔ DE VOLTA, GALERA!

Sem mais delongas, sem enrolação, vamos para a outra parte do resumão de Julho. Porque, eu sei, vocês já leram a Parte I, né? POR FAVOR!

Começando com ela, que anda sendo zoada por seus gostos culinários estranhos, por suas receitas estranhas, por suas dicas estranhas... Bela Gil! 

Eu, particularmente, não tenho nada contra ela, só dou risada mesmo, mas veja bem, não entendi qual foi a de recomendar tempero ao invés de creme dental pra escovar os dentes, gente. Mais alguém aí? 

Belíssima Gil sugeriu que o povo passasse cúrcuma nos dentes, ao invés do conhecido creme dental, por ser mais prático, saudável e econômico. Pra você que não ficou sabendo do ocorrido, o que eu acho bem difícil, segue o post: 



Gente, que coisa mais esquisita... Eu tenho pra mim aquela máxima: Não sabe? Não fala. Belíssima pode até manjar os paranauês da culinária, mandando a filha dela pra escola com, nada mais, nada menos que batata doce, banana da terra, granola e um gole d'água, mas agora, dar pitaco na área de saúde, gente? Aí não, meu bem, assim fica feio pra você, poxa vida. Agora, se liga numa das respostas a essa dica "maravilhosa":



É, pra bom entendedor... Vamos pra outro tópico, antes que eu leve um xingo aqui também.

Falando em sugestões bizarras... Olha só o que promete ser a nova tendência entre as mulheres, gente:





Papa: "Você teria coragem de usar aquilo?"Moça: "Mas é NUNCA!"
Isso mesmo, a nova tendência que tem chamado a atenção de algumas mulheres nas redes é a unha em formato de bolha. MAS EU NÃO TO DIZENDO?! A bolha, ou corcunda, é feita de acrílico, e depois recebe uma 'demão' de esmalte, que é pra dar 'vida' a essa coisa que mais parece uma pereba. Sério mesmo, olha só:



"Eu quero unha de garota."
Agora, que todo mundo tem que usar camisinha quando for transar, a gente tá careca de saber, né?! Pois bem, em Olinda, Pernambuco (eu amo Olinda, adoro Recife ♪), uma campanha de prevenção de DST meio que saiu errado... Vamos ver o que deu de errado?



Iiiih, rapaz... Alguém percebeu? Bem, pra você que tá procurando ainda, eu explico: GRAMPEARAM A CAMISINHA NA FOLHA! Ou seja, a pessoa leva pra casa uma linda camisinha furada, que é pra prevenir, mas nem tanto... Acertaram direitinho no folheto, bem ilustradinho e tal, mas poxa vida, gente, que cagada na retranca foi essa? Ô sofrência!

Falando em sofrência... (que gancho mais mal dado esse que eu dei agora, mas tudo bem) Pablo, o ilustre Pablo, esteve no Programa do Jô e mostrou a que veio: pra falar merda em rede nacional. Bem, eu não vou falar nada, vou deixar vocês assistirem:



É... Um monte de músico bom, FODA, vive escondido, sem reconhecimento algum, enquanto isso, chegam esses estranhos de pára-quedas, sem saber de onde vieram, o que estão fazendo, pra onde vão, e conseguem fazer sucesso com umas porcarias que eu não entendo! Mas, fazer o que, né? O que nos resta é sentar no chão e chorar até desidratar... 

Fica assim então, minha gente! Essa foi a segunda parte do resumo do mês de Julho, e segunda-feira que vem tem mais vergonhas alheias, vergonhas inéditas, vergonhas deliciosas pra vocês.

Um beijo, um queijo, não, eu não vou falar de Maysa versus Melody, e até mais!

Leia Também:
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, um espírito livre, observador do tempo, da vida e das muitas timelines da web. Sonha em ter muito dinheiro pra poder cair no mundo, aprender tudo o que puder. Acredita que jazz, blues, soul, pop, samba, pagode e erudito sejam as trilhas sonoras perfeitas para a vida que leva
FacebookTwitter


0 comentários:

Share